• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Lendo com a Dani: Espíritos de Gelo, Raphael Draccon - LeYa

     Um homem acorda acorrentado numa sala de tortura sem se lembrar de nada.

     Um baixinho com uma camiseta do Black Sabbath o interroga, enquanto os capangas - "dois sujeitos vestidos com roupas de couro apertadas, compradas em algum sex shop de baixa qualidade para simular o mais próximo possível de um clube sadomasoquista" - o auxiliam. Eles querem que o homem conte o que aconteceu - detalhadamente - antes de chegar até ali. Querem que ele explique como foi parar dentro de uma banheira cheia de gelo.


     O problema é que seu inconsciente está bloqueando essas informações por causa de um trauma.


     Numa narrativa emocionante e misteriosa, Raphael Draccon conduz o leitor ao universo desse homem acorrentado pelos próprios erros e dramas. Sexo, magia e vingança se misturam para criar uma trama surpreendente. 



    Espíritos de Gelo

    Autor: Raphael Draccon

    Editora LeYA (2013)

    176 páginas


    Primeiro contato com a escrita do autor e só posso dizer: ele merece o sucesso que tem.

    O começo pode nos deixar um tanto desorientados, tal qual o personagem central, mas passamos dessa sensação para o choque diante da realidade, as cenas de tortura são bem descritas e para quem tem uma boa imaginação são bem dolorosas. 

    O que me fez gostar do rapaz foi seu humor, ele está ali acorrentado, levando porrada e não perde a chance de fazer graça.

    A medida que ele apanha e que a conversa repleta de citações seja musicais, nerds ou cinematográficas prossegue, vamos refazendo as últimas semanas dele até que lembre o que o levou até ali.

    O que mais gostei nessa trama foi a sensação de realidade. O final foi para lá de interessante e me fez sorrir com a jogada do autor.

    Espíritos de Gelo está repleto de gírias, palavrões e cenas que podem fazer alguns corarem, mas não deixe que estes itens afastem você desse livro, pois ele é mais do que recomendado.

    Afinal quem vai conseguir conter a curiosidade sobre o que levou a tanta tortura? Eu não consegui. Precisei ler tudo o mais rápido possível.

    Raphael Draccon sabe como usar as palavras e nos prender até o ponto final.

    A questão da seita foi interessante e nos faz refletir: até onde vamos para manter um relacionamento? Podemos nos adaptar e aceitar sem questionamentos?

    E o mais importante: Para cada ação, haverá uma reação.  E só lendo para vocês descobrirem que ação levou a este resultado para lá de assustador.





    21 comentários :

    1. Primeiramente, gostaria de dizer que achei a capa do lindo ótima para o livro, principalmente por conter esse sangue escorregando! Esse livro é curto, porém parece conter um conteúdo surpreendente, fazendo com que o leitor o ame. Eu quero esse livro ¬¬'

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Luis Carlos,
        O livro é curtinho, mas não se deixe enganar: é completo e surpreendente.
        Essa capa me dá nos nervos... hahaha
        Obrigada. =)

        Excluir
    2. Oi Dani,
      Confesso que abri a resenha e pensei que era algo do Vianco...porque só fi o sangue e a mão....kkkk....mas gostei do estilo e eu curto ler livros assim, então fiquei bem interessada, vai que o Raphael me ganha como leitora através dele. Obrigada pela dica e pela ótima resenha.

      Beijos Elis
      http://amagiareal.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Elis,
        Ah sim, bate bem com as capas do Vianco. O estilo do Draccon é bem liberal, pensei que me incomodaria, mas foi bom dar uma mudada nos livros com linguagem certinha.
        E a trama me conquistou.
        Obg

        Excluir
    3. Nunca tinha ouvido falar do livro , mais confesso que fiquei bem interessada , raramente acho livros assim que mesmo o protagonista apanhando seja engraçado , concerteza vou ler ! adorei sua resenha , e essa capa me da medo huehuehue !

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá Raquel,
        Bom, estar sendo surrado e manter o humor é algo engraçado de imaginar e tão puco provável que deve ser por isso um recurso pouco utilizado, mas adorei esse toque.
        Ah essa capa tb me dá medo.
        Obg

        Excluir
    4. Hello, tudo bem?
      É esse livro do autor que eu quero ler, quero que meu primeiro contato seja com esse livro, que bom que você gostou do livro, assim que for possível irei ler ele.
      Beijos *-*

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Hey Camila,
        Quero ler todos os livros do Draccon, mas por enquanto só pude ler este e como era o que mais tinha vontade aproveitei a chance sem pestanejar.
        Espero que leia e goste também.
        Obg

        Excluir
    5. Oie! Tudo bem?

