• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Drica: Amar Pode Dar Certo, Roberto Shinyashiki e Eliana Dumêt - Gente

    Editora: Gente
     
    Gênero: Felicidade/Autoajuda e inspiração

    Formato: 14 x 21 cm

    Número de Páginas: 176

    ISBN: 9788570000000

    Ano: 1988

    Sinopse
    Por mais que a humanidade evolua, amar e ser amado continua e continuará sendo uma das maiores buscas do ser humano. No livro "Amar Pode Dar Certo", o leitor é convidado a repensar seus relacionamentos, sua maneira de amar e suas expectativas a respeito da pessoa amada.

    O objetivo desse livro é essencial e possui extrema importância para toda e qualquer pessoa de todas as idades, pois o ajudará a voltar a acreditar profundamente em coisas simples da vida, como amar, namorar, casar, conversar e, principalmente, acreditar em você mesmo.

    Li esse livro a mais ou menos 15 anos, no começo da minha adolescência, e é incrível notar como o tema continua atual! 

    Apesar de não gostar muito de livros de autoajuda, sou fã do Roberto. Gosto da escrita dele porque os seus livros não tem aquele tom de receita de bolo, tipo ‘siga os 10 passos para encontrar a sua felicidade’. Roberto fala da realidade, do dia a dia, de coisas que, na verdade, todos nós sabemos, mas que precisamos de um amigo para nos dizer, nos alertar para o óbvio.

    Ponto para o capítulo “Como destruir um casamento em 7 frases”. Leve, gostoso de ler, realmente divertido. Indicado para quem tá sozinho, para quem está acompanhado  e, principalmente, para quem quer continuar acompanhado.

    “O amor é a relação básica do ser Humano, sómente por ele pode-se expandir o sistema da vida. Mas o amor supõe trabalho e arte, por isso o amor exige trabalho sobre nós mesmos e, não raro contra nós mesmos.”

    5 comentários :

    1. Também não sou fã de auto-ajuda, mas este parece ser bem legal!

      ResponderExcluir
    2. Eu ganhei dois livros de autoajuda e não consegui ler nenhum por falta de vontade. :x
      Esse parece ser interessante, pelo simples fato de não ter uma receita de como chegar na felicidade plena em 10 passos.

      ResponderExcluir
    3. Também não sou fã de livros de auto-ajuda. Já li alguns mas já tem um tempão que não leio nenhum.
      Esse eu não li, mas concordo que há temas que podem passar anos que continua atual. Gostei da sua resenha.

      ResponderExcluir
    4. LIE ESTE LIVRO E É OTIMO COMBREI UM BOX DO AUTOR E VOCE COMEÇA A LER E NAO TEM VONTADE DE PARAR MAIS.

      ResponderExcluir
    5. Adorei a resenha! Gostei de saber que a escrita do autor é diferente da maioria dos livros de auto-ajuda, parece ser muito bom e ótimo para refletir, adorei!
      beijos ♥
      quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!