• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Lendo com a Dani: O invisível, Mats Wahl - Butterfly

    O invisível

    The Invisible

    Autor: Mats Wahl

    Editora Butterfly

    Ano 2008

    232 páginas
    Um fenômeno inexplicável aconteceu com Hilmer Eriksson. De repente, ele ficou invisível! Ninguém consegue enxergá-lo! Na sala de aula, seus colegas não notam sua presença. Hilmer escuta as conversas, movimenta-se entre as pessoas, mas elas não percebem que ele está no ambiente... O detetive Harald Fors está à sua procura; Hilmer foi considerado desaparecido! Aproveitando-se de sua invisibilidade, o jovem resolve desvendar o mistério na companhia do policial. Fors suspeita que a cruz suástica, símbolo de triste recordação - a qual mãos anônimas grafitaram em alguns lugares -, tem relação com o sumiço de Hilmer, que não agüenta mais viver sem ser notado...

    O invisível


    O invisível foi aquisição minha na Bienal, demorei a ler e me arrependi.

    Harald Fors é um detetive certinho, piedoso e que acaba colocando-se no lugar da família da vítima. Neste caso, o jovem Hilmer.

    O livro começa com Hilmer seguindo sua rotina normal, até que num ataque de coragem ele lança uma resposta malcriada para o valentão da classe e não obtém resposta alguma, fica encucado, mas a preocupação bate quando um detetive entra perguntando por ele.

    Hilmer decide acompanhar Fors em busca de respostas, por que ninguém lhe enxerga? Estará morto? 

    A medida que o detetive avança nas investigações segredos vão surgindo e percebemos que em qualquer lugar existem pessoas que preferem abafar certos casos para não atrapalhar o crescimento da cidade.

    O desaparecimento de Hilmer teria ligação com as suásticas que aparecem de vez em quando? Seguir esta pista será como mexer num vespeiro, mas Harald não se intimida.

    O autor consegue conduzir a trama tão bem que me senti ao lado de Harald e Hilmer, ora tão confusa quanto eles, ora tentando encaixar as peças que surgem aos poucos e completam o quebra cabeças.

    Adoro esses detetives que não baixam a cabeça diante dos superiores, só param quando resolvem o caso.

    O livro trata de bullyng, aborda um pouco sobre os skinheads e seu teor espírita é tão suave que pode ser confundido e classificado como um livro sobrenatural.

    Os personagens são bem trabalhados e suas características específicas nos deixam torcendo por uns e querendo bater em outros. O cenário é tão bem descrito que conseguimos sentir a brisa, o frio, o autor foi bem realista nos detalhes.

    O final foi muito fofo e me fez derramar uma lágrima de contentamento.

    Recomendo muito a leitura. 

    Ps: O livro faz parte de uma série de  quatro livros, porém apenas um foi lançado no Brasil. =/ Acredito que sejam livros independentes e não sequências, pois este foi bem concluído, não há pontas soltas, podem ler sem medo.

    Série Detetive Fors:

    1. O invisível (The Invisible)
    2. Kaltes Schweigen: Ein Neuer Fall Fu¨r Kommissar Fors
    3. Kill
    4. Die Rache



    0 comentários :

    Postar um comentário

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!