• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • À Convite: Neyla Suzart - Muito Além do Tempo, Alexandra Monir

    Uma tragédia atinge a família de Michele Windsor, e ela é forçada a morar com os avós que nunca conheceu. Em sua mansão histórica em Nova York, repleta de segredos de família, Michele encontra um diário que tem o incrível poder de fazê-la retroceder no tempo, até o ano em que foi escrito, 1910. Lá Michele encontra o rapaz que ela viu em sonhos durante toda sua vida. Em pouco tempo, ela se vê apaixonada por ele. Quando se dá conta, Michele está vivendo uma vida dupla, lutando para conciliar seu mundo de estudante com suas viagens ao passado. Mas, quando se depara com uma descoberta terrível, ela é lançada numa corrida contra o tempo para salvar o homem que ama, e empreender uma busca que determinará o destino dos dois.
    Título: Muito Além do Tempo
    Série: Timeless
    Editora: Jangada
    Autor (a): Alexandra Monir
    Número de Páginas: 272


    Se você acompanha o blog com uma certa frequência, já sabe que eu sou o tipo de pessoa que quando ama um livro praticamente solta corações flutuantes na resenha. É uma mania meio irritante para algumas pessoas, mas eu até hoje não consegui (e pra ser sincera, nem tentei) parar. Como não declarar abertamente seu amor para algo que te proporcionou uma companhia maravilhosa, te fez sorrir e suspirar?

    Desde muito jovem Michele tem sonhos com um rapaz. Ele, um jovem bonito e de profundos olhos azuis, é extremamente familiar a ela, mesmo tendo certeza de que nunca tê-lo visto antes. Os sonhos são bem vívidos e isso as vezes a deixa um pouco atordoada. A única pessoa com quem ela divide seus sentimentos e com sua mãe Marion. Ela é, além de mãe, sua amiga e confidente. As duas são super unidas principalmente pelo fato de serem sempre só elas. O pai de Michele sumiu antes dela nascer e seus avós maternos não fazem parte de suas vidas desde que Marion afastou-se deles por conta, justamente, do seu relacionamento com o pai de Michele. O relacionamento entre mãe e filha é bem forte e Marion não esconde nada de Michele, que sabe por tudo que a mãe passou após o sumiço de seu pai e o afastamento de seus avós.

    O destino, porém, resolve mexer com a vida dessa garota e após um terrível acidente, em que Marion vem a falecer, ela se vê indo para Nova York viver com seus avós que ela nunca viu antes, deixando para trás tudo que conquistou e tendo que reconstruir sua vida longe das amigas que tanto ama. Um fato importante a ser contado é que Michele faz parte da tradicional, rica e poderosa família Windsor, mas por ter sido criada bem distante daquele ambiente não consegue se sentir em casa. Além do mais, ela tem um certo receio com os avós por conta da atitude deles com seus pais e isso é o suficiente para que os encare com olhos cheios de ressentimento.

    Longe de sua antiga vida, tendo que começar a estudar em uma nova escola (quer coisa pior que ter que se enturmar em uma escola nova e cheia de grupinhos fechados?), Michele sente-se cada dia mais infeliz. O que ela não sabe é que essa sua ida para a casa dos avós irá lhe reservar uma enorme surpresa. Ao remexer em um criado mudo em seu novo quarto, ela encontra um antigo diário. E ao começar a folheá-lo algo inesperado acontece: ela volta vários anos no tempo, mais especificamente para 1910 (a história se passa em 2010). E é justamente aí que ela encontra Phillip, o rapaz que preenche seus sonhos há tanto tempo. O primeiro encontro entre eles é mágico e o amor começa a despontar, vindo se tornar algo muito mais forte e intenso depois. Mas como eles poderão ficar juntos se 100 anos o separam? Michele faz parte do futuro onde Phillip não mais existe. Como poderão viver esse grande amor?

    Com uma narrativa doce e delicada, Muito Além do Tempo encanta e apaixona pela história sensível que apresenta. Em primeiro lugar, Michele é uma protagonista adorável, que já passou por muita coisa na vida, que perdeu a pessoa que mais amava na vida e que, apesar da dor que sente, não se tornou um poço de lamentações (não tenho paciência pra personagem cheia de mimimis). Ela sabe que tem que voltar a viver, reconstruir sua vida e tentar ser feliz, muito embora não seja tão fácil no início.

    O romance que nasce entre Michele e Phillip é outro ponto forte da trama. A intensidade e a pureza dos sentimentos são perceptíveis na leitura e não tem como não torcer para o final feliz dos dois. Me emocionei em diversas passagens, chorei várias vezes (eu sou chorona, gente) e ri em muitas outras. A história é doce e cativante, e a autora consegue prender o leitor de uma forma surpreendente. Outro ponto bastante positivo são as informações inseridas no texto. Nota-se todo o cuidado nas descrições do passado e o quanto a autora foi minuciosa em suas pesquisas. Cada nova viagem no tempo nos deparamos com mais e mais descrições de uma época que exerce verdadeiro fascínio sobre muita gente. E já que estou falando da autora, preciso dizer que sua escrita é viciante (não há uma definição melhor que essa), ela simplesmente me fez devorar o livro como se não houvesse amanhã. É uma narrativa simples, sem palavras floreadas, mas cheia de sentimentos. Amei!

    Há também muitos segredos pairando a trama, alguns não revelados neste primeiro livro (sim, ele faz parte de uma série). Terminei o livro gritando pelo próximo, ainda mais com aquele final que me deixou de queixo caído e roendo as unhas de curiosidade. Já entrou, sem dúvidas, para a lista dos melhores de 2015. Foi uma história que me arrebatou eque vai agradar a todos aqueles sonhadores como eu. Recomendo!


    3 comentários :

    1. O livro aparenta ser genial, principalmente após a Michele achar o tal diário que irá dá uma bela história. Adorei a resenha!

      ResponderExcluir
    2. adoro livros de viagem no tempo, principalmente aquelas no passado, adorei a resenha e fiquei curiosa pra saber se ele ficam juntos e saber que final é esse,só nao gostei muito do fato de o livro nao ser unico, odeio ficar esperando a sequencia.

      ResponderExcluir
    3. Que lindo essa relação de mãe e filha, sendo sua amiga e confidente. Quem dera se todo mundo pudesse ter essa experiência ne?
      Nossa, por essa eu não esperava, que a protagonista seria rica e de uma família tradicional, animei com a estória já! E eu tb ficaria com o pé atrás com uns avos desses... Já gostei da protagonista, me identifiquei!
      Eu não to acreditando que ela volta ao passado!!! Meo deos, serio que ameiiii essa estória, precisando ler NOW!

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!