• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Dani: Roleta Russa, Jason Matthews - Arqueiro

    Roleta Russa
    Original: Red Sparrow
    Autor: Jason Matthews
    Editora Arqueiro
    Ano 2014
    432 páginas 
    Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de forma abrupta. Logo em seguida, mais um golpe: a morte inesperada do pai, seu melhor amigo. Desnorteada, Dominika cede à pressão do tio, vice-diretor do serviço secreto da Rússia, o SVR, e entra para a organização. Pouco tempo depois, é mandada à Escola de Pardais, um instituto onde homens e mulheres aprendem técnicas de sedução para fins de espionagem. Em seus primeiros meses como pardal, ela recebe uma importante missão: conquistar o americano Nathaniel Nash, um jovem agente da CIA, responsável por um dos mais influentes informantes russos que a agência já teve. O objetivo é fazê-lo revelar a identidade do traidor, que pertence ao alto escalão do SVR. Logo Dominika e Nate entram num duelo de inteligência e táticas operacionais, apimentado pela atração irresistível que sentem um pelo outro.
    http://www.skoob.com.br/livro/377325


    Oi, pessoal,

    Roleta Russa é um livro de espionagem que está ambientado nos dias de hoje (mais precisamente em 2012), com citações e cenas com a participação do presidente russo Vladimir Putin, o livro que para mim seria nota cinco, acabou deixando a desejar.

    Jason Matthews tem uma escrita concisa, bem detalhada e o fato de ter trabalhado na Cia ajudou para que a trama toda fosse permeada por detalhes acintosos, mas para uma leitora ávida por espionagem e ação, ele pecou por não apostar no segundo item.

    Dominika sonhava ser A bailarina no Bolshoi, mas uma invejosa detonou seu sonho, ela não deixou barato e se vingou com classe; ao sentir o gostinho da vitória pensou que seria útil ao país e determinada vai para a academia, deseja ser espiã, mas seu tio Vanya quer que ela seja um pardal e lhe usa sem piedade. A raiva de Dominika lhe impulsiona e com isso ela ganha os holofotes e uma missão importante: seduzir Nate Nash e descobrir quem é o espião russo que ele opera.

    Nate é teimoso e após um deslize é enviado para Helsinque, onde terá contato com Dominika, os dois ficam atraídos, porém um tem por meta operar o outro.

    Quem dará o braço a torcer? Nate ficará tão encantado a ponto de entregar a identidade de Marble ou Dominika terá um vislumbre de que não passa de um fantoche e mudará de lado?

    Os personagens centrais não me encantaram, apesar de gostar da Dominika enxergar a aura das pessoas, ela não tem o carisma necessário. Gostei muito de Marble e desconfiei logo de quem ele era. Os chefes de Nate em Helsinque também têm personalidades marcantes.

    Acredito que teria gostado da leitura se o autor tivesse ambientado a trama no passado e incluído ação. Não nego que ao terminar de ler fiquei pensando: o que Putin achou desse livro? Se é que ele teve interesse em ler e ver como foi retratado.

    Um livro bem detalhado com trama intrincada, um final que me arrancou algumas lágrimas, porém deixou uma resolução em aberto e me chateou. Fica a nosso critério imaginar uma certa escolha.

    Cada final de capítulo conta com uma mini receita sobre o prato citado naquele trecho.




    13 comentários :

    1. Oi, Dani
      Faz tempo que não leio um livro com espiões, principalmente envolvendo a Rússia. Que pena o livro não ter muita ação.
      Achei interessante a personagem principal conseguir enxergar aura das pessoas. Também achei legal as receitas no final de cada capítulo.
      Gostaria de ler.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Monica,
        Eu tenho fascínio por tramas que ocorrem na Rússia, meu erro foi imaginar que por ter espiões teria bastante ação. kkk
        Espero que você consiga conferir.
        Obrigada.

        Excluir
    2. Acho que agora é moda as histórias com finais em aberto, são tantos livros que terminam assim né? Mas a história em si parece ser muito boa. Adoro esses livros de espionagem, e o fato de o autor já ter trabalhado na CIA deve dar muita realidade em algumas informações. Outra coisa que achei interessante, foi o lance das receitas no final dos capítulos. Enfim, estou bem curiosa pra ler esse livro.

      Bjok

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Uma moda que não me agrada são finais abertos...
        Queria mais ação, mas também coloquei a expectativa lá em cima... kkk
        As receitas ficaram bem legais.

        Excluir
    3. Oi Dani,

      Eu nao sabia que James Matthews havia trabalhado na Cia, entao, ele tinha a faca e o queijo na mao para um livro repleto de ação, pena que deixou a desejar. Ou talvez, pel ofato de saber disso, esperamos demais do livro.
      Adorei as receitas no final dos capitulos, fez alguma ? rsss. Dominika, de bailaria a espiã, tudo haver, rss E sera que ela era mesmo fantoche ? Duvidas que vão ficar na minha cabeça.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Katia,
        Acredito que saber do histórico do autor nos faz esperar mais, ele mostra conhecimento sim, mas esperei mais movimento. kkk
        Não me aventurei em nenhuma das receitas.

        Excluir
    4. Eita, livro parece a menina da novela da nove, kkkk, desvenda pessoas de alto grau de importância e leva ela pra prisão kkk, adorei,,, quero ler!!!!

      ResponderExcluir
    5. Oi Dani!
      Menina, eu fiquei tentada a solicitar esse livro neste mês, mas acabei desistindo por que achei que não fosse me empolgar muito com a leitura.
      Uma pena vc não ter curtido tanto assim o livro. Eu detesto quando a resolução de uma história fica em aberto. Que raiva! Tenho vontade de jogar o livro na parede. rs
      Beijão

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Neyla,
        Se não esperar demais, ele deve ser perfeito, tem muita tecnicalidade, o autor conhece bem o território, mas eu esperei fogos, explosões, corridas.... tem muita intriga, mistério...
        E o final aberto me deixou bem tentada a agir como vc comentou. hahaha
        Obrigada.

        Excluir
    6. Já tinha visto o livro na saraiva , ate li a sinopse mais não gostei muito ,achei que seria um livro chato , porem uma amiga me ligou e me contou que estava lendo o livro e que estava amando , como temos os mesmos gostos eu decidi tentar , vou tentar ler e ver oque acho , ate porque eu posso amar ou ate odiar o livro e ter minha opinião , uma pena q o livro não tenha sido tudo oq vc esperava , mais isso acontece as vezes :/ , tomara que ele de certo comigo \o/ beijos!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Tati,
        Sim, os livros têm essa vantagem, uns gostam, outros não, mas precisamos ler para descobrir.
        Boa leitura.

        Excluir
    7. Ótima resenha. Eu estava até querendo ler este livro, mas mudei um pouco de ideia, por ter deixado a desejar no quesito de ação. O enredo é bem interessante, adoro estórias envolvendo espionagem e coisas deste tipo, mas acho que o livro funcionaria melhor se tivesse bastante ação nas cenas. Porém fiquei curiosa para saber qual dos personagens irá se dar o braço a torcer haha
      Não sei se leria por enquanto, mas acho que daria uma chance. :)
      beijos

      ResponderExcluir
    8. Parece legal. Mas não me cativou muito. Quero algo que mexa as minhas estruturas e me deixe eletrizada. rsrsrs Mais gostei de conhecer.
      Beijos.

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!