• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Dani: No limite da atração, Katie McGarry - Verus


    Título original: Pushing the limits

    Autora: Katie McGarry

    Editora: Verus

    364 páginas


    Sinopse:  

    Ninguém sabe o que aconteceu na noite em que Echo Emerson, uma das garotas mais populares da escola, se transformou em uma “esquisita” cheia de cicatrizes nos braços e alvo preferencial de fofocas. Nem a própria Echo consegue se lembrar de toda a verdade sobre aquela noite terrível. Ela só gostaria que as coisas voltassem ao normal. Quando Noah Hutchins, o cara lindo e solitário de jaqueta de couro, entra na vida de Echo, com sua atitude durona e sua surpreendente capacidade de compreendê-la, o mundo dela se modifica de maneiras que ela nunca poderia ter imaginado. Supostamente, eles não têm nada em comum. E, com os segredos que ambos escondem, ficar juntos vai se mostrar uma tarefa extremamente complicada.

    Ainda assim, é impossível ignorar a atração entre eles. E Echo vai ter de se perguntar até onde é capaz de ir e o que está disposta a arriscar pelo único cara que pode ensiná-la a amar novamente. No limite da atração é um livro sexy e envolvente sobre o amor de duas pessoas que estão perdidas e que juntas tentam desesperadamente se encontrar.


    Oiii, galerinha,


    Echo Emerson já foi uma garota popular, antes de sofrer um acidente do qual não lembra, como defesa ela bloqueou as lembranças daquela noite. Agora ela é conhecida como esquisita, suas amigas deixaram de falar com ela, com exceção de Lila.

    Noah Hutchins é o bad boy da escola, usuário de drogas, tem de aturar uma sessão com a psicóloga por semana.

    Estes dois não poderiam ser mais diferentes e ainda assim acabam tendo de trabalhar em conjunto por ideia da psicóloga. Noah precisa de ajuda nos estudos e Echo acaba sendo encarregada disto. O problema é que no primeiro contato eles não se entendem bem, mas a atração entre eles é palpável.

    Comecei o livro empolgada, mas diminuiu pelo ritmo que achei lento e por não gostar de mocinhos drogados, porém isso não me fez desistir, e fiz muito bem. Ao longo da narrativa vamos descobrindo mais da história do Noah e temos um vislumbre do que aconteceu com ele a ponto de compensar sua opção por ser usuário de drogas.

    Noah tem dois amigos que têm o visual barra pesada: Beth e Isaiah. Estes três têm mais em comum do que se pode imaginar e amizade entre eles é verdadeira e bem leal.

    Beth não gosta de Echo, e não vê bem a relação entre a patricinha e o bad boy. Isaiah adora consertar carros e será de grande ajuda para Echo.

    O livro tem uma trama densa, desde a curiosidade que nos mantêm grudados para descobrir o que houve com Echo a dois anos atrás até o desejo de saber se Noah consegue o que tanto almeja.

    Os dois juntos são engraçados, eles não perdem oportunidade de implicar entre si, mas um plano surge para xeretar seus registros.

    Echo é uma artista, mas seu pai não quer que leve adiante seu dom, e por isso ela se inscreve para faculdades de administração, é uma mocinha que obedece cegamente.

    Acompanhar as sessões de terapia dela são enervantes, impossível não se angustiar com cada lembrança por menor que pareça, e quando a verdade surge me deixou chocada.

    Echo e Noah vão aprender juntos, ela a se impor mais, ele a aceitar melhor o que lhe dizem.

    Leiam e não se deixem enganar, este não é um livro bobinho, nos faz pensar que devemos ouvir a opinião dos outros e ter as nossas próprias, que errar é humano, mas que nem todos conseguem esquecer e conviver. Que temos escolha entre deixar a mágoa prevalecer, ou deixar de lado e seguir em frente.

    Podemos acompanhar o amadurecimento dos personagens e apreciar a interação com os personagens secundários que fazem muita diferença.

    Aliás No limite da atração faz parte de uma trilogia, que engloba os amigos do mocinho (eu adorei essa diferença).  O próximo livro é sobre a Beth e o terceiro tem o Isaiah como protagonista. E tem um conto com a Lila, melhor amiga da Echo, ela é adorável, estou curiosa para ler.


    Trilogia Pushing the limits:

    1. No limite da atração (Pushing the limits) - Noah e Echo
    2. Dare you to - Beth e Ryan * Não publicado no Brasil
    3. Crash into you - Isaiah e rachel * Não publicado no Brasil

    Contos:

     1.5 Crossing the line - Lila e Lincoln


    Ah, as capas americanas:


     Já leram? Querem ler? Conta aqui nos comentários.

