• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • A diva, Nora Roberts


    Nora Roberts (nascida Eleanor Marie Robertson, em 10 de outubro de 1950, Silver Spring, Maryland) é uma escritora norte-americana de mais de 200 best-sellers. Durante a infância, embora ela sempre inventasse histórias em sua cabeça, Nora Roberts nunca escreveu nada além de redações escolares. Diz que "contava mentiras muito boas - algumas em que minha mãe ainda acredita."



    Durante o segundo ano do ensino médio, Roberts transferiu-se para uma escola pública local, onde ela conheceu Ronald Aufdem-Brinke, seu primeiro marido. Eles se casaram em 1968, contra a vontade dos pais dela, logo depois de sua formatura do colegial.

    Os recém-casados mudaram-se para Maryland. O marido de Roberts trabalhava na empresa de iluminação dos pais da esposa. Ela ficava em casa com os dois filhos, Dan e Jason. Chamando isso de seus anos "Earth Mother", Roberts passava a maior parte do seu tempo fazendo artesanato, incluindo cerâmica, e costurando roupa para os filhos. Em 1983, o casamento acabou em divórcio.

    Roberts conheceu Bruce Wilder, seu segundo marido, quando o contratou para fazer sua estante de livros. Eles se casaram em 1985. Wilder administra uma livraria chamada Turn the Page Books, localizada em Maryland. O casal também é dono do histórico Boone Hotel, que passou por reformas após um incêndio ocorrido em fevereiro de 2008. Depois de um investimento de 3 milhões de dólares, o hotel foi aberto em 17 de fevereiro de 2009.

    Nora Roberts acredita que seguir uma carreira como escritor requer disciplina: "Você ficará desempregado se ficar sentado a espera de que uma súbita inspiração recaía sobre seus ombros". Ela se concentra em um livro de cada vez, escrevendo oito horas por dia, mesmo durante as férias. Ao invés de fazer um esboço ou um resumo de suas tramas, Roberts escreve um evento ou esboça um personagem chave. Ela, então, escreve um primeiro esboço com os elementos básicos da história. Depois de terminar o primeiro esboço, a autora volta ao início da história. No segundo esboço entram os principais detalhes, a "textura e cor" do trabalho, assim como uma abordagem mais aprofundada dos personagens. Ela então faz uma revisão do trabalho para polir o romance antes de enviar a Amy Berkower, sua agente.

    Roberts frequentemente escreve trilogias, terminando de redigir cada livro em sequência para que possa acompanhar os personagens. Quando é possível, ela faz o mesmo com a Série Mortal, escrevendo três obras em sequência antes de voltar aos romances contemporâneos.  Suas trilogias são todas lançadas em brochura porque ela acredita que o lançamento de livros de capa dura faz o leitor esperar muito tempo.

    Roberts começou a escrever durante uma nevasca, ocorrida em fevereiro de 1979, enquanto estava presa em casa com os dois filhos. Ela diz que com três metros de neve, um estoque cada vez mais escasso de chocolate e sem escola, ela tinha pouca coisa para fazer. Enquanto escrevia pela primeira vez as suas ideias, ela se apaixonou pelo processo de escrever e rapidamente redigiu três manuscritos. Ela enviou seus esboços a editora Harlequin, empresa líder em publicação de romances, mas eles foram rejeitados várias vezes. Ela diz: "Recebi a rejeição padrão nas primeiras tentativas para depois receber a minha recusa favorita. Enviaram meu manuscrito de volta com um gentil bilhete que dizia que meu trabalho era promissor e que a história havia sido muito bem escrita e interessante. Mas ela já tinham a sua autora americana e ela era Janet Dailey".

    Em 1980, uma nova editora, chamada Silhouette, foi criada para recolher os milhares de manuscritos de escritores norte-americanos que a Harlequin esnobava. Roberts encontrou abrigo na Silhouette, onde conseguiu publicar seu primeiro livro. Intitulado Irish Thoroughbred, o romance foi publicado em 1981. Ela usou o pseudônimo Nora Roberts, uma forma abreviada de seu nome de batismo, porque acreditava que todos os autores tinham pseudônimos.

