• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Drica: Silo, Hugh Howey - @Intrinseca

    Livro 01

    Autor: Hugh Howey

    Editora: Intrínseca

    Ano: 2014

    Páginas: 501

    Gênero: Distopia, Futuro apocalíptico

    Sinopse:
    O que você faria se o mundo lá fora fosse fatal, se o ar que respira pudesse matá-lo? E se vivesse confinado em um lugar em que cada nascimento precisa ser precedido por uma morte, e uma escolha errada pode significar o fim de toda a humanidade? Essa é a história de Juliette. Esse é o mundo do Silo.
    Em uma paisagem destruída e hostil, em um futuro ao qual poucos tiveram o azar de sobreviver, uma comunidade resiste, confinada em um gigantesco silo subterrâneo. Lá dentro, mulheres e homens vivem enclausurados, sob regulamentos estritos, cercados por segredos e mentiras.
    Para continuar ali, eles precisam seguir as regras, mas há quem se recuse a fazer isso. Essas pessoas são as que ousam sonhar e ter esperança, e que contagiam os outros com seu otimismo.
    Um crime cuja punição é simples e mortal.
    Elas são levadas para o lado de fora.
    Juliette é uma dessas pessoas.
    E talvez seja a última.



    Oi, gente,

    Silo é um livro de 2014, e foi no anão passado que o li, mas só consegui resenhá-lo agora que estou prestes a ler a sua continuação. Vocês entenderão o porquê.

    Silo era uma série de 9 contos que fizeram sucesso na Amazon como ebook, que se transformou em uma trilogia.


    "O que nós fazemos define quem somos"

    Nossa protagonista é Juliette. Ela foi uma das sobreviventes que teve o prazer de morar no Silo. Garota de personalidade forte e independente, vive nas caldeiras e é uma operária responsável pelo bom andamento das máquinas que fazem com que seja possível viver no Silo.

    O Silo é uma espécie de abrigo subterrâneo onde vivem os poucos que sobreviveram quando o ar se tornou letal após a destruição da Terra. Devido ao confinamento de muitas pessoas, se faz necessário o cumprimento de muitas regras, pois nada pode dar errado, o que seria a extinção de todos.



    Dividida em quatro partes, em cada uma delas temos grandes personagens e acontecimentos cruciais para o desenrolar da história.

    Na primeira parte somos apresentados a Holston, xerife do Silo. Sim, isso mesmo. O Silo tem toda uma hierarquia de autoridades a serem respeitadas. Holston comente o que é considerado o pior crime na sociedade do Silo: falar que deseja sair de lá. E para o pior crime deve ser aplicada a pior punição: ser mandado para o lado de fora, o que é considerado praticamente uma pena de morte, já que ninguém nunca voltou e acredita-se que a atmosfera continua hostil e letal.

    Os que recebem essa condenação, ao sair, devem limpar os vidros que ficam no topo do Silo e é o único meio de contato visual com o exterior. Apesar de terem a opção de não limpar, todos limpam... não sei se eu teria essa alma tão altruísta...

    O autor vai nos levando pelo cotidiano dos personagens, mostrando como cada um deles vivem ao longo das dezenas de andares do Silo, executando suas funções. Tudo através dos olhos da prefeita Jahns, uma senhora de idade avançada que ainda viverá o seu grande amor. Que, na busca do substituto para o xerife, sai do seu quarto, no andar mais alto até os últimos andares da Mecânica para encontrar Juliette e convidá-la para assumir a posição.

    É essa verdadeira odisseia de Jahns que vai trazer para o leitor todo o mistério no qual está envolto o Silo. Muitas perguntas serão respondidas, mas não fique tranquilo ainda! Muitas outras perguntas serão lançadas.

    Silo não é uma leitura leve, simples, tranquila. Ao contrário! Leitura densa, cheia de nuances e pontos inquietantes onde você se pega por muitas vezes analisando os seus personagens, seu modo de vida e suas motivações. Histórias, personagens, mistérios, mentiras e respostas se cruzam e se alternam o tempo todo fazendo com que o leitor viva momentos de real tensão.


    Uma perfeita mistura de distopia com ficção científica com certa dose de realidade que nos faz pensar se não poderíamos ser nós mesmos ali dentro do Silo em um futuro qualquer. 



     
     
     
    Pista 3
     
    Nesse livro, o personagem principal tentará ajudar uma amiga.
     

    7 comentários :

    1. Oi Drica! Confesso que é a primeira vez que vejo este livro. Achei a proposta dele bem intrigante e fiquei bastante curiosa para realizar a leitura. Eu adoro livros distópicos e pós-apocalípticos, e ver personagens lutando pela liberdade, verdade e sobrevivência é para mim um ponto muito forte para aumentar minha curiosidade.
      Definitivamente, ele entrará para minha lista de leituras!
      Bjs!

      ResponderExcluir
    2. Olá!!
      Nunca tinha visto falar dessa trilogia e nem conheci os contos, mas gostei muito da sua resenha fiquei super curiosa , espero poder ler, pois distopias sempre me agradam muito.
      Bjocas!!

      ResponderExcluir
    3. Ai, eu adoro distopia e adorei conhecer este livro.
      Eu nunca tinha lido a sinopse nem nenhuma resenha.
      Gostei da capa, que mantiveram como a original.
      Eu fiquei loca pra ler... pensar em viver dentro de silo e não poder de lá sair porque a morte é (quase) certa... lembrei do Wall-e, que as pessoas vivem em uma nave, ou algo assim... mas lá é tranquilo comparado a tensão de viver num silo com praticamente um governo opressor.
      Quero ler!

      ResponderExcluir
    4. Drica!
      Apesar de gostar muito de ficção/distopia, achei o enredo tenso, pesado mesmo, fiquei sem ar só de ler...kkk
      Ando cansada das distopias e em busca de novos e atrativos livros em outros estilos...
      “A beleza é a única coisa preciosa na vida. É difícil encontrá-la - mas quem consegue descobre tudo.”(Charles Chaplin)
      cheirinhos
      Rudy
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
      Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

      ResponderExcluir
    5. Lembro que na época do lançamento deste livro, foi justamente está mistura de distopia e ficção científica que me chamou atenção para o livro. Mas, infelizmente até hoje não o li.
      Por tudo que já li sobre ete livro, não foi a toa seu sucesso.
      Bjs Rose

      ResponderExcluir
    6. Silo é um livro que eu já desejo há algum tempo, mas estou na espera da conclusão da trilogia para iniciar a leitura. Ele é uma mistura de dois gêneros que eu curto muito, e isso com certeza é ponto forte para eu me jogar na leitura. Além disso, essa trama cheia de segredos e os personagens fortes e marcantes me deixam ainda mais curiosa para conhecer o enredo.

      ResponderExcluir
    7. amooooo distopiasss....quero muito ler esse livro e saber o que aconteceu com o ar...e porque o simples fato de a pessoa respirar fora do silo pode morrer....muito misteriooooo...louca pra lerrr....ovg pela dica e....beijocasss....

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!