• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Identidade Roubada, por Chevy Stevens

    Título: Identidade Roubada
    Autor: Chevy Stevens
     
    Editora: Arqueiro
     
    ISBN: 9788580410129
     
    Páginas: 256
     
    Edição: 1
     
    Ano: 2011
     
    Assunto: Literatura Estrangeira - Romances
    Tradução: José Roberto O´Shea   
    Sinopse: Era para ser um dia como outro qualquer na vida de Annie O’Sullivan. A corretora de imóveis levanta da cama com três objetivos: vender uma casa, fazer as pazes com a mãe e não se atrasar para o jantar com o namorado. Naquele domingo, aparecem poucas pessoas interessadas em visitar o imóvel. Quando Annie está prestes a ir embora, uma van estaciona diante da casa e um homem sorridente vem em sua direção. A corretora tem certeza de que será seu dia de sorte. Mas o inferno está apenas começando. Sequestrada por um psicopata, Annie fica presa durante um ano inteiro em um chalé nas montanhas, onde vive um pesadelo que deixará marcas profundas.
    Gente, que livro bom!!! Li essa indicação em um blog que eu adoro, fui procurar e não me arrependi. Romances policiais têm que segurar o mistério até o final e Identidade Roubada segura. Admito que não previ o final, lá pelo meio eu achava que já tinha todas as pistas, afinal sou leitora velha de livros policiais e já estava até pensando “poxa, uma boa história estragada por um final previsível”, mas não foi nada do que eu esperava.
    A narradora da história é a Anne e a autora usa o artificio das sessões de psicanálise para nos contar o que aconteceu à protagonista. Cada capítulo é uma sessão o que coloca o leitor no papel da terapeuta e, dessa forma, nos sentimos mais próximo da protagonista e do que ela sente. Depois da metade do livro, quando acabam os flashbacks do que ocorreu na cabana, é como se estivéssemos com a Anne praticamente em “tempo real” descobrindo com ela as pistas sobre o seu caso.
    Aparentemente muita pesquisa foi feita para escrever esse livro e creio que isso transparece nessa narrativa muito bem amarrada. A investigação policial, o perfil do Maníaco e toda a crise pós-traumática são narradas de maneira verossímil, pelo menos é o que me parece já que sou leiga nesses assuntos. Enfim, um livro altamente recomendado.
    Por Juliana Dias Bastos

    0 comentários :

    Postar um comentário

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!