• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Estante da Tata: Shadowhunters, a série


    Shadowhunters acompanha a jovem Clary Fray, de 18 anos de idade, que descobre em seu aniversário que ela não é quem pensava ser, mas que vem de uma antiga linha de Caçadores de Sombras – seres híbridos de humanos e anjos que caçam demônios.
    Quando sua mãe Jocelyn é sequestrada, Clary se lançada no mundo de caça aos demônios junto do misterioso Caçador de Sombras Jace e seu melhor amigo, Simon. Agora vivendo entre fadas, feiticeiros, vampiros e lobisomens, Clary começa uma jornada de autodescoberta enquanto aprende mais sobre seu passado e percebe como poderá er seu futuro.
    Eu não sei nem como começar a falar sobre essa série, minha gente, de tão ruim que foi assistir isso.


    É o seguinte, para quem não sabe, essa série é baseada em uma série de livros (todos já lançados no Brasil) muito famosa chamada Instrumentos Mortais. Eu já li todos os seis livros da série principal (tem uma série derivada de três livros que se passa no mesmo mundo), então eu tenho autoridade, como fã da série de livros, para dizer as coisas que eu vou dizer nessa resenha.


    Em um resumo rápido e sem spoilers dos livros, no mundo de Instrumentos Mortais a sociedade não tem conhecimento do que realmente a rodeia. Os contos de fadas ou, no caso, de terror (dependendo da perspectiva) são reais mas estão mascarados por uma magia inerente dessas criaturas. Vampiros, demônios, feiticeiros e lobisomens existem, mas você não pode vê-los ou, pelo menos, não pode ver sua aparência real. Nesse mesmo mundo existem os shadowhunters, uma sociedade de guerreiros com sangue de anjo que lutam contra as criaturas e protegem a raça humana da extinção.


    No meio de tudo existe Clary, ela, até então, não tinha conhecimento de nada disso até ver um grupo de pessoas armadas com espadas matando uma pessoa aparentemente inocente no meio de uma balada. O problema? Ela é supostamente uma mundana e não deveria ter a habilidade de enxergar por trás da magia, mas ela enxerga e em função disso uma série de eventos são disparados e Clary entra em uma corrida contra o tempo em mundo que ela não tinha ideia que existia.


    Legal né? Eu realmente recomendo a série de livros se você nunca leu.


    Mas voltando a série de tv, eu preciso dizer: NÃOOO MINHA GENTE, PARA, SÉRIO, PARA QUE TÁ FEIO. Sério, eu nem sei por onde começar direito. A história do livro foi tão deturpada que tinha momentos que eu só conseguia pensar ‘’o que diabos é isso?’’. Parece que eles tiraram a ideia do mundo do livro e resolveram mudar o resto.


    Para começar, os shadowhunters, nos livros, são membros de uma "organização" antiga que está em extinção (você nasce shadowhunter ou não e a guerra eterna contra as criaturas das sombras causou a diminuição drástica nos números de descendentes) e isso é tipo um dos plots principais da série, a motivação que impulsiona vários personagens e que dá início a história toda (olá, busca pelo cálice). Mas na série de TV tem tipo centenas de shadowhunters! Sério, eles realmente contrataram um monte de figurantes e todos vivem nessa fortaleza tecnológica que parece o quartel general dos X-MAN (de onde saiu isso? Nos livros eles vivem praticamente como se estivessem na idade média) e eles tem missões e times e só deus sabe mais o que.


    Outra coisa, eles mudaram drasticamente as características físicas de vários personagens claramente para atrair mais público. Tipo, a Dot devia ter uns 60 anos e não 25, Hodge que deveria ser um velho mal-humorado é um modelo de cueca simpático e, aqui a coisa passa do limite, desde quando o Simon é sarado? Gente, ele é todo nerd encurvado com N maiúsculo. Eu não vou nem comentar que o "covil" de Valentine é em Chernobyl na maior pegada "vilão de filme tem que ser/estar no leste europeu".


    E não foi só isso que mudou nos personagens, suas personalidades mudaram também. Nossa, uma das coisas que me fizeram amar a série de livros foi a personalidade egocêntrica e sarcástica do Jace, mas na série essa personalidade é reduzida a uma sombra tão sem graça que nem parece ser o mesmo personagem. Quem consegue esquecer a famosa frase do Jace quando ele encontra a Dot? Aquela é a personalidade do Jace, ele não é um herói, ele é um pé no saco arrogante que todo mundo finge que odeia.


