• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Drica - A Fada e o Bruxo, de F. Medina


    Sinopse - A Fada e o Bruxo - As Crônicas de Ivi - F. Medina

    Narrado de forma vertiginosa e intensa, com cenários que parecem ter sido extraídos de um filme futurista, você irá mergulhar no mundo de Ivi, um universo paralelo onde bruxos e fadas brigam por interesses opostos. Neste jogo de poder em que as mulheres estão no comando, cada Ser decide usar suas habilidades mágicas para lutar por sua felicidade. Lançado em outubro de 2012 numa produção independente, A fada e o bruxo vendeu milhares de exemplares, foi recomendado por livrarias e leitores, transformando-se rapidamente no principal fenômeno de autopublicação nacional no ano.


    A Fada e o Bruxo é o primeiro livro que leio pela parceria com a Editora Lafonte. Nos últimos quatro meses, a Lafonte, do grupo Escala – com forte presença no mercado de didáticos e dono mais de 120 títulos de revistas vem se reorganizando para competir de igual com as maiores editoras do País por um lugar nas listas de mais vendidos. Em janeiro, apresenta dois novos selos. Pelo Hamelin, publicará ficção em geral – romances, títulos juvenis, chicklit e fantasia. Entre os primeiros autores estão Silvia Day, nas listas com a trilogia Toda Sua (Paralela), e J. Kenner. Editará, também, os cinco títulos da série O Único e Eterno Rei, de T.H. White, que narram histórias como as do Rei Arthur, Merlin e de Guinevère. E já lançou A Fada e o Bruxo.

    Devo dizer que fiquei meio cética ao receber o livro, pensei ‘Lá vem mais um livro de fantasia que vai falar as mesmas coisas, contar as mesmas histórias”... Mas reconheço que o livro ME SURPREENDEU!!! E olha que é difícil um livro conseguir essa façanha. A Fada e o Bruxo é simplesmente FANTÁSTICO, ORIGINAL E DELICIOSO DE SE LER!!!


    Deixemos os elogios um pouco de lado e vamos ao que interessa. O livro conta a história do Planeta Ivi, que existe em um universo paralelo ao nosso. Após uma terrível disputa de poder, as fadas se dividiram basicamente entre as Fadas de ErasBlack e os Bruxos e Bruxas que se recusaram a sair da Floresta Encantada. Na Casa das Fadas de ErasBlack só existem meninas, já em Kablum, escola de fadas de Gênesis, os meninos são liberados.

    Somos apresentados a uma infinidade de personagens e histórias paralelas que dão suporte à história central que é o amor de Aiden, um bruxo Miravix, filho da bruxa mais poderosa da floresta Encantada, por Ava, filha do rei Adamastor de ErasBlack, Vlasdismin substituta da mãe de Aiden e futura rainha de ErasBlack e senhora da Casa das Fadas. Claro que esse amor é proibido, Ava tem propósitos a cumprir: uma profecia que a coloca como a fada mais poderosa de Ivi, o que torna inaceitável essa relação. Sendo assim, veremos Aiden e Ava passando por diversas aventuras para viver esse amor. Como se não bastasse, Aiden também desperta o amor de uma Emma, uma bruxinha da Floresta Encantada que não queria ser o que é.

    O livro tem uma linguagem jovem, diria até adolescente, mostrando que fadas e bruxos adolescentes podem ser como nós. Achei muito fofo quando Ava, ainda criança, ‘inventa’ a brincadeira de Pega-pega no reino.

    Além das fadas e bruxos, Ivi é habitada por dragões vermelhos e azuis e aberrações. Bem, ai tem a minha única ressalva. As aberrações de Ivi são vampiros, lobos e mutantes com características humanoides. Vampiros? Aberrações? Deixa pra lá... Bem, essas aberrações escaparam de Ivi para a Terra, e elas são responsáveis pelo desiquilíbrio da Terra. Sendo assim, fadas e bruxos de Ivi protegem a Terra.

    Devo revelar que fiquei do lado do Mal(???). As fadas da Floresta encantada e os seres MiraVix não acreditam na política ou nos reinos, eles tem um pacto com a natureza. Acredito que assim devem ser as Fadas...

