• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Neyla: Presságio, Leonardo Barros - Novo Século


    Título: Presságio - O Assassinato da Freira Nua

    Editora: Novo Século

    Autor (a): Leonardo Barros

    Número de páginas: 224 páginas

    Sinopse
    Alice tem 26 anos e, desde a adolescência, é atormentada por presságios. Desacreditada por psiquiatras, ela é considerada psicótica, até que uma de suas visões a possibilita desvendar um misterioso homicídio. A polícia atribui a autoria do crime ao Beato Judas, um assassino serial de freiras, mas a descrição do suspeito não se parece em nada com o homem que ela viu em sua premonição. Agora, Alice terá de correr contra o tempo para provar que não é louca e para evitar que o assassino faça uma nova vítima. Suspense, misticismo e sensualidade se misturam neste fantástico thriller policial que parece ter a capacidade sobrenatural de manter seus leitores alucinados da primeira à última página.


    Presságio é um livro que vem chamando minha atenção já há alguns meses. Uma história de mistério e com um toque sobrenatural, muito elogiada (até hoje não li uma resenha negativa), não tinha como não bater uma curiosidade. E eis que, na Bienal do Livro Bahia, tive o prazer de conhecer o autor Leonardo Barros (que é super simpático e bem humorado) e Ace comprou para mim Presságio - O Assassinato da Freira Nua. Comecei a ler no mesmo dia e ADOREI!

    O livro começa já com um crime: a irmã Bianca, freira e professora, é encontrada morta em seu quarto, estrangulada e com sinais de violência sexual. Durante a investigação, os indícios apontam para um suspeito porém outro caso semelhante acontece, causando uma reviravolta.

    O caso semelhante é o assassinato da jovem Vivian Montegart. A moça não é uma freira, mas estava com essa fantasia na festa de um amigo e é justamente nessa festa que ela é encontrada morta, nos mesmos moldes que a irmã Bianca. Não há pistas, nem evidências, nem sequer há testemunhas. Bom, testemunha há, mas a forma como ela presenciou o crime é, no mínimo, estranha.

    Alice tem um dom: ela consegue ter presságios, ver aquilo que está acontecendo. Porém, esses presságios acontecem quando ela está tendo orgasmos. Isso mesmo que você leu, é justamente nessa hora que ela consegue ter suas visões. Bizarro, não? Ela já se consultou com vários profissionais, mas nenhum a levou a sério. E como poderiam acreditar nisso, já que a ideia é extremamente absurda?

    Alice também foi à festa a fantasia onde Vivian Montergat foi assassinada. Ela, sua amiga Geórgia e Wálter (namorado de Geórgia) conheciam Vivian, que não era lá uma pessoa muito amável. Pivô do término do namoro de Alice, Vivian é uma mulher exuberante, que chama atenção pela beleza e sensualidade.

    No meio da festa, Alice que já está "mais pra lá do que pra cá" tem uma visão de Vivian e seu acompanhante em um dos quartos. Acompanhando tudo que estava acontecendo, ela vê quando o assassinato acontece, porém não consegue ver o rosto do agressor. Tudo que sabe é que ele é grande, forte e usava uma fantasia de diabo. 

    E quem, em sã consciência acreditaria nela? A polícia não lhe dá crédito, já que foi encontrado drogas em seus exames. Além do mais, como ela poderia provar a eles que suas visões são realmente verdadeiras? Alice começa então a buscar provas que a levem ao verdadeiro culpado da morte de Vivian Montergart. E, com isso, provar àqueles que duvidaram de seus presságios, que eles são realmente verdadeiros e não delírios de uma mente psicótica.

    O livro é maravilhoso e me prendeu do início ao fim. Quem acompanha o blog sabe o quanto sou fã de histórias policiais e essa me conquistou. Há humor, mistério, sensualidade, ação, todos os ingredientes que um bom livro tem que ter para conquistar leitores. A escrita de Leonardo é leve, sem muitos rodeios e descrições, algo que aprecio muito em livros. A leitura flui muito bem e não dá vontade de largar o livro uma horinha sequer. 

    Confesso a vocês que descobri o assassino logo no início, graças a uma dica que Leonardo me deu. Mas o final foi surpreendente! Descobrir a mente diabólica por trás do crime me deixou boquiaberta e tudo que pensava era em como o autor conseguiu pensar em uma trama tão genial!

    Se você é amante de thrillers, essa é uma leitura super recomendada. Empolgante do início ao fim, com uma trama muito bem moldada e um suspense que te prende até a última página, Presságio é um livro que você não pode deixar de ler.

                                                                                                                                                            

    Leonardo Barros é médico formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. É autor do romance erótico “Amor de Yoni” (publicado em 2008); do suspense policial “O Maníaco do Circo – e o menino que tinha medo de palhaços” (publicado na XIV Bienal do Livro Rio, em 2009); da comédia “Saúde, Beleza, Prosperidade e Riqueza” (publicação independente, 2010) e da comédia “Solteiro Em Trinta Dias - Receitas de sucesso de um ex-otário” (publicado em 2011).

    “Presságio – O assassinato da Freira Nua” é sua quinta ficção e seu segundo suspense policial.


    Para conhecer mais sobre Leonardo Barros e seus livros:

    Siga o Autor no Twitter: @LeoEscritor
    Adicione-o no Facebook: aqui.
    Siga a página do livro no Facebook: aqui
    Adicione o livro no Skoob: aqui
    Site Oficial do Autor: aqui

    1 comentários :

    1. Esse livro é do tarado das Freirinhas, rsss. Brincadeiras a parte, me pareceu muito bom. Um suspense policial. E a tal Alice, teve orgasmo no meio da festa ? pq entendi que ela só tinha visoes quando estava tendo um orgasmo. Gente que livro doido. Gostei da resenha.

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!