    Dorothea: Eu não li suas folhas de chá, menino? Por acaso você já se apaixonou pela pessoa errada?
    Jace: Infelizmente, Dama dos Refugiados, meu único verdadeiro amor permanece sendo eu mesmo.
    Dorothea: Pelo menos, você não precisa se preocupar com rejeição, Jace Wayland.
    Jace: Não necessariamente. Eu mesmo às vezes me dispenso, só para manter as coisas interessantes.


    Ou quando isso aconteceu:


    - Gostaria que você parasse de tentar chamar minha atenção tão desesperadamente. — disse ele — Está ficando embaraçoso.
    - O sarcasmo é o refugio dos fracos — disse ela a ele.
    - Não consigo evitar. Uso minha sagacidade para esconder minha dor interna.
    - Sua dor vai virar externa se não sair do meio da rua.


    E isso:


    Jace balançou sua cabeça loira em exasperação.
    - Você tinha que fazer um amigo de prisão maluco, não tinha? Você não podia só contar os ladrilhos de teto ou domar um rato de estimação como os prisioneiros normais fazem?


    Ou isso:


    - Nós precisamos conversar - ela disse - Todos nós. Sobre o que vamos fazer agora.
    - Eu estava indo assistir Project Runway - Jace disse.


    Infelizmente, na série, até o momento, o Jace se tornou um personagem tão sem carisma e sem espirito (em função da péssima atuação e do roteiro ruim) que mesmo quando o roteiro arriscou utilizar uma de suas famosas frases do livro ela ficou sem graça e quase passou despercebida.


    E nem me deixe começar a falar sobre as atuações e os (d) efeitos especiais (o que foi aquele sabre de luz estilo star wars?). Está pior que Malhação, minha gente! Como pode? Sério, como isso é possível? Eu tive vontade de rir da cara dos atores várias vezes.


    Claro que tem algumas coisas que se salvam. Nosso carismático feiticeiro Magnus Bane foi muito bem escalado, o ator que faz o Luke também é muito bom e o que faz o Simon, apesar do texto horrível que deram para ele, consegue entregar a essência do Simon do livro (vamos deletar de nossas mentes a cena gratuita em que ele tira a camisa, do nada, ‘’casualmente’’ na frente da Clary).


    Mas esses poucos acertos não apagam tantos erros. Eu assisti dois episódios da série (disponíveis na Netflix) e acho que vou tentar chegar até o quinto porque eu realmente gosto da série de livros, mas se continuar assim eu vou largar sem olhar para trás.


    Só digo uma coisa, essa série me fez ver que o filme foi, na verdade, muito bom (sim, tem um filme também).




    Ps: Meu irmão (que não leu os livros) assistiu comigo os dois episódios e ele gostou. Ele viu o filme e estranhou bastante as diferenças (nem acreditei na hora que ele reparou a total contradição do quartel general tecnológico ou quantidade de pessoas lá dentro), mas segundo ele ‘’até que dá para assistir’’. Para referências futuras, meu irmão chama essa série de ‘’aquela série brega’’.




    15 comentários :

    1. Tata, eu conheço pouquíssimo sobre Shadowhunters, pois ainda não li os livros e sinceramente, não sei se lerei. E falando sobre a série, também não sei se verei. Tenho ouvido diversas opiniões, e muitas delas foram positivas, mas que ainda não me convenceram a assistir.
      Sua crítica foi realmente muito importante. Quando resolvem levar os livros para as telas, entendo que algumas cenas que são bacanas nas folhas não ficam legais nos filmes, porém vejo que houve uma grande mudança na série se comparado com os livros de Instrumentos Mortais.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Ale, não descarte a serie Instrumentos Mortais tão facilmente!! Eu realmente gostei dessa serie de livros e eu recomendo ela!! O que eu não recomendo é essa serie péssima que resolveram gravar haha

        O meu problema com essa serie foi q a mudança das cenas dos livros não foi feita por logística e sim pelo que eles chamam de ''mais comercial'', como a mudança de idade de vários personagens e a falta de camisa em cena na maioria deles.. Vc n tem ideia de como isso me deixou triste, essas mudanças..

        Excluir
    2. Bora lá Tata!
      Eu gostei da serie num geral, percebi as várias mudanças e achei algumas bem drásticas, já que os fãs da série rejeitaram o filme justamente pelas mudanças. Continuarei assistindo, mas como me acostumei com filme ainda não consegui imaginar os personagens da série no livro :/
      Bjs

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Vivian, conheço muitas pessoas que gostaram dessa serie no geral tb e foi por causa delas que me arrisquei a ver.. Vou te dizer uma coisa, eu queria gostar dela, queria mesmo!! Afinal não é todo dia que uma serie de livros que a gente gosta vai para a tv. Infelizmente, como vc notou, eu realmente não gostei do resultado =/

        Deixa eu te falar, no geral, o filme é muitoooooooooo mais fiel aos livros que essa serie.. Então leve mais o filme em conta em relação aos personagens!!

