• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Lendo com a Dani: Salve-me, Rachel Gibson - @Geracao

    A salvação de Sadie Hollowell e Vince Haven depende de muitos fatores. Ele voltou traumatizado da guerra ao terrorismo no Afeganistão e ela, aos 33 anos, acha ridículo ser convidada para ser dama de honra do casamento de uma prima no interior do Texas, onde nasceu. Ambos estão perdidos, à procura das raízes e de uma identidade que a vida foi esfacelando, e são atormentados por uma atração sexual violenta que demora muito a se transformar em amor e compromisso.
    O que se oferece aos leitores é uma história tensa, em que preconceitos e hesitações lutam contra o amor, sem saber qual dos lados terá o triunfo final. Vale a pena ler e torcer por ele.

     
    Salve - Me (Rescue - me)
    Autora: Rachel Gibson
    Série: Lovett, Texas #3
    Jardim de Livros (2016)
    272 páginas 





    Salve - Me começa com um bom gostinho do humor da autora, podemos detectar seu estilo nas primeiras páginas.

    Com uma mocinha mordaz e independente e um mocinho atormentado que se encontram por forças do universo, Rachel Gibson me manteve grudada à leitura.



    Sadie Jo Hollowell é uma texana que está há anos vivendo como nômade e longe da pequena cidade de Lovett. De volta por conta do casamento de uma prima da qual nunca conheceu, ela terá que lidar com seus sentimentos em relação ao pai, à sua futura herança e a seu medo de ficar tempo demais.

    Sadie pode não ter concluído os vários cursos que iniciou na universidade, mas o que não lhe falta é inteligência. 

    Uma corretora imobiliária respeitada que se vê cercada de casais e só, num vestido de baile de formatura e diante de uma tentação.

    Vince Haven é um ex-seal que está aposentado a contragosto, conhece Sadie na estrada e bem, os dois têm uma conversa bem engraçada.

    Vince não tem raízes, mas está na cidade por conta da tia Luraleen, que tem um pedido que o fará pensar.


    Pensem num chicklit engraçado?! 

    Adoro uma mocinha que não pensa demais nas respostas, que não teme agir. Sadie é mordaz, é feminina, mas por baixo da camada de sucesso ela sente falta de uma relação mais amorosa com seu pai.

    Rachel Gibson aborda o amor fraternal de maneira magistral. Faz você se colocar no lugar de pai e filha e analisar os motivos, as reações, a dor, mas o entendimento foi algo que me deixou enternecida.

    E não temos apenas isso!

    Sadie e Vince são fósforo e dinamite. Um vem quente, o outro está fervendo. Se você gosta de cenas carregadas de sensualidade e erotismo sem excesso, esse livro tá na medida certa. Só falta um pouco mais do casal quando enfim eles dão o braço a torcer e enxergam que são a metade um do outro.


    A edição está muito linda. Não encontrei erros e os detalhes gráficos são lindos.










    Outro ponto maravilhoso nos livros desta autora: Os personagens de outros livros dão o ar da graça. E mesmo que brevemente é o suficiente para relembrarmos a trama do livro anterior.

    Será que você identificou a outra protagonista?



    Série Lovett, Texas


    1. Daisy está na cidade (Daisy's back in town)
    2. Maluca por você (Crazy on you)
    3. Salve - Me (Rescue me)
    4. Run to you
    5. I do!



    14 comentários :

    1. Estou bem ansioso para ler os livros dessa série! Os personagens parecem ser bem construídos, assim como a história também me atrai :) Não gosto de cenas com muito erotismo, então mais um ponto que me atrai á leitura rsrs. Abraços.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Dan, a escrita da Rachel Gibson é bem divertida, engraçada por acontecimentos e os pensamentos da mocinha. Não ter um linguajar forte é um grande atrativo, unido ao uso de uma trama além disso.
        Obrigada.

        Excluir
    2. Estou super ansiosa para ler essa série, essa é a segunda resenha que leio e cada vez mais minha curiosidade aumenta, eu amo livros sobre ex-seal, e mocinhas sem papas na língua, e com humor, faz bastante meu gênero literário.
      Eu amei as fotos, ficaram bem bonitas.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Marlene. Essa série da autora sempre me faz sorrir. São mocinhas decididas, independentes e sem medo de falar.

        Seal é um chamariz para muitos leitores. O Vince Obrigada.super centrado e cheio de princípios, mas não é meu favorito da série. Kkk

        Espero que você leia e se divirta.

        Muito feliz que gostou das fotos. :D

        Obrigada.

        Excluir
    3. Hello!

      Comecei a gostar dos livros da Rachel Gibson depois que vi uma divulgação maior dos livros dela e qdo reparei nessas capas lindas, fiquei muito curiosa.
      Ainda nao li nada dela, sem cash, hehe...mas foi bom que eu li aqui do que se trata o livro Salve-me e já vi que vou gostar mto, amo um romance chick lit, morro de rir sempre.
      Adorei a definiçao que deu para Sadie e Vince como fósforo e dinamite, ja deu uma ideia que é um romance dos bons.
      Vou ler com certeza.
      Beijos.

      Suzzy Chiu

      Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Suzzy esse casal é explosivo. E o humor deles, a escrita descontraída, além do projeto gráfico está incrível. Um chicklit muito bom.
        Obrigada.

        Excluir
    4. Mana, como posso dizer isso ? Eu não senti aquele "aua" quando li a sinopse e mesmo você falando bem na sua resenha não tenho vontade de ler esse livro, eu já tentei ler livros dessa escritora e não consegui me envolver com seus livros. Por isso dispenso esse livro, mas talvez a leitura agrade a outros leitores né.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Rissia, não deve ser seu estilo. Uma pena, mas acontece. Por exemplo o pessoal adora a Becky Bloom, eu nem consegui finalizar a leitura.
        Cada um tem uma percepção do livro.
        Agradeço que tenha compartilhado sua opinião. É muito importante para nós.

        Excluir
    5. Um livro com muitas qualidades e que quero muito ler. Apesar da capa não ter muito a ver com a historia, na mimha opinião, a história é perfeita.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá Ana Paula é um chicklit muito divertido e com nuances de drama.
        A capa tem relação com a trama sim, é o vestido que a Sadie usa no casamento. :)
        Obrigada.

        Excluir
    6. Todo mundo que vejo ja leu um desses livros, menos eu haha. Não é meu gênero favorito, confesso que antes eu era apaixonada por esse tipo, mas agora não. Acho muito previsível. Se bem que a sinopse já contou tudo ne.. Acho lindas todas as capas e até a sinopse do 1º livro acho legalzinha, mas dai já não da pra mim.

      ResponderExcluir
    7. Oi Dani!

      Já li um livro dela e adorei. Acho que iria gostar deste, pois adoro personagens assim, que não mede palavras que é independente..Um pouco de humor e erostismo, ai já quero! adorei a resenha, curta e objetiva!

      Beijo!!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Effy, realmente esses dois não medem as palavras e o resultado é muito bom. Leia sim.
        Obrigada.

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!