• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Drica: Simplesmente Ana, Marina Carvalho - Novo Conceito

    Autora: Marina Carvalho

    Selo: NOVO CONCEITO / NOVAS PÁGINAS

    Ano: 2013

    Edição: 1

    Número de páginas: 304

    Área Principal: FICÇÃO


    Sinopse:
    Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha… Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex. Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro. A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam. Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta.

    Devo assumir que comprei o livro pela capa e nem li a sinopse antes... Comprei acreditando que se tratava de um livro de época, afinal, princesas sempre nos remetem a isso, não é? E qual não foi a minha surpresa quando comecei a ler e via que a história se passava no Brasil (????), mias precisamente em Minas Gerais (?????), por sinal, terra de parte da minha família. Mas se você está pensando que isso foi o início da minha decepção, está muito enganado. Tudo isso foi apenas o começo de uma grata surpresa! Uma surpresa tão boa que o li em apenas 1 dia!

    O livro nos conta a história de Ana, uma mineira, estudante de Direito, que foi criada pela mãe e pelos avós e não conhece o seu pai, que abandonou a sua mãe na Europa ao saber que ela estava grávida. Mas toda essa verdade em que Ana acredita é colocada em cheque ao receber a seguinte mensagem no Facebook:

    “Desculpe, mas acho que sou seu pai.”

    Ana conhecerá Andrej, atual rei da Krósvia, pequeno país da Europa, e seu pai! Apesar da descrença de Ana, Andrej prova que ela é mesmo sua filha e que a sua mãe não havia lhe contado toda a verdade. Ruim? Nem um pouco!

    "Nem se eu vivesse mais mil anos imaginaria que um dia poderia ficar sentada diante de um rei de verdade e que a atenção dele estaria toda voltada pra mim. Eu tenho um pai, pensei. E ele é um rei. - Então, eu sou uma princesa?"

    Andrej a convida para passar uma temporada na Krósvia para recuperarem a convivência perdida. Apesar de relutante, Ana não que deixar sua família, a amiga Estela, seu namorado Arthur e a faculdade, ela aceita passar seis meses na Krósvia e experimentar literalmente uma vida de princesa. Ana fica deslumbrada com a Krósvia e a vida que está levando, tudo é perfeito, não fosse a existência de Alex, enteado-lindo-fofo-gostosão-tudo-de-bom de seu pai, cuja mãe é falecida, namorado da nome-de-cachorro-bruxa-da-história, Laika. Alex se empenhará, assim Ana vai deduzir, em tornar a sua vida um inferno, mas até quando? 

    Essa história seria mais um clichê, não fosse o toque brasileiro da autora ao construir uma mocinha cheia de atitude e ousadia, como só nós brasileiras sabemos ser. Mas também doce e virgem, como manda todo bom clichê! A história é toda narrada pela Ana, o que nos torna amigas íntimas, facilitando o entendimento de todos os seus dilemas. Quero ressaltar o lado humano de Ana, que ao invés de se deslumbrar pela nova vida e todo o seu glamour, vai ser voluntária em um abrigo para meninas órfãs, abrindo o castelo para lhes contar histórias.

    Ponto para a paixão de Ana pelo Bom Jovi, paixão que compartilho com a nossa princesa. Também faria qualquer coisa para assistir a esse show. Ah, tem também algumas partes de letras de música do Bon, maravilha! Ah, e pena que a Krósvia não existe de verdade, porque dá uma vontade louca de conhecer esse lugar fantástico. 

    Uma história gostosa de ser lida, que flui naturalmente, sem grandes intrigas. Daquelas que devem ser lidas de uma vez só, naquelas tardes sonolentas ou nos dias frios, quando a nossa mente está cheia de sonhos.
    Se você gostou do livro, tenho uma boa noticia, li em uma entrevista da autora que haverá continuação! Vamos aguardar!

    — Sempre ouvi dizer que saudade é uma palavra exclusiva da língua portuguesa. Quando dizemos que estamos com saudade, significa que sentimos uma falta tão imensa de alguém que a dor queima no peito. É como se a alma ficasse meio perdida sem a proximidade das pessoas de quem temos saudade.

    Marina Carvalho é professora, jornalista e mãe. Passa os dias diante de um objeto plano e retangular, seja o quadro negro da escola onde trabalha ou a tela do computador. Escrever é uma de suas maiores alegrias. Sempre foi uma ávida leitora. Está sempre com um livro debaixo do braço e outro na cabeceira da cama: eles são seus companheiros de todas as horas. Quando criança devorava as revistinhas da Turma da Mônica. Formou-se em Jornalismo pela PUC-Minas e exerceu o cargo de assessora de comunicação. Hoje é professora de Língua Portuguesa e Literatura, não à toa, já que morre de amores pelas palavras. "Simplesmente Ana" é seu livro de estreia.        


    Redes sociais:

    Book Trailer: http://www.youtube.com/watch?v=pgwHbYZ4AHs

    Facebook: http://www.facebook.com/pages/Simplesmente-Ana

    Página da autora: http://www.facebook.com/marina.carvalho.7509?fref=ts

    Blog da autora: http://www.escritoramarinacarvalho.com

    6 comentários :

    1. Lindo-fofo-gostosão-tudo-de-bom... (rindo alto..kkk)!
      Só leio elogios a respeito do livro sem contar que a autora é super fofa!

      ResponderExcluir
    2. Aaah,estou tão ansiosa para ler esse livro!
      Quero embarcar e me emocionar.
      Beliscões carinhosos da Máh-
      Cantinho da Máh
      @Maaria_Silvana

      ResponderExcluir
    3. Drica, ri tanto com a sua descrição do que esperava do livro. hahaha
      Eu não gostei nem um pouco dessa capa, pq a moça parece a Kristen Stewart, mas a sinopse me faz desejá-lo.
      LeMbrei assim que li a sinopse do filme "O diário da princesa 2", e o fato de ser ambientado em território nacional (parte dele) é um ponto a mais. Essa tal de Krósvia vem sendo desejada por todas que leram, preciso conferir!!!
      Adorei a resenha e fico feliz que tenha sido uma grata surpresa.

      ResponderExcluir
    4. Recentimente tomei coragem de ler este livro e gostei muito . He uma boa histora , a capa he linda .
      Uma historia meio diferente , um conto de fadas não muito convencional .

      ResponderExcluir
    5. A capa deste livro é uma fofura mesmo, dá vontade de ler só por causa dela hahaha
      O enredo é mesmo ótimo, adoro estórias de princesas que se passam em tempos atuais. A resenha ficou ótima, fiquei com vontade de mergulhar nessa leitura também, conhecer a personagem e me encantar com este lugar criado pela autora. Ana parece ser uma personagem muito cativante, por ser tão ousada, doce e humilde, já que não se deslumbrou pela vida de princesa. Dica anotada!
      beijos

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!