        Beijos

        Excluir
    3. Oi Tata! Já li todos os livros dessa série e ouso dizer que é uma das minhas preferidas. Quando assisti o filme fiquei um pouco desapontada. Achei que o Jace do filme não tinha nada haver com o personagem do livro, ao menos nas características, mas ainda achei a interpretação dele mais de acordo com o personagem do livro, que o Jace da série Netflix. Essas frases realmente fazem falta. Mas até que tá legalzinho, vou continuar assistindo e torcendo pra que melhore.
      Abraço!

      ResponderExcluir
    4. Eu nem tive coragem de tentar ver essa série ainda.
      Eu TB li os livros e adoro está saga.
      Não gostei dos atores, prefiro os do filme. Adoro o Jace do filme. Acho que o sarcasmo lá ao menos permanece.
      O filme já não é fiel.
      Mas eu consigo ver filmes e separar. Pensar que só é baseado, mas às vezes não consigo... Afinal quando a própria autora ta ali ao lado vendo tudo e o resultado é esse dá uma dor no coração.
      Continue nos informando sobre o desenrolar.
      Até o momento não pretendo ver não.
      Beijos

      ResponderExcluir
    5. Não assisto a serie pois ainda não li os livros e quando eu ler os 6 livros e voltar para a serie de TV espero ficar tão indignada quanto voce, isso não se faz, pelo que voce disse, pegaram só a base e construiram algo totalmente diferente.

      ResponderExcluir
    6. Oi Tata, acho terrível quando isso acontece, e acabo perdendo a vontade de acompanhar. Isso aconteceu com a série Diário de Vampiros. Já viu Outlander? Esta primeira temporada está perfeita, é o livro em vídeo. Deveriam aprender com eles.
      Bjs, Rose.

      ResponderExcluir
    7. Nossa, a série parece mesmo um horror de adaptação! Mas eu fico com raiva porque quando lançaram o filme, todos reclamaram, agora todos estão elogiando o filme por causa da série :/ Enfim, que pena suas expectativas não terem sidos correspondidas, pelo que li no primeiro livro, a série tem pouco coisa a ver mesmo. Abraços

      ResponderExcluir
    8. Já li os livros, vi o filme e morri de desgosto com aquele Jace e agora to acompanhando a série. Notei essas diferenças e acho que o filme foi mais fiel, mas relaxei um pouco e saí dessa paranoia de ficar comparando livro com adaptação senão não assistirei a mais nada.

      ResponderExcluir
    9. Já li os dois primeiros volumes da série e sinceramente, não gostei :(
      Li o primeiro e achei bem sem graça toda aquela história, tentei imaginar um mundo fantástico, mas não deu, não consegui. Fui tentar ler o livro dois e abandonei porque eu não consegui continuar lendo aquilo, a leitura estava me dando 0 prazer. Assisti o filme na tentativa de gostar da série de livros e mais uma vez me decepcionei com os efeitos toscos e com a má interpretação dos atores. Sobre a série televisiva: nem vou tentar, pra não ter raiva. Eu, particularmente não recomendo a saga.

      ResponderExcluir
    10. Oi Tata, a serie de livros eu não li, mas estou acompanhando a serie e eu estou amando achei os personagens incríveis e produção ótima bjs.

      ResponderExcluir
    11. Não li os livros e assisti ao filme vou ser sincera que gostei da história, mas fiquei bem perdida! Quando soube da série até me animei afinal acho que vai ser mais explicativa que o filme, contudo pelo que vc falou me desanimei um pouco, já estava qndo ví que o carinha do vampira academy que atua super mal ia participar da série massss..., só que como seu irmão que tbm não leu os livro falou que é assistivel talvez eu veja!

      ResponderExcluir
    12. Oi!
      Também sou fã da livros e assisti a serie e tenho um enorme problema com os roteiristas, entendo que por ser uma serie teria mudanças mas achei varias mudanças desnecessárias tipo a tecnologia, aquele tanto de gente no instituto o valentin que ta mais parecendo o medico e o louco, o Jace também sumiram com sua marca registrada e o terceiro episodio realmente me irritou !!

      ResponderExcluir
    13. Como gostei bastante do filme e amei os livros (os que tive a oportunidade de ler) acho que vou dar uma chance pra série. Não sei se fiquei feliz com a escolha da atriz pra personagem principal ainda, pois ainda não assisti nenhum ep. Mesmo não sendo minha prioridade, coloquei na listinha de séries.

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!