• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Vic:As pontes de Madison, Robert James Waller - Ùnica

    Autor(a): Robert James Waller

    Editora: Única

    Ano: 2015

    Páginas: 192

    Sinopse:
    O ano é 1965, e a cidade de Iowa, interior dos Estados Unidos, parece estar ainda mais quente nesse verão. Francesca Johnson, uma mãe de família que vive uma vida pacata do campo, não espera nada além dessa temporada do que o retorno dos filhos e do marido, que viajaram. Sua tranquilidade, porém, será interrompida com a chegada de Robert Kincaid, um fotógrafo de espírito aventureiro que recebeu a missão de registrar as belíssimas pontes de Madison County.
    Francesca e Robert comprovaram para o mundo que o valor das coisas está realmente na intensidade que elas carregam e não no tempo que duram. Casada, mãe, Francesca não deveria ter sentimentos tão fortes por esse fotógrafo. Assim como ele, um homem tão livre, nunca se viu tão preso a alguém que acabou de conhecer. E é justamente assim que as paixões intensas funcionam: é como ser atingido por um raio quando menos se espera, e, de repente, seu corpo e sua existência estão preenchidos de energia, sem ter como voltar atrás para o estado anterior. E perdemos todo e qualquer pudor ao ver que é possível, uma vez mais, encontrar espaço para dançar.

    As pontes de Madison dá voz aos anseios de homens e mulheres de todo mundo e mostra, por meio desse encontro fortuito e avassalador, o que é amar e ser amado de forma tão ardente que a vida nunca mais será a mesma. 




    Um adorável romance contemporâneo, que  conta a "história" de amor entre o fotógrafo da National Geagraphic, Robert Kincaid e a bela Francesca. Durante quatro dias eles viveram o romance mais importante de suas vidas. Dezesseis anos depois, Kincaid volta ao cenário de sua paixão, em busca de vestígios da mulher que nunca mais viu.

    Robert é um homem vivido, solitário e de espírito aventureiro. Divorciado a cinco anos e sem filhos, ele trabalha como fotógrafo e se arrisca nas mais diversas partes do mundo, como fotojornalista da revista National Geographic. Não há nada que lhe faça criar raízes, e o seu novo desafio é seguir para a cidade de Madison County e registrar um conjunto de sete pontes.

    Francesca, uma mulher madura, dona de casa, mas com uma riqueza interior que foi sufocada pelo dia a dia. Mãe de dois filhos e uma esposa exemplar dos anos 60, ela leva uma vida simples e pacata no campo. Viúva, ela tem nas recordações de Robert a principal companhia nos constantes passeios que faz até a ponte Roseman, onde os dois se conheceram.

    Tentando seguir a sua missão, apesar de ter um mapa para guiá-lo, Robert não consegue achar a sétima ponte do lugar, que tem uma localização mais escondida. Então, acaba encontrando Francesca, que não somente dá a informação que ele necessita, mas se prontifica a ajudar no que ele quiser nesta passagem pela cidade.

    Mas já era de se esperar que um laço forte unisse os dois. A sétima ponte se torna um meio de comunicação, uma via realmente entre os corações prontos para viver uma paixão forte e intensa, mesmo que talvez dure os poucos dias até o retorno de seu marido de uma temporada de férias com as crianças ou o fim dos compromissos de trabalho de Kincaid.

    As pontes de Madison é um livro leve, bonito e singelo. Os protagonistas aqui não são jovens descobrindo o amor. Robert e Francesca estão na faixa de 42 a 60 anos.

    A mensagem deixada pelo livro é que nunca é tarde para amar.

    A diagramação está belíssima,  e segue o padrão dos livros publicados pela Única. 



    As outras capas já publicadas


    Curiosidades: 'As pontes de Madison' tem adaptação cinematográfica dirigida por Clint Eastwood baseado no livro. Interpretado por nada menos que  Meryl Streep e o próprio  Eastwwod

    Este livro é uma edição comemorativa pelos 20 anos de sucesso do filme.







    6 comentários :

    1. sabe, essa é a primeira resenha que leio desse livro, e é uma historia incrivel, linda mesmo,nem sabia que tinha filme e o fato de o livro ter um fundo de verdade me deixou super animada, vou correndo comprar o livro pra ler.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá, Emanoelle!
        O livro é fofo. Também não sabia a existência do filme, e olhe que já tem vinte anos.
        Que bom que gostou!

        Beijos,
        Vic.

        Excluir
    2. Vi esse livro quando foi lançado, mas não fiquei interessado por ser romance. Mas, ao ler essa resenha, eu até que daria uma chance a esse livro, pois sempre é bom renovar a leitura. Adorei a resenha!

      ResponderExcluir
    3. Linda resenha Vi... Fiquei com vontade de assistir o filme!

      ResponderExcluir
    4. O filme é um clássico! Acho q todo mundo ja viu, pelo menos quem nasceu na mesma época que eu.. Hehehe.
      Nao sabia q era livro e achei mto legal esse relançamento, com certeza vou ler, pq a estória é tao linda! Emoção pura, recomendo!
      Romance assim sei q choro... Mto boa a resenha e é uma oportunidade pra quem não conhece se emocionar.
      Bjus

      ResponderExcluir
    5. Amo o filme, é maravilhoso, quero muito ler o livro e essa resenha me deixou ainda mais interessada em conferi essa história no papel.

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!