    Bem, não vejo a hora de ler a sequência desse livro, e acho que você deveria começar a ler logo para conhecer todos os personagens e escolher por quem torcer. Espero não morrer de Querelan esperando pelo próximo livro, viu F. Medina e Hamelin????


    Nasceu em outubro de 1971, em São Paulo. Vive em Ponta Grossa – PR. É casado pai de uma filha. Formado em Administração de Empresas, Comércio Exterior e Computação. Fez intercâmbios em países de língua espanhola e inglesa. Também se pós graduou nos Estados Unidos em Negócios Internacionais. Trabalhou em grandes corporações multinacionais, deu vida a marcas e empresas ligadas a crianças e adolescentes. Além de empresário, é escritor. Entre suas obras estão As Crônicas de Ivi – A Fada e o Bruxo.

    16 comentários :

    1. Não conhecia esse livro. Gosto do tema, a resenha ficou ótima e a capa é linda. Me interessei.

      ResponderExcluir
    2. Eita que livro tudo de bom!!! Amei a capa, historia e resenha...me encantei!

      ResponderExcluir
    3. Que capa fofa. =)
      Parece uma boa leitura. E vc foi seduzida pelo Darkside. hahahaha, tem momentos que os vilões são melhores mesmo, principalmente quando os mocinhos são bobos demais.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Fazer o quê... sempre torci pelo lado mais fraco ou que tende a perder. rsrsrs

        Excluir
    4. Oie!
      Sabe que nunca li nada da LaFonte? Preciso dar um jeito nisso rsrsrs Nada melhor do que começar com uma fantasia de autor brasileiro. Vou pedir ele pro marido de aniversário =D
      Bjocasss

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Vai ser um bom presente, difícil não se apaixonar pela história. Ainda tem os mapas de Ivi!

        Excluir
    5. Achei muito bonita mesmo a capa, e a gostei bastante da história que não me parece ser nem um pouco simples, gosto muito de livros sobre fadas, bruxos e seres encantados, só tenho uma ressalva espero que o livro não tenha muitos personagens porque geralmente eu me perco em meio ha muitos personagens, mas fora isso parece ser uma otima história!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. São muitos personagens sim, tb me perco então eu vou anotando os nomes e quem são, assim facilita até na hora de fazer a resenha.

        Excluir
    6. Resenha muito bem elaborada, abordando os pontos importantes do livro, despertando a curiosidade do leitor, vale a pena conferir

      ResponderExcluir
    7. Se fosse julgar esse livro pela capa certamente já seria um motivo para ler, com a resenha me interessei mais ainda.

      ResponderExcluir
    8. Não gostei muito da capa, me julguem! :)
      kkkk Zoeira a parte.. achei interessante, sobre fantasia fadas é um ser que não me chama atenção, mas acho que vou dar uma chance as fadinhas do mal(hehe).
      Outra coisa, vampiros são seres estranhos? Perderam uns 3 pontos comigo nisso aí! u__u'

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. eu amo livros de criaturas místicas ainda mais os que tem fadas

        Excluir
    9. Comprei ele por acaso no shopping, bati o olho e gostei. Estou louca para ler, mas já havia começado a trilogia do Mundo de Tinta primeiro, então vou termina-los.
      Ansiedadeeeeeeeeeeeee!!! Amei a resenha.

      ResponderExcluir
    10. Não conhecia este livro, nunca tinha ouvido falar e adorei a proposta. Gosto muito de estórias cheias de fantasia e seres mágicos, amo fadas, e adorei saber que o livro te surpreendeu e possui uma estória original. O enredo é mesmo muito bom, deve ser demais ler algo onde imaginamos que estes seres mágicos são como nós.
      E concordo com você que todas as fadas deveriam ter um pact com a natureza...mas fora isso, parece ser uma leitura incrível!
      Legal saber que tem continuação, espero que seja tão boa quanto esta aparenta ser!
      beijos

      ResponderExcluir
    11. Nossa que fantasia incrível. Não conhecia o autor e fiquei feliz por ver que o livro é mega bonito e brasileiro ainda. Gosto muito de livro mágicos e este me parece ser o caso. Um enredo novo e gostoso de ler é sempre muito bom, pois as surpresas são sempre maravilhosas.

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!