    Entre os anos de 1982 e 1984, Roberts escreveu 23 romances para a Silhouette. Eles foram publicados em vários projetos de impressão da editora, tais como Silhouette Sensation, Silhouette Special Edition, Silhouette Desire, Silhouette Intrigue, e o programa de reimpressão MIRA

    Apesar de ter escrito vários livros, Roberts não teve sucesso até 1985, quando ela lançou Playing the Odds, primeiro romance da Série MacGregor. O livro rapidamente tornou-se um best-seller. A autora publicou outras histórias da saga e os leitores começaram a associar o nome de Nora Roberts a outros romances que ela já havia publicado.

    O trabalho de Roberts foi fundamental para mudar a cara dos romances, afastando-os do padrão com uma heroína virgem de dezoito anos e uma representação superficial do personagem masculino. Suas primeiras heroínas eram menos passivas que a norma da época. Os romances dela também incluíam uma abordagem mais profunda do herói porque "os livros são sobre duas pessoas, e os leitores devem ter a oportunidade de conhecer a mente e coração de ambos".

    Os anos em que ela passou escrevendo romances de categoria ajudaram a aperfeiçoar sua habilidade de criar personagens mais reais. O espaço limitado na página desse tipo de romance força o escritor a "pintar" seus personagens "com rapidez e clareza, em um curto intervalo de tempo." Em 1987, ela começou a escrever romances com um título só para a Bantam Books. Cinco anos mais tarde, ela foi trabalhar na Putnam para escrever romances com capa dura de apenas um título e também obras originais. Ela alcançou a lista de best-sellers de capa dura em 1996, com Montana Sky, seu quarto romance publicado em capa dura. Apesar do sucesso com edições em capa dura, Roberts ainda publica edições em brochura. Ao contrário de muitos outros autores que deixaram de escrever romances de categoria para publicar romances de um título só, ela ainda escreve curtas histórias de categoria. Sua ligação com os livros mais curtos de categoria decorre de sua vida como uma jovem mãe com dois meninos e sem muito tempo para ler, como ela "[lembra] exatamente o que era querer, mas não ter tempo de ler 200 mil palavras."

    A carreira de Nora Roberts é apresentada na obra A Natural History of the Romance Novel, escrita por Pamela Regis. Regis considera Roberts "uma mestra do romance porque ela tem 'um ouvido apurado para o diálogo, constrói cenas ágeis, mantém o ritmo da página virando e fornece uma caracterização convincente".

    Desde 1999, todos os livros da autora têm sido um bestseller do New York Times, sendo que 124 dessas obras figuraram a lista de mais vendidos do Times, incluindo 29 que chegaram ao primeiro lugar. A partir de 2006, os romances de Roberts, combinados, têm passado um total de 660 semanas na lisa de mais vendidos do NYT, incluindo 100 semanas em 1o lugar. Fora dos Estados Unidos, as obras são comercializadas por Judy Piatkus, da companhia independente Piatkus Books, que publica cerca de 150 livros por ano. Nora Roberts possui cerca de 280 milhões de livros impressos, incluindo as 12 milhões de cópias vendidas somente no ano de 2005. Seus romances foram publicados em 35 países.

    Roberts foi a primeira mulher a figurar no Romance Writers of America Hall of Fame. A partir de 2011, seus romances, combinados, totalizaram 861 semanas na Lista de Best-Sellers do New York Times, incluindo 176 semanas na posição de número um. Mais de 400 milhões de cópias de seus livros foram impressas, incluindo 12 milhões de cópias vendidas em 2005.

    Autora de destaque e a primeira a ser escolhida para a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, Nora Roberts é considerada uma pintora de palavras que a cada pincelada, dá vida a personagens cheios de energia e vigor.

    J. D. Robb

    Roberts sempre quis escrever romances de suspense, mas, seguindo o conselho de sua agente, ela concentrou seu trabalho em romances contemporâneos para conquistar os leitores. Em 1992, quando passou a trabalhar na Putnam, a editora logo percebeu que não conseguia lidar com as produções prolíficas de Roberts. Os editores sugeriram que a autora adotasse um pseudônimo, assim eles poderiam publicar mais trabalhos dela a cada ano.

    Amy Berkover, a agente dela, convenceu os editores a permitirem que Roberts publicasse romances de suspense sob o novo pseudònimo. O seu primeiro romance de suspense foi publicado em 1995 e era assinado por J. D. Robb. As iniciais J. e D. foram retiradas dos nomes de seus filhos, Jason e Dan, enquanto Robb é uma forma abreviada de seu próprio sobrenome.

