• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Leitura da Drica: O menino da mala, Lene Kaaberbol e Agnete Friis - Arqueiro

    Título: O menino da mala

    Autoras: Lene Kaaberbol e Agnete Friis

    Gênero: Suspense

    Editora: Arqueiro

    Páginas: 320

    Publicação: 2013




    Sinopse:
    'Você adora salvar as pessoas, não é? Bem, aqui está a sua chance'. Mesmo sem entender o que sua amiga Karin quer dizer com isso, Nina atende seu pedido e vai até a estação ferroviária de Copenhague buscar uma mala no guarda-volumes. Dentro, encontra um menino de 3 anos nu e dopado, mas vivo. Chocada, Nina mal tem tempo de pensar no que fazer, pois um brutamontes furioso aparece atrás do garoto. Será que ela está diante de um caso de tráfico de crianças? Sem saber se deve confiar na polícia, ela foge com o menino e vai à procura de Karin, a única que pode esclarecer aquele absurdo. Quando descobre que a amiga foi brutalmente assassinada, Nina se dá conta de que sua vida está ameaçada e que o garoto também precisa ser salvo. Mas, para isso, é necessário descobrir quem ele é, de onde veio e por que está sendo caçado.

    Leia aqui um trecho aqui.

    “Fãs de romances policiais, comemorem: há algo de podre no reino da Dinamarca. Mas não tenham medo, pois a enfermeira Nina Borg está no caso, em uma trama alucinante.” 
    New York Post

    “Agora já tinha idade para pecar. A palavra esfuziava em sua cabeça, exalando o sulfúrico cheiro da culpa, a pestilência das almas perdidas. Mas acima de tudo o pecado era interessante.”

    O Menino da Mala é o primeiro livro das autoras Lene Kaaberbøl e Agnete Friis que terá a enfermeira Nina Borg como protagonista e heroína. Nina é enfermeira da Cruz Vermelha na Dinamarca e tem uma marca registrada que muitas vezes não dá para dizer se é defeito ou qualidade: Nina está sempre salvando a vida de alguém pois ela cuida de imigrantes ilegais, nem que para isso ela tenha que arriscar a sua própria vida, seu casamento e o relacionamento com os filhos.

    Mas tudo começa a piorar quando Karin, amiga de Nina, pede que ela retire uma mala no guarda volumes da estação de Copenhague. Apesar de estranhar o pedido, Nina vai em busca da mala e qual não é a sua surpresa ao descobrir que há um menino sem roupas e dopado dentro da mala.

    Sem saber a origem da criança ou o porquê dele estar nessa situação, Nina decide protegê-lo e teme entrar em contato com a polícia. Sem saber para onde ir, a borde de seu carro, Nina e o menino viverão muitas aventuras até o final do livro.

    Vamos conhecer também Sigita, mãe solteira do pequeno Mikas que, em um dia normal acorda em um hospital sem ter noção do que aconteceu e nem de quem possa estar com o seu filho. Hostilizada pelas enfermeiras e desacreditada pela polícia por ter sido encontrada com alto teor alcoólico no sangue, Sigita inicia uma busca desesperada pelo seu filho.

    As histórias são contadas do ponto de vista de cada personagem, nos ajudando a entender os motivos de cada um e o seu real papel na história. Adoro isso!!! O livro possui muitos personagens que se cruzam em suas histórias de maneira muito lógica, ligando todos os pontos.

    Adorei a novidade da localização da história, acredito ser a primeira vez em que leio uma história que se passa em Zurique, Lituânia, Dinamarca o que traz um quê a mais para a história por proporcionar a descoberta de novos ambientes influenciados por culturas diferentes.

    Com personagens muito bem construídos, com características bem marcadas inclusive no jeito de se expressar de cada um, o que faz com que o leitor seja capaz de traçar um perfil de quem está falando em cada momento. O livro é um thriller que mostra os dois lados da sociedade de um país desenvolvido: milionários que acreditam que o seu dinheiro pode comprar tudo e pessoas menos abastadas que se refugiam nesses países procurando uma vida menos sofrida, mas que são humilhadas e subjugadas. Assim o livro vai tratar de temas como a imigração ilegal, a violência contra a mulher e crianças, o tráfico de crianças, prostituição e o descaso de sociedade e polícia diante de temas tão urgentes. Uma narrativa fluida que vai desvendando segredos, respondendo e criando novas perguntas a cada capítulo, fazendo com que você não consiga largar o livro até o seu desfecho.

    Recomendo muito!!!!

    Série Nina Borg

    1- O Menino da Mala (2013);

    2- Morte Invisível (2015);

    3- Death of a Nightingale (disponível em inglês).





    9 comentários :

    1. Não conhecia esse livro até ver essa resenha! Adorei o livro por se tratar de suspense, um dos meus gêneros favoritos, que deixa o leitor louco para ler! Gostei também por conter mais de um ponto de vista, pois deixa o livro mais dinâmico para lê-lo. Além disso, o que mais me chamou atenção foi o livro tratar de alguns temas importantes, como violência contra mulher, o tráfico de criança e a prostituição!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. O livro é muito bem escrito e completo. Tem um jeitão de filme.

        Excluir
    2. Adriana!
      Desde o lançamento desse livro há uns dois anos que tenho a maior vontade de ler. Primeiro o que me chamou a atenção foi a capa, belíssima e depois, o fato de um menino estar dopado dentro de uma mala... O que tem por trás da história dele? Como ele foi parar lá? etc...
      O fato de ter como pano de fundo países diferenciados dos que costumamos ler, é um plus, assim como os assuntos complicados abordados.
      Deve ser uma leitura maravilhosa.
      cheirinhos
      Rudy

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Foi uma leitura extremamente prazerosa, Rudy. E o segredo é muito legal tb!

        Excluir
    3. Achei a historia comovente, triste e ao mesmo tempo linda. O fato dela pegar o garoto e ficar com ele.
      Triste a outra historia, do filho desaparecido.

      Fiquei curiosa pra ler e acompanhar tudo desde o começo.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. É muito legal ver como as histórias se cruzam e como tem um belo desfecho. Vale à pena a leitura, Thamires!

        Excluir
    4. Acho legal tratar esse descaso da polícia, políticos e etc com esses temas, são coisas bem fortes que acontecem muito e as pessoas que poderiam fazer alguma coisa infelizmente não ligam em ajudar. A história parece ser excelente.

      beijos
      Conheça meu blog ;D Pobre Leitora

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Sim, um dos focos do livro é nesse assunto q parece banalizado no mundo todo, Nat.

        Excluir
    5. Ola nossa essa historia deve ser incriveel,amooo esse suspense que o livro tras,o leitor deve ficar roendos as unhas a cada pagina, tbm amoo thriller é bem empolgante rsrsrs ameei a resenhaaaa o livro ja entrou para minha lista de desejadoos.. bjos

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!