• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Drica: A garota que eu quero, Markus Zusak - Intrínseca

    Título Original: Getting the Girl

    Autor: Markus Zusak

    Páginas: 175

    Ano: 2013

    Tradutor: Vera Ribeiro

    Editora: Intrínseca


    Sinopse
    O Rube nunca amou nenhuma delas. Nunca se importou com elas. Nem é preciso dizer que Rube e eu não somos muito parecidos em matéria de mulher. Cameron Wolfe é o caçula de três irmãos, e o mais quieto da família. Não é nada parecido com Steve, o irmão mais velho e astro do futebol, nem com Rube, o do meio, cheio de charme e coragem e que a cada semana está com uma garota nova. Cameron daria tudo para se aproximar de uma garota daquelas, para amá-la e tratá-la bem, e gosta especialmente da mais recente namorada de Rube, Octavia, com suas ideias brilhantes e olhos verde-mar. Cameron e Rube sempre foram leais um com o outro, mas isso é colocado à prova quando Cam se apaixona por Octavia. Mas por que alguém como ela se interessaria por um perdedor como ele? Octavia, porém, sabe que Cameron é mais interessante do que pensa. Talvez ele tenha algo a dizer, e talvez suas palavras mudem tudo: as vitórias, os amores, as derrotas, a família Wolfe e até ele mesmo.

    “Nada vem fácil para um ser humano como eu.
    Isto não é uma queixa.
    É só uma verdade.”

    Nunca tinha lindo nada do Zusak, pode? Pois é, esse é meu primeiro. E além disso, descobri que esse livro faz parte de uma trilogia, até ai, tudo bem, mas A garota que eu quero é o último livro da trilogia. Será que tinha muita chance disso dar certo? Mas deu!

    O livro conta a história de Cameron, caçula dos irmãos Wolfe. Ele é o narrador da história e é através dos seus olhos e permeada pelos seus sentimentos que a conheceremos. Cameron é um adolescente comum, de família humilde e sem posses, adolescente solitário e cheio de hormônios que tem a mania de ficar em frente a casa de uma garota por horas apenas observando a sua janela, vive com seus pais e irmãos em uma casa no subúrbio, o pai sustenta a família e é ajudado por Cameron e seu irmão Rube. Rube é o gatinho da família, troca de namorada a cada semana e nunca se apaixona por nenhuma. 

    “Eu queria apenas ser tocado por uma garota, um dia. Queria que ela não me olhasse como se eu fosse um perdedor imundo, rasgado, meio risonho e meio carrancudo que tentava impressioná-la.”

    Rube está namorando mais uma menina, a Octávia, que chama muito a atenção de Cam, lógico. Como sempre, Rube não dá muita atenção a ela, e Cam e Octávia tornam-se amigos de uma maneira que promete surpresas no final. Ao longo da história, Cam passa a escrever os sentimentos, e isso vai ser uma das coisas que vai liga-lo a Octávia.

    “Muito depressa, muito repentinamente, palavras despencaram pela minha mente. Aterrissaram no piso dos meus pensamentos e lá, lá embaixo, comecei a catá-las. Eram excertos de verdade recolhidos do meu interior.
    Mesmo à noite, na cama, elas me acordaram.
    Pintaram-se no teto.
    Gravaram-se a fogo nos lençóis da memória estendidos na minha mente.
    Quando acordei, no dia seguinte, escrevi-as em um papel rasgado. E, para mim, o mundo mudou de cor naquela manhã.”

    Quando li a sinopse da A garota que eu quero, achei que estava diante de mais um livro para adolescentes com mais uma histórias de amor adolescente. Mas a história do livro vai muito além. O livro fala de superação, de realizar sonhos e da amizade entre irmãos. Cameron vai amadurecendo ao longo da história e percebe que ele é uma pessoa especial, assim conquista o amor de uma garota solitária e comum como ele, consegue admiração do irmão que não acreditava nele e recebe provas do amor do outro irmão. Ponto para o cuidado de Cam e Rube em levar o cachorro do vizinho para passear todas as noites.

    É um livro fininho, que pode ser lido em apenas um dia, com leitura leve que flui fácil, mas diz muito. Recomendo!!!

    Lembrando que esta resenha vale pontos no Top Comentarista especial de aniversário, valendo a Trilogia After Dark.

    23 comentários :

    1. Também nunca tinha lido nada deste autor :)
      Quando vi este livro pela primeira vez, também pensei que era algo mais adolescente, mas gostei de ler sua resenha. Parece ser um ótimo livro e a mensagem que a história passa é muito boa, adorei!
      beijos ♥
      quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Dai,

        foi realmente uma boa surpresa. Um livro leve, gostoso de ler.

        Excluir
    2. Eu estou querendo ler esse livro a algum tempo, tbm não sabia que pertencia a uma trilogia, mas agora posso procura começar pelo primeiro, mesmo vc falando que não teve problema por isso. O livro parece ser muito bom, sempre gosto quando tem esse lance entre irmão e família.