    Como J. D. Robb, Roberts publicou uma gama de futurísticas ficções científicas policiais. Esse livros, todos parte integrante da "Série Mortal", são ambientados em Nova York, em meados do século XXI, e protagonizados por Eve Dallas, policial do estado de Nova York, e o seu marido Roarke. Embora cada obra dê ênfase a solução de um crime, o tema central da série e o desenvolvimento do relacionamento entre Eve e Roarke. Quando a "Série Mortal" começou , nem Roberts nem a editora revelaram que ela era a autora. Eles queriam que a série conquistasse mérito e leitores por conta própria.

    Como eu e meu amigo Thiago Lucena dizemos: “Essa mulher não tem o que fazer, não é? Nunca vamos dar conta de ler todos os livros dela...”

    Mas ela é tão fantástica que até livro com vampiros ela escreveu. Em breve resenha da Trilogia do círculo.







    Relação de livros de romance
    Rules of The Game
    Irish Thoroughbred
    The Heart's Victory
    Blithe Images
    Going Home: Island of Flowers
    Untamed
    Dance of Dreams
    One more with feeling
    Reflections
    By My Side:From this day
    The Law Is a Lady
    First Impressions
    Less of a Stranger
    Opposites Atract
    Sullivan's Woman
    Playing the Odds
    Boundary Lines
    Table for Two:Summer Desserts
    Partners
    The right path
    Dual image
    Risky Business
    Partners
    One Man's Art
    Night Moves
    All the Possibilities
    Boundary Lines
    Tempting Fate
    The Right Path
    Treasures lost, treasures found
    Home for Christmas
    Affair Royale
    The Art of Deception
    Table for Two:Lessons Learned
    A Will and a Way
    For Now, Forever
    Sacred Sins
    Mind over matter
    Temptation
    Temptation
    Going Home: Mind Over Matter
    The Playboy Prince
    Comand performance
    Rebellion
    Dance to the Piper
    The name of the game
    Rebellion
    The Last Honest Woman
    Best Laid Plan
    Impulse
    Time Again:Time Chances
    Time Again:Time Was
    Gabriel's Angel
    Sweet Revenge,
    One Summer
    The Welcoming
    Untamed
    Gabriel's angel
    Without a Trace
    Public Secrets
    Taming Natasha
    In From the Cold
    Skin Deep
    Time was
    For the love of Lialh
    Megan's mate
    Risk Bussines
    Suzanna Surrender
    Night Shadows
    Night shift
    Luring a Lady
    Captivated
    Unfinished Business
    Entranced
    Charmed
    Entranced
    Mind Over Matter
    Loving Jack
    Charmed
    Going Home:Unfinished Business
    Nightshade
    Falling for Rachel
    The Best Mistake
    Hidden Riches
    The best mistake
    Night Smoke
    Convincing Alex
    Born in Fire
    Born in Ice
    The Return of Rafe MacKade
    Tempting fate
    Born in Shame
    True Betrayals
    The Heart of Devin MacKade
    The Fall of Shane MacKade
    Daring to Dream
    Second Nature
    Treasures Lost, Treasures Found
    Holding the Dream
    Sanctuary
    The MacGregor Brides
    Waiting for Nick
    Captive Star
    Hidden Star
    Finding the Dream
    Playing the odds
    The winning hand
    The Name of the Game
    The Reef
    The MacGregor Grooms
    Irish Rose
    Inner Harbor
    Secret Star
    The Winning Hand
    Brazen Virtue
    The Pride of Jared MacKade
    The MacGregor Grooms
    Sea Swept
    The Donovan Legacy
    The perfect neighbor
    Jewels of the Sun
    Inner Harbor
    The Perfect Neighbor
    Comand performance
    River’s End
    Enchanted
    Captivated
    Irish Rebel
    Tears of the Moon
    Heart of the Sea
    Night Shield
    Irish Rebel
    Night Shield
    Heaven and Earth
    The Villa
    Considerand Kate
    Dancing upon the air
    Considerand Kate
    Carolina Moon
    Face the Fire
    Cordina's Crown Jewel
    Cordina's Crown Jewel
    Chesapeake Blue
    Lawless

    1 comentários :

    1. Sempre quis ler Nora Roberts, muita gente já me indicou livros dela. Fico pasma com essas autoras que conseguem conciliar o papel de mão e o de escritora. Claro que conseguimos executar tarefas com as crianças por perto, mas escrever requer reflexão, instropecção e no meu caso absoluto silencio! Rsrsrsrs

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!