• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Lendo com a Dani: A Garota que Você Deixou para Trás, Jojo Moyes - @Intrinseca

    Durante a Primeira Guerra Mundial, o jovem pintor francês Édouard Lefèvre é obrigado a se separar de sua esposa, Sophie, para lutar no front. Vivendo com os irmãos e os sobrinhos em sua pequena cidade natal, agora ocupada pelos soldados alemães, Sophie apega-se às lembranças do marido admirando um retrato seu pintado por Édouard. Quando o quadro chama a atenção do novo comandante alemão, Sophie arrisca tudo a família, a reputação e a vida na esperança de rever Édouard, agora prisioneiro de guerra. Quase um século depois, na Londres dos anos 2000, a jovem viúva Liv Halston mora sozinha numa moderna casa com paredes de vidro. Ocupando lugar de destaque, um retrato de uma bela jovem, presente do seu marido pouco antes de sua morte prematura, a mantém ligada ao passado. Quando Liv finalmente parece disposta a voltar à vida, um encontro inesperado vai revelar o verdadeiro valor daquela pintura e sua tumultuada trajetória. Ao mergulhar na história da garota do quadro, Liv vê, mais uma vez, sua própria vida virar de cabeça para baixo. Tecido com habilidade, A garota que você deixou para trás alterna momentos tristes e alegres, sem descuidar dos meandros das grandes histórias de amor e da delicadeza dos finais felizes.

    A Garota que Você Deixou para Trás (The Girl You Left Behind)

    Autora: Jojo Moyes

    Editora Intrínseca (2014)

    384 páginas




    Ganhei o livro e não sabia o que esperar dele. Foi meu primeiro contato com a autora.

    Confesso que estava ansiosa para ver com os próprios olhos se a Jojo merecia tanto alarde. 



    O livro é dividido em partes e narra a vida de duas personagens distintas. Começa com uma mocinha na França em plena Primeira Guerra Mundial.

    É 1916 e Sophie Lefèvre está há dois anos sem ver seu marido Édouard, vive no hotel da família com seus irmãos Aurélien e Helène, e os filhos dela: Mimi e Jean.

    Sophie apesar de estar comendo muito mal, se esforça por ser otimista, todos os dias reza para que o marido esteja bem e lida com a rotina do hotel e além de cuidar de seus parentes, ela se preocupa com os vizinhos.

    Mas se a vida deles já não vai bem... quando o Kommandant alemão decidir que é lá que seus soldados devem jantar, as coisas vão ficar anda mais complicadas.

    A escrita...

    Jojo Moyes tem uma narrativa suave que vai nos enredando e mantendo na trama que construiu. Com uma linguagem fácil e diálogos suficientes para atiçar nossos sentimentos ela me prendeu totalmente na leitura.

    A revisão deixou passar alguns poucos erros que não atrapalharam a leitura e compreensão.

    A arte da capa é muito linda com a ilustração que nos remete a Sophie.

    Sobre o enredo: estou acostumada com Lucinda Riley e Kristin Hannah e achei a Jojo um pouco mais fraca, no entanto é certo que lerei outros títulos da autora.

    Jojo Moyes descreve bem o cenário devastado pela guerra, as dificuldades que os cidadãos tiveram de passar, a maneira como eram tratados como lixo pelos oficiais inimigos.

    Os personagens foram de grande destaque. Sophie otimista e tentando manter a mente centrada no reencontro com Édouard.

    A descrição de como o casal se conheceu foi muito divertida e apaixonante.

    Em contrapartida temos Aurélien, um adolescente bravo com o que ocorre a sua volta e que sofre bastante.

    Helène que é o oposto de Sophie, mas tem um amor enorme pelos seus familiares. Podemos ver que a guerra mudou bastante a jovem.

    E o contexto em 1916 para mim foi o melhor, bem descrito em termos de ambientação e alterações psicológicas, o cenário de guerra estava bem claro, me senti envolvida pelos problemas enfrentados não apenas pela mocinha, mas por seus vizinhos.

    Foi impossível não sentir raiva dos invasores tão senhores de si, impiedosos. 

    Adoro quando os sentimentos são bem explorados.

    "Nunca conheci a verdadeira felicidade até encontrar você."

    E não é apenas isso. Jojo Moyes intercala a narrativa de 1916 com a de 2006.

    Em Londres de 2006 temos Liv como protagonista, uma jovem que está passando por um momento delicado, sem conseguir seguir adiante e as pessoas a sua volta loucas para mudar isso.

    E mais uma vez a autora nos fez compreender bem a mocinha. A pressão dos amigos para ela superar, a resistência dela em aceitar.

    Logo de início não consegui gostar da Liv, mas a medida que a narrativa flui eu consegui entendê-la e me coloquei no seu lugar.

    As surpresas que a autora reserva para ela foram de alto a baixo, e o leitor vai sentir o mesmo baque que ela.

    E o que mais me agradou foi o encontro entre passado e presente, tão bem interligado e tão complexo.

    A Garota que Você deixou para Trás é um livro com conteúdo intrincado, porém não complexo. Que vai trazer a tona uma torrente de sentimentos, desde solidariedade a egoísmo, amor a ódio, desencanto à esperança. E acima de tudo de fé.

    É o que posso falar para vocês sobre o livro sem contar spoiler.


    Só para esclarecer: Este livro não é ligado à duologia "Como eu era antes de você / Depois de Você".


    5 comentários :

    1. Creio que não seja tão bom quanto a duologia de Como Eu Era Antes de Você, mas mesmo assim quero poder ler para conhecer a história, que me deixou com uma ponta de curiosidade. Abraços, ótima resenha :D

      ResponderExcluir
    2. Olá!
      Ainda não li os livros da Jojo Moyes. E estou loucaaaaa para ler, kkk, de tanto que se fala dos livros dela, e confesso que estou morrendo de medo de ficar decepcionada, kkk...
      Não tinha conhecimento desse livro. Apenas os Como eu Era Antes de Você e Depois de Você. Que vou aguardar um pouco para ler, para acalmar a ansiedade, kkkk
      Parece interessante a história, fiquei curiosa para ler.
      Um super bjo!

      Alê - Bordados e Crochê
      Facebook
      Twitter
      Instagram

      ResponderExcluir
    3. Li apenas um livro da Jojo, e fiquei encantada, por isso eu pretendo ler outros livros dela, este inclusive.
      Bjs, Rose

      ResponderExcluir
    4. Oi!
      Também quero muito ler algo da Jojo Moyes para poder conhecer sua escrita mas esse não foi um livro que gostei, a historia não me interessou, mas quem sabe futuramente não acabo lendo !!

      ResponderExcluir
    5. Nunca li nada da Jojo, espero que esse seja meu primeiro livro, pois estou muito curiosa para saber o que acontecera com as personagens. Só espero não ficar decepcionada com o final, pois ja torço pela felicidade das duas.

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!