• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Leitura da Drica: Até Que Eu Morra, Amy Plum - Farol Literário

    Autor: Amy Pum

    Título Original: Unitl I die

    Revenants - Livro 2

    Tradutor: Martha Argel

    Ilustrador: Johanna Basford

    Editora: Farol Literário

    1a Edição / 2014

    432 Páginas

    Sinopse:

    Kate e Vincent estão finalmente juntos em Paris, a cidade das luzes e do amor. Mas esse amor carrega uma questão que não pode ser ignorada: como eles poderão permanecer juntos se Vincent não resistir a se sacrificar para salvar outros mortais? A promessa de levar uma vida normal com Kate significa deixar que pessoas inocentes morram? Quando um novo e inesperado inimigo se revela, Kate descobre que há muito mais coisas em risco... e que até mesmo a imortalidade de Vincent pode estar ameaçada.

     “Incrível, me admirei pela milésima vez, pensando naquele mundo paralelo em que eu havia entrado. A poucas quadras de distância, eu levava uma vida totalmente normal, com minha irmã e meus avós. E ali estava eu, metida em uma luta de espadas com gente morta, tudo bem, revenants, que não eram mortos de verdade. Desde que eu mudara para Paris, aquele era o único lugar onde sentia que me ajustava.”

    Olá, queridos,

    Até que eu morra foi um dos livros mais aguardados por mim para esse ano. Mas apesar de querer saber como seria esse caso de amor entre uma mortal e um revenant, estava receosa de que a Amy Plum não conseguisse escrever um livro tão bom quanto o primeiro e a história esfriasse. E adorei a surpresa!!! Até que eu morra consegue ser ainda melhor do que Morra por mim (leia a resenha aqui)!

    A história é retomada de onde parou no primeiro livro, com Kate levando sua vida dupla entre ser uma garota normal, que estuda e mora com os avós e a irmã mais velha e ser a namorada e amiga dos revenants de Paris.

    “Pobre do humano que encontra um revenant. Pois ele dançou com a morte, tendo ou se livrado dela ou sucumbido a seu abraço gelado.”

    Devido ao aparecimento dos numa, inimigos dos revenants, Jean-Baptiste requisita reforços e traz para La Mansion Violette de Montauban e Arthur Poincaré, os maiores especialistas em numa do mundo para ajudar.

    Violette se torna amiga de Kate e lhe ensina a linguagem das flores enquanto Kate a ajuda a se atualizar, já que Violette é bem velha e muito reclusa, e ir ao cinema passa a ser a grande diversão das duas. Já Arthur aparentemente se declara inimigo de Kate por não concordar que uma humana compartilhe dos segredos de sua espécie.

    Mas claro que a vida de Kate não poderia ser essa tranquilidade toda, não é? Após a promessa de tentar não morrer feita por Vincent, Kate vai a busca de uma solução para esse impasse entre os dois e começa a pesquisar sobre os revenants. Afinal, lidar com a morte não é nada fácil para alguém que perdeu os pais de uma forma trágica como ela. E tudo parece mais real após a morte de Philippe, marido humano de Geneviève, uma revenant. Como quem procura, acha, ela vai se deparar com muitas informações surpreendentes que estarão bem debaixo do seu nariz. Mas essa busca a colocará em risco e também às pessoas que ela ama.

    “- Kate, passei uma vida inteira esperando por você. Antes de encontra-la, eu não me interessava por ninguém fazia... bom, quase um século. Eu tinha a impressão de que meu coração tinha sido desligado para sempre. Eu já nem estava mais procurando ninguém. E quando eu menos esperava... sem qualquer esperança, de repente ali estava você...”

    Com novos personagens muito bem construídos e tendo os antigos evoluindo ao longo da história, Amy consegue prender a sua atenção do começo ao fim. Vincent continua apaixonante, um lord que toda mulher gostaria de ter ao lado, lindo, sensível, divertido, romântico e apaixonado, tinha mesmo que ser imortalizado! Mas é difícil não se enamorar pelos outros moradores de La Mansion, inclusive os novos. Como não se encantar pela aristocracia de Arthur, um escritor sob vários pseudônimos? 

    Amy também é responsável por intensificar a minha paixão por Paris, as descrições de paisagens e monumentos são impecáveis. É um verdadeiro passeio pela cultura e arquitetura da cidade, de museus a livrarias. Algumas vezes dá até para sentir o cheiro do café que a Kate bebe!

    Com uma capa ainda mais fantástica do que a primeira, revisão e diagramação impecáveis, a Farol está de parabéns por mais esse lançamento!

    Enquanto ela desvenda alguns dos mistérios que surgiram no livro 1, novas perguntas vem à tona levantadas pelo surgimento de um novo vilão e pelo conhecimento de uma profecia antiga, você termina o livro com uma ansiedade tremenda para ler o desfecho desse belo romance fantástico.

    "Era isso o que Vincent era para mim. Ele me dava contexto. Por mim mesma, era inteira, mas com ele era mais do que inteira".

    Série - Revenants

    1. Die for Me (2011) - Morra Por Mim

    2. Until I Die (2012) - Até Que Eu Morra

    3. If I Should Die (2013)



    Além desses três livros, a trilogia conta com um e-book paralelo que narra a história do Jules, um dos personagens secundários da saga.

    5 comentários :

    1. Gosto de saber que os revenants são uma mistura e eles são meio que um morto-vivo só não entendi uma coisa na outra resenha que eles morrem para salvar vida para que os que era pra morrer possa viver...tah mais eles que decidem ou são pego do nada e vira um revenants? o.O
      Gostei muito dessa resenha mi deixando com mais vontade ainda de ler tem tudo para ser uma historia incrível. *-*
      Mih *-*

      ResponderExcluir
    2. Pelo visto a autora não perdeu a mão com a continuação, e a leitura deve seguir firme para o final.
      A capa continua linda. O BT eu ainda não tinha visto. Gostei.
      Bjs, Rose.

      ResponderExcluir
    3. Amo livros sobrenaturais, imagina uma vida totalmente normal e de repente estar no meio de uma guerra entre mortos!
      Isto é que é vida cheia de reações e emoções!

      ResponderExcluir
    4. Parece que se complicou mais a situação. Por Vicent ser bom e querer salvar as pessoas, mas com riscos. E que ótimo que o segundo foi melhor, as expectativas ficam cumpridas. Espero que o terceiro seja ótimo e tu goste. Vi que aparece mais personagens e esses outros homens que parecem encantadores. E também, parece que conseguimos sentir os movimentos dos personagens em nós. Algo bem legal da parte escrita. O booktrailer é bem legal e criativo, as pessoas com plaquinhas e tudo mais =D
      Abraços Adriana,
      ThayQ.

      ResponderExcluir
    5. Uauuu, Adriana, esse livro parece ser ainda mais eletrizante que o primeiro,heim? Se já estava cheio de vontade de ler, agora triplicou.
      Novos personagens? Huum, gostei! Adoro quando mais pessoas são somadas à trama e fica ainda melhor quando os demais se mostram mais maduros.
      A capa, realmente, é um arraso! Acho que é uma das coisas que mais chama atenção. Espero que a editora mantenha o padrão na próxima capa. \o/
      Abraços

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!