• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Leituras da Drica: Caixa de Pássaros, Josh Malerman - Intrínseca

    Caixa de Pássaros

    Título Original: Bird Box

    Autor: Josh Malerman

    Editora: Intrínseca

    Páginas: 272

    Gênero: Literatura Estrangeira /Thriller Psicológico



    Sinopse:
    Caixa de pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.

    Leia aqui um trecho.

    Confesso que esse é o primeiro livro que já começo a ler com medo. Apesar de não gostar dessa sensação não pude resistir à leitura de Caixa de Pássaros, tudo por causa da Turnê Intrínseca, que me deixou curiosíssima para lê-lo.

    Caixa de Pássaros vai contar uma história inusitada vivenciada principalmente pela protagonista Malorie. Jovem comum que mora com sua irmã e estar grávida em um momento nada apropriado. Afinal, em vários pontos do planeta, inclusive na cidade onde seus pais vivem, as pessoas estão perdendo a sanidade e se suicidando ou cometendo assassinatos cruéis. A mídia dissemina a ideia de que tudo isso está sendo causado por causa de algo terrível que essas pessoas viram. Shannon, irmã de Malorie, está desesperada. Mas Malorie só passa a acreditar no perigo que está correndo quando encontra Shannon morta na banheira.

    Na tentativa de se proteger, as pessoas passam a vendar os olhos ou tampá-los com as mãos e vedar janelas. Afinal, do que as pessoas têm medo? O que elas não devem ver? Como se proteger do que não conhece?

    “O homem é a criatura que ele teme.”

    Sozinha e grávida, Malorie encontra um anúncio no jornal oferecendo abrigo. Mesmo sem saber o que a aguarda, ela vai apostar em o que talvez seja sua única chance de sobreviver, e é recebida por um grupo de cinco sobreviventes que possuem comida enlatada, um poço com água e uma casa segura.

    “... Faz anos que a única coisa que você pode ver são os rostos dos outros moradores da casa e o dos seus filhos. As mesmas cores. As mesmas cores. As mesmas cores há anos. ANOS. Está preparada? E o que mais assusta você? As criaturas ou você mesma, quando as lembranças de um milhão de cores e imagens inundarem a sua mente? O que mais assusta você?”

    Difícil acreditar que é apenas a obra de estreia de Josh Malerman. Caixa de pássaros é surpreendente. Narrado em terceira pessoa, o que nos dá uma visão detalhada de todos os acontecimentos que são contados de maneira não-linear, alternando passado e presente com verdadeira maestria, ditando o ritmo sempre constante e tenso da narrativa.

    Personagens muito bem construídos. Cada um com a sua verdade, suas crenças e motivações para lutar por sua vida. Difícil não se pegar torcendo para que tudo acabe bem. Destaque para os cães da história que foram verdadeiros heróis.

    Desespero, loucura, medo, luta pela sobrevivência são os pontos marcantes dessa história.

    Apenas lamento que o Josh não tenha dado um final definitivo para a história. A não ser que isso tenha sido apenas um motivo para uma continuação. Será?!







    0 comentários :

    Postar um comentário

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!