• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Leitura da Drica: Colin Fischer, Ashley Edward Miller e Zack Stentz - Novo Conceito

    Título Original: Colin Fisher

    Título Nacional: Colin Fisher

    Autores: Ashley Edward Miller e Zack Stentz

    Lançamento: 2014

    Páginas:176

    Categoria: Juvenil

    Editora: Novo Conceito

    Tradutor: Henrique Monteiro



    Sinopse:
    Resolvendo o crime. Uma expressão facial por vez. O ano letivo de Colin Fischer acabou de começar. Ele tem cartões de memorização com expressões faciais legendadas, um desconcertante conhecimento sobre genética e cinema clássico e um caderno surrado e cheio de orelhas, que usa para registrar suas experiências com a MUITO INTERESSANTE população local. Quando um revólver dispara na cantina, interrompendo a festinha de aniversário de uma das garotas, Colin é o único que pode investigar o caso. Está em suas mãos provar que não foi Wayne Connelly, justamente aquele que mais o atormenta, que trouxe a arma para a escola. Afinal de contas, a arma estava suja de glacê, e Wayne não estava com os dedos sujos de glacê…

    Oi, gente,

    hoje vamos conhecer Colin Fischer. Colin tem síndrome de Aspenger, um transtorno com características do autismo, o que faz com que ele, principalmente, não suporte o toque de outra pessoa e tenha dificuldades de entender emoções e expressões faciais, fazendo com que entenda tudo literalmente. Para facilitar o seu dia a dia, ela cria cards que são desenhos que retratam expressões de pessoas conhecidas e uma descrição, criando assim uma espécie de dicionário de emoções. Vamos encontra-lo no seu primeiro dia de aula no ensino médio de uma escola regular.

     “Eu pensava que as pessoas fazem isso porque são ruins em matemática, mas a verdade é porque são jogadores. Deixam passar boas oportunidades que estão bem na sua frente em troca de outras imaginadas melhores e que quase nunca se materializam. É por isso que confio na matemática e não nas pessoas. A matemática produz melhores decisões.”

    O ensino médio já é tenso para qualquer aluno, imagine então para Colin, que terá como colega Wayne Conelly, um garoto valentão que tem Colin como seu saco de pancadas e alvo das piores brincadeiras desde a infância.

    “A vida real não funciona como um romance de mistério. Mas deveria. Investigar.”

    Como se já não estivesse ruim o suficiente, Colin presencia, durante o almoço, o disparo de uma arma de fogo em pleno refeitório da escola. Wayne é apontado como o principal suspeito, mas Colin sabe que não é verdade. Usando toda a sua inteligência e capacidade de observação, ele embarcará em uma perigosa aventura para provar a inocência do seu nada amigo Wayne e, lógico, descobrir quem é o culpado.

    O livro é uma delícia! Não por Colin, mas por todo o suspense envolvido. Os autores estão de parabéns por retratar a síndrome de Aspenger do jeito que ela é, mostrando que as pessoas que a possuem são pessoas comuns, capazes e com inteligência acima da média.

    O livro é narrado em primeira pessoa, apenas por Colin, o que faz com que todos os fatos nos aproxime do narrador e nos ajude a mergulhar no suspense. Dividido em capítulos curtos, sempre com uma introdução feita pelo próprio Colin narrado uma experiência vivida por ele. Cheio de notas de rodapé que explicam questões científicas fantásticas, o livro fala de muitos temas.


    Uma leitura leve, divertida e cativante. Simplesmente não tem como não se apaixonar por Colin Fischer. 





    8 comentários :

    1. Eu adoro este tipo de livro e me fez lembrar os livros: Passarinha e Extraordinário, livros maravilhosos que todos deveriam ler.
      Já tinha lido algumas coisas deste livro e gosto da forma como ele é apresentado pra mim.
      Apesar do protagonista ter uma sindrome que traz dificuldades de relacionamento,,faz com que ele sofra bullying ele parece super tranquilo.
      Ajudar seu nada amigo mostra o quão inteligente ele é...
      Espero que a partir dai uma amizade aconteça...
      Adorei a resenha e quero ler.
      Beijo

      ResponderExcluir
    2. Drica!
      Li esse livro no ano passado e gostei, justamente por abordar a síndrome de Aspenger, que precisa ser mais conhecida e discutida.
      “A beleza é a única coisa preciosa na vida. É difícil encontrá-la - mas quem consegue descobre tudo.”(Charles Chaplin)
      cheirinhos
      Rudy
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
      Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

      ResponderExcluir
    3. Olá!!
      Simplesmente adorei esse livro, e é a primeira vez que vejo falar dele, gostei da ideia dos autores em tratar desse assunto tão serio, e trazer essa trama envolvente , espero poder logo pra descobri as aventuras que o protagonista ira percorrer até descobrir o que quer.
      Bjocas!!

      ResponderExcluir
    4. Não gostei muito pelo fato de não ter consigo criar uma conexão com o personagem principal, mas tudo no livro foi bem tratado desde transtorno dele até do fato dele ser nerd de fato, fora as notinhas de rodapé, enfim, uma história muito bem escrita e um personagem que foi muito bem trabalhado e desenvolvido sem deixar nenhuma ponta solta.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    5. Eu tenho este livro, mas até hoje não parei para ler. Sei pouca coisa sobre a síndrome e seria muito interessante para mim para pelo menos sabe um pouco sobre ela.
      Bjs, Rose

      ResponderExcluir
    6. Eu tenho esse livro na estante, mas ele ainda está na fila para leitura. Confesso que depois da tua resenha fiquei muito curiosa sobre o livro. Adorei saber que essa doença foi retratada como realmente é dentro da história, isso quebra possíveis preconceitos que possam surgir. Além disso, a pitada de suspense unida à sagacidade do protagonista deixa a leitura ainda mais envolvente.

      ResponderExcluir
    7. Drica, eu já vi muitas vezes este livro rodando pelo mundo dos blogs, mas jamais parei ler alguma resenha nem sabia do que se tratava. E agora que tive o prazer de fazer isto, eu estou encantada por ele. Achei muito legal o livro abordar a Síndrome de Asperger, até porque muito gente desconhece ou não faz a mínima ideia do que seja; ler um livro onde o personagem principal tenha isso e acompanhar todas as sua dificuldades de relacionamento com o mundo e não só isso, mas as suas conquistas deve ser muito interessante.
      Com toda certeza ele irá para a minha lista de próximas leituras.
      Bjs!

      ResponderExcluir
    8. oiiii...
      bom quero ler...kkkk....e serio...me apaixonei...o fato de o protagonista se esforçar pra entender as espresoes das pessoas ,,,e nao se emportar tanto com issoo...gente me apaixonei por ele....pela suas dificuldades....e o misterio...ele vai descobrir que desparou a arma....obg pela otima,linda e maravilhosa dica...bjssss...

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!