      Eu comprei esse livro pro meu amigo e até hoje me arrependo de não ter lido antes de dar a ele, haha!

      Adorei sua resenha e fiquei curioso para ler e conhecer a história desse homem acorrentado! *-* Na boa, os livros do Draccon, sem exceção, são muitooo interessantes! :3

      Bjs!

      Jhonatan | Leitura Silenciosa
      PARTICIPE DO NOSSO TOP COMENTARISTA E CONCORRA A DOIS LIVROS INCRÍVEIS!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Jhonatan,
        Esse foi o primeiro e até o momento único livro que li do autor. Pretendo ler Dragões de Éter quando possível.
        Gostei bastante, causou uma primeira impressão para lá de favorável. Uma pena que você não tenha dado uma lida.
        Obg

        Excluir
    6. Oi Dani, não conhecia o livro e já estou aqui me roendo de curiosidade. Colocando agora na minha lista.
      Bjs, Rose

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Rose,
        Sempre paquerei esse livro nas promoções, quando tive chance aproveitei. =)
        Gostei muito mesmo. =)
        Obg

        Excluir
    7. Já eu achei o livro ruim e não tenho medo de dizer.
      Draccon peca no excesso de referências ao tentar fazer com que as coisas pareçam naturais, são marcas, jogos de vídeo-game, quadrinhos. E nem todas são fáceis de se entender.
      A violência, sexualidade exacerbada, e humor ácido podem até fazer a trama parecer madura, mas ao meu ver estão no texto apenas para impressionar e tentar impactar. Não são poucas as pessoas que conheço que abandonaram a leitura desse livro.
      Sinceramente acho esse o pior dos livros dele, e acredite, já li todos.

      Saudações,
      Ace Barros
      Capitão do drakkar Interlúdio, navegando pelo Multiverso X
      multiversox.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Ace,
        Bom saber que você não teme expressar sua opinião. Afirmo o mesmo sobre mim. Minhas resenhas são sinceras independente de haver parceria com a editora/autor. E no caso deste não há ligação alguma. Elogiei porque adorei o livro do começo ao fim.
        Que bom você ter tido oportunidade de ler todos os livros do autor, um dia espero ter a mesma oportunidade.

        Felizmente um livro pode atingir os leitores de maneiras diferentes.

        Recentemente descobri que acho os livros do Coben surpreendentes e ágeis, minha amiga em contrapartida os acha maçante.

        O importante é que minha opinião não é lei. E não bajulo ninguém.

        Grata por compartilhar sua opinião conosco.

        Excluir
    8. Nossa, pela capa eu nunca leria...kkkk

      Preciso ler algo do autor, acho que até tenho algo aqui, mas acabei não lendo ainda...

      Sabe que fiquei surpresa com você à primeira vista?? Pensei que esse teria sido seu primeiro livro de terror...

      beijos,


      ou se preferir pode considerar aquela outra assinatura criativa...kkk

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Essa capa soa como um baita terror, né? Mas nisso ela engana, apesar de ter sim sangue na história. kkk
        Ah, terror ainda, não... nem sonho com isso. =P
        Obrigada.
        Ah realmente sua nova sign é bem criativa.

        Excluir
    9. Pela curiosidade eu bem que o leria ... Mas imagina eu acordando no meio da noite e esse livro na cabeceira da cama .. eu morro com uma parada cardíaca de tanto medo rsrsrs

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Ah Graziela, nem é tão assustador assim... haha, brincadeira, essa capa realmente dá um medinho.
        Leia sim pode ser do seu agrado.
        Obg

        Excluir
    10. Dani!
      Os livros do Dracon são assim: fortes, intensos e aqui no caso, até cruel, mas é como falou, sempre atrai nossa curiosidade.
      Acredito que o livro seja ótimo.
      Cheirinhos
      Rudy
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Rudy,
        Ainda preciso ler os outros, o que mais quero é Fios de Prata. =) Bom saber que a escrita dele se mantém.
        Obg.

        Excluir
    11. Oi!
      O livro me pareceu legal mais não gosto muito desse gênero mais pra quem gosta parece uma boa leitura !!!

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!