• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Dani: O começo do tudo, Robyn Schneider - Novo Conceito

    O começo de tudo

    Título original: Severed heads, broken hearts
    Autora: Robyn Schneider 

    Editora Novo Conceito
    Ano: 2014 

    288 páginas

    O garoto de ouro Ezra Faulkner acredita que todo mundo tem uma tragédia esperando ali na esquina – um encontro fatal depois do qual tudo o que realmente importa vai acontecer. Sua tragédia particular esperou até que ele estivesse preparado para perder tudo de uma vez: em uma noite espetacular, um motorista imprudente acabou com a perna de Ezra, com sua carreira no esporte e com sua vida social.
    Depois que perdeu o favoritismo ao posto de rei do baile, Ezra agora almoça na mesa dos losers, onde conhece Cassidy Thorpe. Cassidy é diferente de qualquer pessoa que Ezra tenha encontrado antes – melancólica e com uma inteligência mordaz.

    Juntos, Ezra e Cassidy descobrem flash mobs, tesouros enterrados e um poodle que talvez seja a reencarnação do Grande Gatsby. À medida que Ezra mergulha nos novos estudos, nas novas amizades e no novo amor, aprende que algumas pessoas, assim como os livros, são difíceis de interpretar. Agora, ele precisa considerar: se uma tragédia já o atingiu, o que poderá acontecer se houver mais infortúnios?

    O Começo de Tudo é um livro poético, inteligente e de cortar o coração sobre a dificuldade de ser o que as pessoas esperam, e sobre começos que podem nascer de finais trágicos.
    O começo de tudo tem uma narrativa fluida, rápida e fácil; com tiradas de humor, momentos de tensão, piadas nerd, um tanto de drama e superação, tudo bem misturado para nos fisgar.

    Ezra nos conta de início sobre sua infância, quando ele era um dos invisíveis em companhia de seu melhor amigo Toby, até que um acidente num parque de diversões muda o destino e o rótulo de ambos. Toby continua invisível e Ezra acaba na turma dos populares.

    Desde garotinho ele joga tênis, mas um acidente de carro destrói seu sonho de ir para uma universidade como estrela do esporte. Seus amigos populares não vão visitá-lo no hospital e num novo ano escolar ele tenta a todo custo passar despercebido.

    Seu mundo dá um giro quando Cassidy surge na trama, ela é misteriosa e tão tristonha quanto maluca a ponto de mexer com o mundo de Ezra. Os momentos em que os dois conversam são regados de alfinetadas e ironias. 

    Toby e Ezra voltam a fazer parte do mesmo grupo, porém em meio a diversão graças aos Debates um segredo é revelado e acaba soando como uma granada no grupo de amigos. Amigos os quais são bem distintos e interessantes.

    Resolvido a consertar as coisas Ezra acaba numa situação complicada que vai nos deixar apreensivos e ansiosos.

    Vale ressaltar que Cooper é um cachorrinho que ao aparecer rouba a cena, muito por conta da imaginação de Ezra que condiz com as atitudes reais de quando conversamos com nossos bichinhos usando uma voz personalizada.

    Um curiosidade: originalmente o livro foi publicado como "Severed Heads, Broken Hearts" (Cabeças decepadas, corações partidos), posteriormente recebendo o título de "The Beginning of Everything" (O começo de tudo). 

    O título original é um tanto assustador e na minha opinião passaria a ideia de ser um livro de terror, portanto adorei a alteração no título, bem como a capa que ficou bem mais bonita (e olha que nem gosto de amarelo, hahaha).





    13 comentários :

    1. Parece bem interessante.
      Entrou pra lista.

      ResponderExcluir
    2. O garoto é muito negativo, sempre pensa que o pior pode acontecer, até que acontece realmente e, mesmo assim, se adaptando a nova vida, ele permanece com o pensamento que coisas piores podem acontecer novamente.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. O Ezra foi um personagem crível, tantas e quantas pessoas são assim na vida real?!

        Excluir
    3. Sempre vejo muita gente elogiando este livro, e fico curiosa para saber como Cassidy irá mudar o mundo do personagem. Parece ser uma estória cativante. :)

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Dani,
        A Cassidy é uma personagem que chama muita atenção.
        Gostei muito da trama, não esperava nada e foi muito além da expectativa.

        Excluir
    4. Capa original ficou mais bonita mesmo rsrs , essa capa me lembra a do livro Desde do primeiro instante , é um romance maravilhoso , eu me apaixonei por esse livro .
      Eu vi esse livro no por ai , não fiquei com interesse em ler , mas vendo uma resenha agora , gostei , é interessante sim . Vou ficar de olho rsrs .. ver se ganho ele rs

      ResponderExcluir
    5. Acho que as cores da capa podiam ser invertidas... prefiro azul... mas fora isso gostei mais da nossa e do nosso título.
      Bem, eu achei muito drama no início e temi que o personagem agisse como vítima, mas gostei de saber que não.
      Quero saber mais de Cooper, hehe...
      Eu fiquei curiosa... espero curtir.
      Gosto quando as estórias tem uns personagens nerds. Pra mim, geralmente funciona!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Edna,
        Tb não sou fã de amarelo, mas o importante é o conteúdo e este foi muito bom.
        Ri bastante, e suspirei com a fofura do Cooper.
        Estes nerds são mega interessantes. =)

        Excluir
    6. Oi Dani!
      Estou com esse livro aqui para ler desde janeiro, mas estava com medo de me decepcionar. Estava esperando uma história mais sem graça (eu e essa mania de julgar os livros - rs) e pelo que vi ele tem de tudo um pouco. Adoro dramas adolescentes e histórias que se passam enquanto eles ainda estão na escola.
      Não sei se consigo ler ainda nas férias, mas já vou adiantar na fila de leitura.
      Beijos

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Neyla,
        Não gostei desse livro pela capa e sinopse, mas acabei escolhendo ele para ler pq achei o menos mal da lista. Acabei me surpreendendo bastante, pq o Ezra é cativante e acompanhamos o amadurecimento dele, sem contar que os amigos são importantes e têm seu peso de destaque para render na trama.
        Boa leitura.

        Excluir
    7. A que é mais um desses de sessão da tarde. Sabe esses filmes que o cara é o popular, daí deixa de ser e se mistura com os nerds ? Já vi aos montes. Mas enfim, Ezra também teve um período sofrido coitado. E o bom é que isso o fez amadurecer e te cativar, como eu espero que cative a todos. JÁ fiquei apaixonada por Cooper, rss. E a doidinha da Cassidy? Deve ser o Maximo também.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Sim, o mote soa como sessão da tarde, mas é bem gostosinho de acompanhar.
        Os personagens cativam e quando menos esperamos está no fim.

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!