    Lembrando que esta resenha vale pontos no Top Comentarista especial de aniversário, valendo a Trilogia After Dark.
    ¸.•°*”˜˜”*°• Dani Souza ¸.•°*”˜˜”*°•

    17 comentários :

    1. Ainda não li, na verdade nem conhecia essa trilogia, mas gostei bastante de os protagonista não serem igual a maioria do livro e pela sua resenha a trama parece ser um pouco dramática e engraçada do jeitinho que eu gosto. Mais um livro para minha gigantesca lista de futuras leituras *--*

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá Jéssica,
        Eu descobri ser trilogia apenas quando fui pesquisar para a postagem, pq gosto de colocar as capas originais.
        É drama e comédia com as pitadas hot na medida certa. Você não vai se arrepender se der uma chance!!!
        Obrigada pelo comentário. =)

        Excluir
    2. O início da resenha me lembrou o livro Fale!
      Acho o tema "drogas" super válido e me interessei para saber mais da estória...
      Gostei de saber tb que a trilogia segue com estórias de outros personagens...
      Adorei!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Edna,
        Não li Fale!, mas tenho vontade, acredito que acabe sendo parecido pelo ambiente escolhido. Quase sempre bate a sensação de Deja vú.
        Não me incomodo que abordem o tema drogas, é bom para dar uma chacoalhada nos leitores com um vislumbre da realidade, mas o mocinho ser assim, não me deixa muito feliz.
        Obrigada pelo comentário. =)

        Excluir
    3. Ainda não conhecia esta trilogia, mas a resenha foi ótima! Deu para ter uma noção de que o livro é muito interessante e o enredo bem misterioso, fiquei com vontade de ler! Gostei da mensagem do final que você escreveu, adoro livros que tem algo a nos ensinar e também achei muito interessante as sequências serem com outros personagens, muito diferente de tudo que já li!
      beijos e feliz ano novo!
      quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Dani, o livro foi uma grata surpresa para mim que esperava mais um romance do mesmo e me vi envolta num mistério interessante que me deixou ansiosa para chegar ao final.
        A lição de moral é bem clara e muito importante de refletir.
        Obrigada pelo comentário. =)

        Excluir
    4. Já tinha ouvido falar no livro e lido a sinopse, mas não me interessei muito.
      Confesso que achei interessante e até fiquei curiosa pra ler, mas não passou disso.
      Gosto de livros onde vemos o amadurecimento dos personagens e que nos trazem lições. Mas tenho medo de não gostar da estória e perder o tempo que poderia dedicar a um livro que eu realmente goste.
      Amei a capa de "Dare you to"

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Entendo você Rita, mas este livro nos mostra sim os personagens amadurecendo e nos faz pensar em alguns aspectos importantes.
        Seu medo pode fazer com que perca uma boa leitura. =)
        Obrigada pelo comentário. =)

        Excluir
    5. Oi Dani,
      Bem eu não sou muito fã de enredos assim, mas quem sabe um dia esse livro caia na minha mão. Obrigado pela resenha sincera e desejo ótimas leituras..bjus elis!!!

      http://amagiareal.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Elis,
        Eu gosto desse tipo de leitura para descontrair, se for me ater apenas aos policiais vou acabar achando tudo "mais do mesmo".
        Espero que vc possa ler, vai ser uma boa surpresa.
        Obrigada pelo comentário. =)

        Excluir
    6. Não sabia que era uma trilogia. Agora estou perdida. Já o primeiro livro fiquei apaixonada com a história e os personagens; imagina com os outros. Ai ai Estou perdida. Mais ansiosa por mais. Beijos.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Beth, quando comecei a ler tb não sabia que era trilogia, mas pelo que entendi vai ser independente, pq os personagens principais serão os melhores amigos do Noah. =)
        Obrigada pelo comentário. =)

        Excluir
    7. Eeeeita livro boooom demais da conta sô!!! Apesar de não ter gostado muito dela ter perdoado facilmente o pai (acho que é pelo fato de eu passar pela mesma coisa que ela passou e eu ainda não to bem com isso), achei simplesmente lindo. Não vejo a hora de ler os outros *~*
      Gostei muito da resenha, foi limpa e leve.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Carol, já vi que leu!!! Que legal, né?
        Acredito que ela perdoou com facilidade pq além de ser a atitude normal dela, no fim das contas não iria adiantar muita birra. =)
        Obrigada por comentar!!!

        Excluir
    8. Eu adorei ler este livro, ele também me conquistou de primeira e me deixou mega curiosa para saber o que havia acontecido com a Echo. Agora já estou louca pelos próximos.
      Bjs

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Pamela,
        É bem gostosinho de ler, né? E dá uma aflição para descobrir o mistério da Echo. Também torço para publicarem os outros por aqui!!!
        Obrigada por comentar!!!

        Excluir
    9. Eu sou uma das que fica com o pé atrás quando o mocinho é viciado em drogas, mas se vc diz depois que da pra entender o por que, eu acredito. Que estranho essa amnésia pôs traumática de Echo, nao lembrar como ficou toda cheia de marcas e cicatrizes. Quero ler e acompanhar as terapias dela, aforo essa parte em livros. É narrado na visão de quem?

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!