      Meu Mundo, Meu Estilo

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Isso mesmo, Jéssica, é uma trilogia com histórias independentes.

        Excluir
    3. Realmente dá para ler rapidinho!
      Amei os quotes escolhidos!
      Beijinhos
      Rizia - Livroterapias

      ResponderExcluir
    4. Estou louca pra ler essa trilogia (que não sabia ser uma trilogia até começar a ver resenhas do ultimo livro). A maioria das pessoas pega esse livro pra ler e é surpreendido pelo fato de ser o ultimo de uma trilogia. E cara, a capa não tem nenhuma ligação com os dois primeiros, então nem dá pra supor isso.
      Que bom que não atrapalhou a leitura, pelo menos.
      Li a menina que roubava livros e fiquei curiosa pra conhecer essa outra obra do autor.

      ResponderExcluir
    5. Nunca li nenhum livro dele, e não sabia dessa parte que esse pertencia a uma trilogia. Acho muito fofo esse tipo de livro que mostra a superação em maturidade de um personagem. Sabe, uma história de vida: um garoto que não tem boa auto-estima, e se apaixona pela pessoa menos improvável (na questão de ser recíproco). E a superação de tudo. Tipo aquele filme: ABC do amor... kkk

      MAs adorei sua resenha, e esse livro já estava na minha lista de importância, então, quando eu ler, virei comentar mais. kkk

      Beijos
      Tamiris Leitão

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Tamiris, não conheço o filme q vc citou, mas vou procurar.
        Obrigada!

        Excluir
    6. Cada livro conta a estória de um dos irmãos então? Eu tb só tenho esse, mas ainda não li pq fiquei sabendo ser o último da trilogia... pela resenha percebi que não ter lido os outros não atrapalha, né?
      Eu só li "A menina que roubava livros" do autor... melhor livro de todos os tempos...
      Bem, vou me aventurar e conhecer este irmão... depois eu vejo os outros...
      Parabéns pela resenha... Bjs

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Acredita q ainda não A menina q roubava livros? Acredito q sou o último dos seres vivos kkkkkkkkkkkkkk!

        Excluir
    7. Sabe, eu li este livro e achei a história tão fraquinha. Não me chamou a atenção. Não sei por ser tratar de uma história mais pra adolescentes, mas não curti muito não. Mas valeu, pois conheci mais um pouco a obra do autor. Beijos.

      ResponderExcluir
    8. Gosto de pegar livros deste tipo de final de semana. Você está parecendo eu pegando as séries do meio ou do fim...
      Bjs, Rose.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Rose, só descobri q era de uma série quando fui fazer a resenha, acredita? rsrsrs

        Excluir
      2. Acredito sim, já fiz isso algumas vezes, rsrsrs
        Bjs, Rose.

        Excluir
    9. Oi Drica, adorei sua resenha.
      Você tem um jeito de nos falar do livro que sempre me desperta curiosidade sobre ele. Eu já tinha visto o livro, mas confesso que nem mesmo me interessei de ler a sinopse. Agora já está aqui anotado e assim que possível comprarei para conferir.
      Você sabe dizer, se a Intrínseca lançou toda a série? Ou lançou só este?
      Beijos
      Lia Christo
      www.docesletras.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Lia, a Intrinseca lançou toda a série sim. Obrigada pelo elogia, vindo de uma blogueira como vc é uma verdadeira honra!!!

        Excluir
    10. Depois de ler sua resenha, sinto que vou chorar igual eu chorei com o livro A Menina que Roubava Livros DDD:
      E foi uma surpresa saber que ele faz parte de uma trilogia O.O Realmente, nem imaginava.
      Com certeza darei uma chance a esse livro. Obrigada Adriana

      ResponderExcluir
    11. Oiee
      Eu ia comprar esse livro mas nunca pensei que ele fizesse parte de uma trilogia,pois só conhecia esse volume.
      A minha única experiência com o Zusak foi "A menina que roubava livros" e eu abandonei a história por achar um pouco cansativo.
      Mas vejo que esse livro é diferente,pois consegui gostar só pela sua resenha.Vou dar uma chance ao autor!
      beijos

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Tb não curti A menina que roubava livros, mas esse é uma leitura bem mais leve.

        Excluir
    12. Do autor, eu tentei ler A Menina que Roubava Livros, mas parei a leitura na metade. Nao consegui continuar, mas, acho que esse A Garota que eu Quero, é totalmente diferente. É um assunto mais maduro. Imagina, dois irmaso querendo a mesma mulher. Mesmo que Rube nao goste de Octavia, acho que o fato de saber que o irmao Cam se interessou não vai ser bem visto. Interessante o fato deles serem de uma familia humilde o irmao mais velho ser um astro do futebol. Steve nao aparece muito ? Eu tambem nao imaginava que era uma trilogia.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Não, o Steve aparece muito pouco, acredito q ele apareça mais nos outros livros da trilogia.

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!