• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Leitura da Drica: A Ilha dos Dissidentes - Vol. 1 - Coleção Trilogia Anômalos, Bárbara Morais - Gutenberg

    Título: A Ilha dos Dissidentes - Vol. 1

    Coleção Trilogia Anômalos

    Páginas: 306


    Edição:  1ª

    Editora Gutenberg

    Ano: 2013

    Sinopse:

    SER LEVADA PARA uma cidade especial não estava nos planos de Sybil. Tudo o que ela mais queria era sair de Kali, zona paupérrima da guerra entre a União e o Império do Sol, e não precisar entrar para o exército. Mas ela nunca imaginou que pudesse ser um dos anômalos, um grupo especial de pessoas com mutações genéticas que os fazia ter habilidades sobre-humanas inacreditáveis. Como única sobrevivente de um naufrágio, ela agora irá se juntar a uma família adotiva na maior cidade de mutantes do continente e precisará se adaptar a uma nova realidade. E logo aprenderá que ser diferente pode ser ainda mais difícil que viver em um mundo em guerra.

    Oi, gente,

    Hoje vamos falar de mais uma distopia. Se você leu a sinopse pode estar se perguntando se estamos falando de um nosso grupo de X-men, mas advirto: não, não é isso! Mas é muito legal também!!!

    Vamos conhecer Sybil Varuna, adolescente, moradora de Kali, província palco de uma guerra entre a União e o Império do Sol que já dura trezentos anos. É criada como órfã e para fugir do exército por temer a guerra, se oferece como refugiada para viver no continente Pacífico. Mas não é todo dia que temos uma única sobrevivente em um naufrágio com 3.500. Isso torna Sybil uma pessoa incomum, ou seja, uma anômala, assim ela será adotada por uma família em Pandora, onde todos são anômalos.

    Em Pandora, Sybil será acolhida por sua nova família: Rubi, sua nova mãe, Dimitri, como um pai, e Tomás, o seu pequeno irmãozinho. O poder ou mutação de Sybil é a capacidade de sobreviver embaixo da água e suportar temperaturas baixíssimas dentro dela. Mas nem tudo são flores: os anômalos vivem isolados em sua própria cidade e são obrigados a usar roupas amarelas para se destacarem quando estão em outros locais. Para levar uma vida normal, Sybil passa a frequentar a escola, onde ela fará grandes amigos e aprenderá a controlar os seus poderes.

    Aparentemente tudo perfeito! Sybil pode até ter o prazer de saborear uma pizza com a sua nova família, privilégio que nunca tinha tido antes. Mas as coisas começam a mudar quando ela é admitida em uma nova matéria na escola: TecEsp. Desejada por muitos, temida por todos, mas ela é a escolhida para frequentar as misteriosas aulas. Ela terá a companhia de seus amigos Leon e Andrei. Os três mais uma nova colega chamada Ava, serão escolhidos para uma missão secreta do governo por terem se destacado em algumas tarefas realizadas durante as aulas. Equipados como espiões e utilizado as suas habilidades especiais, serão levados a um território inimigo em busca de alguns documentos secretos. O que para todos é uma honra, se mostra com uma missão extremamente arriscada. E é aí que a verdadeira ação começa! E te desafio a largar o livro a partir desse ponto!

    Conspirações políticas, laços afetivos mais fortes, cenas de ação que não deixarão você fechar o livro antes de terminar,  reviravoltas de tirar o fôlego!  Muitos segredos serão revelados, mas não totalmente, o que deixa um grande gancho para a continuação no livro 2. Ah, e claro que tinha que te ruma pitadinha de romance, não é?

    “Segredos nunca me deixam confortáveis porque sempre há alguém que quer tirá-los de você.”

    Me interessei por A ilha dos dissidentes por causa da sua sinopse, mas reconheço que me surpreendi quando recebi o livro da Editora Gutenberg e vi que a autora era uma brasileira. Realmente não conhecia nenhum autor brasileiro que escrevesse distopias e esse foi mais um dos motivos que me fez literalmente devorar o livro. A Bárbara tem uma escrita consistente, linear e, sem deixar pontas soltas, te deixa ansioso para ler o próximo livro e desvendar os mistérios que ela plantou ao longo da história. Muito bom mesmo ver como a literatura brasileira e seus autores não deixam nada a desejar para os estrangeiros!!!


    A Gutenberg está de parabéns!!1 Bela capa, diagramação impecável com folhas amareladas, alguns pequenos erros de revisão que não comprometem em nada o entendimento da história ou a qualidade do livro. Obra nacional de extrema qualidade, trama original, com temas atuais e interessantíssimos e com uma boa dose de mistério!!! Vale muito à pena ser lido!!!

    12 comentários :

    1. Mais uma das trilogias ou séries que eu ainda não conheço. Eu me surpreendi também quando na época vi que era de uma brasileira, o que aumentou meu desejo de ler.
      Bjs, Rose.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Rose, por enquanto são só dois livros. Vale à pena ler!

        Excluir
    2. Fiquei interessada pela história, ela tem uma pegada de x-men com distopia. Parece ser muito divertido. E, o melhor de tudo, é de uma autora brasileira.
      2surrealistas.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    3. Oi, tudo bom?
      Eu estou mega curiosa para ler esse livro, todo mundo esta falando muito bem, e o gênero dele é demais, estou lendo minha primeira distopia, amei a resenha.
      Beijos *-*

      ResponderExcluir
    4. Que bom que esta nova série seja emocionante assim. Não li ainda, mais fico feliz em saber que é empolgante como você diz. Espero conseguir ler logo e assim poderei dar segmento aos outros livros que virão. Empolgadíssima depois da resenha. Beijos.

      ResponderExcluir
    5. Quando descobrir que era de uma escritora brasileira fiquei muito feliz. Nem sei porque achei que não era rs.
      Sua resenha me deixou bem curiosa, pois nunca tive vontade de ler o livro, mas sabendo que ela esta recheada de emoções acho que darei uma chance ao livro.

      Beijos
      www.amorliterario.com

      ResponderExcluir
    6. Eu gosto de distopias, mas essa entrou para a minha lista de desejados urgentemente, porque eu amo a literatura brasileira e por se tratar de distopias, eu também fiquei super animada quando fiquei sabendo de suas origens...

      Abçs :)

      ResponderExcluir
    7. Dri *.*
      Jura que é de autora brasileira? Eu já tinha ouvido falar do livro, mas não tinha prestado atenção nesse grande detalhe, e como você disse, nunca vi nenhuma distopia de autores brasileiros!
      Comecei a ler distopias a pouco tempo, e o problema é que sempre que vejo uma quase nunca me interesso logo de cara .. Eu precisei ler umas três resenhas desse livro pra começar a gostar ! O enredo é muito interessante, e acho que foge um pouco das distopias que eu andei lendo. Não vejo a hora de iniciar a leitura, e imagino que vá ser uma trilogia, é esperar pra ver ..
      Beijos :*

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!