• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Lançamento da Universo dos Livros: 9 e ½ semanas de amor

    Ficha Técnica

    Título: 9 e ½ semanas de amor

    Editora: Universo dos Livros

    Número de Páginas: 152

    Preço: R$ 29,90

    Uma bela e sexy mulher encontra casualmente um homem rico em uma feira de rua no centro de Manhattan. Eles se envolvem rapidamente e começam a praticar jogos sexuais cada vez mais intensos - ora os olhos delas são cobertos com uma venda, enquanto ele brinca com o seu corpo; ora amarra seus pulsos com uma echarpe e a leva a vários orgasmos.

    As passagens picantes do romance 9 e ½ semanas de amor, que inspirou o filme homônimo dos anos 1980, estão de volta às livrarias em uma nova edição da Universo dos Livros.

    Escrito sob o pseudônimo de Elisabeth McNeill, o livro revelou as memórias da particular aventura sexual da autora - que era executiva em uma grande corporação - quando teve um romance com um homem que conheceu por acaso.  O lançamento, em 1978, deixou um legado pelo fato de ter surgido no final de uma era na qual as feministas lutaram pelos direitos da mulher. Atributos que a personagem renuncia já nas primeiras páginas.

    “Tão pungente agora quanto na época em que foi publicado pela primeira vez, 9 e ½ semanas de amor é simultaneamente não apologético e um alerta sobre a facilidade com que a intoxicação do amor e do sexo pode mudar nossa visão de nós mesmos, e nos forçar a ver, de modo totalmente diverso, a pessoa que tão inocente e estupidamente imaginávamos ser”, afirma a escritora Francine Prose no prefácio.

    Com uma estrutura simples e direta, a autora envolve o leitor nos meandros de um conteúdo narrativo, que evolui da paixão romântica à relação destrutiva repleta de fantasias e fetiches do casal. Tudo pontuado entre a leveza e o peso de uma relação que se torna doentia e insustentável.

    Sob os mínimos cuidados de seu amante - que a veste, alimenta, lava seus cabelos e remove sua maquiagem - a atmosfera sufocante e claustrofóbica faz dela uma escrava sexual, despida de sua individualidade e do controle sobre seu próprio corpo e mente.

    A intensa carga erótica de 9 e ½ semanas de amor resiste ao tempo. Até hoje, 35 anos após ter sido escrito, a obra é uma análise profunda e explícita da sexualidade e os extremos aos quais a paixão pode nos levar.

    1 comentários :

    1. Oi Adriana.
      Não sou chegada a esse gênero literário, mas confesso que fiquei curiosa por conta do filme.
      Vou dar uma chance a leitura.

      Beijos
      Leituras da Paty

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!