• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Drica: Apaixonados, Lauren Kate - Galera

    Título: Apaixonados

    Subtítulo: Histórias de Amor de Fallen
     
    Páginas:182
     
    Edição:1
     
    Editora: Galera
     
    Ano:2012

    Sinopse:
    A história de Luce e Daniel comprova a possibilidade do amor eterno. Mas a vida do casal não representa o único tipo de amor possível. Em Apaixonados, Lauren Kate se inspirou nas histórias recebidas pelos fãs ao longo do processo de publicação dos três primeiros volumes da série - Fallen, Tormenta e Paixão. Situado em um momento entre os acontecimentos de Paixão e de Rapture - último volume da série -, Apaixonados é um passeio por diferentes paixões através do tempo, aproximando os leitores das histórias de Miles, Shelby, Roland e Ariane.

    Apaixonados é simplesmente mais um livro da série Fallen, e nem é uma continuação da história de Daniel e Luce. Não desvenda nenhum segredo, não adiciona nenhuma informação nova à história. Mas nos presenteia com belas histórias de amor, de todos os tipos. 

    O livro nos traz quatro histórias de amor que se relacionam entre si, mas são independentes, que acontecem em um Festival de São Valentim, aparentemente na era medieval, mais conhecido por essas bandas como dia dos namorados. A primeira história é de Miles e Shelby, a segunda de Roland, a terceira de Ariane e a última, como não podia deixar de ser, de Luce e Daniel.

    Mas nem tudo são flores, como já estamos acostumados ao longo dessa série. As histórias também falam de sofrimento, abandono, amores impossíveis, a perda, a descoberta e da diversidade de amores.

    Mas atenção, se você não leu os livros anteriores, pelo menos um deles, terá dificuldade em entender certas situações por não conhecer os personagens e suas respectivas sagas. 

    Ponto para a leveza como a autora trata do homossexualismo feminina, de maneira doce e natural, como deve ser. Foi tão tranquilo que só depois de algumas páginas é que fui me dar conta de que se tratavam de duas meninas vivendo uma história de amor. 

    Capa linda, textura deliciosa. Não bastasse a história deliciosa, segurar o livro dá uma sensação de suavidade. Leitura rápida e leve, que deixa vontade de mais. 

    2 comentários :

    1. Olá Adriana,

      Essa é uma das séries que escolhi não ler. Não vou negar que não tenha curiosidade, mas é tanta coisa competindo que não consigo achar tempo para ler. Que bom que tenha te empolgado.

      Abraços,

      http://milvidasparaler.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    2. Ótima resenha! Li este livro depois de ter terminado a série inteira, e gostei bastante. Concordo que a autora abordou o homossexualismo de uma forma bem leve, gostei bastante. Mas discordo que o livro não acrescentou nada, pois na minha opinião, através dele, pudemos conhecer melhor os outros personagens, saber mais sobre o passado de Ariane e Roland, Shelby e Miles. Por exemplo, nos volumes anteriores nunca se é explicado por quê das cicatrizes de Ariane, e neste livro, acabamos descobrindo. Então, esta leitura não acrescenta coisas indispensáveis para o enredo, mas acrescenta algumas respostas para as perguntas que os outros livros da série deixou.
      É mesmo uma leitura leve, eu amei <3
      beijos!

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!