• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Vic: Vaclav e Lena, Haley Tanner - Intrínseca

    Título: Vaclav e Lena

    Auto(a): Haley Tanner

    Editora: Intrínseca

    Ano: 2012

    Páginas: 272

    Nota: 3,5/5

    Sinopse: Vaclav & Lena - Vaclav e Lena parecem destinados um ao outro. Eles se encontram pela primeira vez aos 6 anos, numa aula de inglês para imigrantes em Brighton Beach, no Brooklyn. Vaclav é precoce e falante. Lena, com dificuldade no idioma, refugia-se na segurança de sua adoração por ele. Ele imagina a história dos dois se desenrolando como em um conto de fadas. No entanto, uma das muitas verdades a serem descobertas nessa extraordinária obra de estreia de Haley Tanner é que "felizes para sempre" nunca é um desfecho garantido. Um dia, Lena não vai à escola. Desaparece da vida de Vaclav e da família dele como num cruel truque de mágica. Durante os sete anos seguintes, Vaclav deseja boa-noite a Lena todos os dias, perguntando-se se ela faz o mesmo onde quer que esteja. No dia do aniversário de 17 anos de Lena, ele finalmente descobre o que aconteceu. Haley Tanner tem a originalidade e a verve de uma contadora de histórias nata, e também a ousadia de imaginar um mundo em que o amor pode superar as circunstâncias mais difíceis. Em Vaclav & Lena, a autora dá vida a dois inesquecíveis jovens protagonistas que evocam a alegria, a perplexidade e a paixão de se ter uma profunda e duradoura ligação com outra pessoa.

    Vaclav e Lena é mais um dos livros clichês adoráveis, que retrata um amor de infância, que vai crescendo no decorrer dos anos.

    O livro se inicia com Vaclav e Lena, ambos com nove anos, desde o seu primeiro encontro, até a vida adolescente deles. Eles são russos mas imigraram para os Estados Unidos.

    Enquanto Lena tem uma dificuldade enorme com o inglês, apesar de ter sido deixada na América desde bebê sob os cuidados da tia, Vaclav lida bem melhor com isso, ensinando muitas coisas para ela se "enturmar" com os americanos.

    O livro é dividido em três partes: Juntos, Separados: Vaclav, Separados: Lena e Juntos outra vez. Confesso que o inicio do livro é extremamente parado. Não consegui entender o Vaclav, a obsessão dele por mágica e pela Lena. Outra coisa é a forma que a Lena descreve a Raisa, mãe do Vaclav. Ela descrevia como uma pessoa grossa, nojenta, e enjoativa. Ao contrário das ações dela, que mostravam que ela considerava Lena como uma filha.  Eu gostei bastante da personagem, e é uma das pessoas mais admiráveis do livro.

    O livro dá uma avançada na parte Separados: Lena, porque até então não sabemos nada o que aconteceu com ela, e a sua narrativa é bem esclarecedora. A curiosidade da Lena em saber mais do seu passado instiga o leitor a devorar as páginas. E em Juntos outra vez sabemos de toda a verdade, é surpreendente e nada infantil como inicia o livro.

    É uma pena que bem mais que a metade do livro é narrado pelo Vaclav, a narrativa da Lena é inteligente e engraçada. E assumo, bem mais interessante. Se fosse só narrado por ela, ah... com certeza ganharia cinco estrelinhas bem fácil.

    Creio que muitos irão amar, adorar, odiar... ou até mesmo ficar no meio termo como eu fiquei. Ou como dizem, uma relação de amor e ódio rs.

    A capa não diz nada da história, mas é linda. Só não gostei do material, que tem uma facilidade para danificar. A diagramação da Intrínseca está impecável e segue o modelo dos livros da editora.

    Essas são as outras capas, achei a segunda muito linda. 




    Até a próxima!

    Beijos, 





    0 comentários :

    Postar um comentário

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!