• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Leitura da Drica: Entre chamas e cinzas, Sabaa Tahir - @Verus

    Título: Uma Chama Entre as Cinzas
    Título Original: An Ember In The Ashes
    Série: Uma Chama Entre as Cinzas
    Autor: Sabaa Tahir
    Editora: Verus
    Páginas: 432
    Ano: 2015
    Sinopse:
    Laia é uma escrava. Elias é um soldado. Nenhum dos dois é livre. No Império Marcial, a resposta para o desacato é a morte. Aqueles que não dão o próprio sangue pelo imperador arriscam perder as pessoas que amam e tudo que lhes é mais caro. É neste mundo brutal que Laia vive com os avós e o irmão mais velho. Eles não desafiam o Império, pois já viram o que acontece com quem se atreve a isso. Mas, quando o irmão de Laia é preso acusado de traição, ela é forçada a tomar uma atitude. Em troca da ajuda de rebeldes que prometem resgatar seu irmão, ela vai arriscar a própria vida para agir como espiã dentro da academia militar do Império. Ali, Laia conhece Elias, o melhor soldado da academia — e, secretamente, o mais relutante. O que Elias mais quer é se libertar da tirania que vem sendo treinado para aplicar. Logo ele e Laia percebem que a vida de ambos está interligada — e que suas escolhas podem mudar para sempre o destino do próprio Império.


    Uma chama entre as cinzas foi um dos muitos livros que me apaixonei pela capa e resolvi ler. Ah, e mais uma vez, não me arrependi!!!


    A história já começa cheia de ação, os avós de Laia, nossa protagonista, são mortos por um Máscara, e seu irmão é levado ao Império, todos acusados de traição. Mas ela consegue fugir. Sua única esperança para salvar o seu irmão é encontrar a Resistência. Como ela sabe que eles existem? Os seus pais, que também estão mortos, foram seus primeiros líderes. Laia é uma Erudita.

    Do outro lado da história temos Elias, que está treinando para se tornar um Máscara. Mas esse não é o seu desejo. Tudo o que ele quer é ser livre. Fugir de Blackcliff. Mas ele sabe que o preço da deserção é a morte. Filho descartado ao nascer. Coração dilacerado pela mágoa.

    “Prefiro morrer a viver sem compaixão, sem honra, sem alma.”

    Nossos protagonistas vivem sob o jugo de um governo tirânico, a população é pobre e analfabeta, pois os Eruditos, uma espécie de casta responsável pela instrução, foram condenados a viver como escravos.

    “A vida é feita de tantos momentos que não significam nada. Então, um dia, ocorre um único momento que define todos os segundos depois dele.”

    Duas vidas tão diferentes terão os seus destinos cruzados. E isso já seria suficiente para termos uma mega história. Mas Uma chama entre as cinzas não é só isso!

    O que impulsiona Laia é a ideia de salvar o seu irmão. Para isso ela vai aceitar a missão que a Resistência lhe oferece: se tornar uma espiã da Comandante da Academia Militar de Blackcliff, uma mulher cruel e sem escrúpulos. É lá que Laia vai conhecer Elias, filho da Comandante e melhor soldado. Suas vidas serão interligadas graças a compaixão que Elias tem por toda vida humana. Mas essa história ainda vai muito além...

    “- Existem dois tipos de culpa - digo em voz baixa. - Aquele que é um fardo e aquele que lhe dá um propósito. Deixe que a culpa seja o seu combustível. Deixe que ela te lembre de quem você quer ser. Trace uma linha em sua mente e nunca mais a ultrapasse. Você tem uma alma. Ela foi ferida, mas está aí. Não deixe que tirem isso de você, Elias.”

    A história é intensa, profunda. Vai muito além de apenas uma história de ação. É verdadeiramente uma análise da alma humana. Fala de sentimentos, de caráter, de princípios e de tudo o que se torna a verdade de cada um. Narrado alternadamente por Laia e Elias, podemos conhecer a realidade de cada e o seu íntimo.

    Os personagens são muito bem construídos e cativantes. É impossível não torcer por eles. E a autora foi fantástica na descrição do amadurecimento de cada um, mostrando como as experiências, boas ou ruins, são capazes de transformar o ser humano.

    Os personagens secundários são um show à parte. Helene é a personificação da lealdade sem contestação. A Comandante vai despertar os piores sentimentos em você. E Izzi é a verdadeira expressão da coragem.

    Livro de estreia da Tahir, imagine o que vem por ai! A leitura flui num ritmo alucinante. E, ao mesmo tempo que você quer chegar ao final, quando ele se aproxima, você começa a querer que o livro tenha mais páginas para não se despedir dessa história.


    O livro é brutal, sim. Mostra uma realidade cruel e opressora. Os personagens são totalmente críveis. Você vai sofrer com cada maldade, vai torcer pelos oprimidos e vai vibrar com as suas conquistas. O que mais desejar de um livro? 


    Capa do próximo livro



    9 comentários :

    1. Drica, que maravilha saber que este livro é um favoritado. Quando vi no Skoob que a nota dele era 4,7, fiquei louca para ler mais. Li duas resenhas, as duas falando super bem, e agora mais uma. :D Percebi que fiz uma excelente escolha.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Sim, a historia e fantástica!!!

        Tem romance, aventura e ação na medida certa!

        Excluir
    2. Estou louquinha para ler esse livro! Adoro histórias assim. Sempre os leio muito rápido. É essa capa chama muito a atenção realmente. Também o leria apenas por ela kkkk e por ser uma história profunda deve envolver o leitor! Certeza de que lerei esse livro em breve!

      ResponderExcluir
    3. Olá Drica!!!
      Esse livro pelo que vi dele parece um pouco de distopia, mas juro que pela capa eu achava que o livro não iria me agradar.
      Por isso que dizem: Não julgue um livro pela capa rsrsrs
      A sinopse acaba chamando atenção, mas acaba deixando uma dúvida se deve ser lido ou não.
      Porém admito que sua resenha me fez perguntar como realmente é esse livro e me bateu a curiosidade de pegar ele agora e ler :3
      Acho que preciso de uma biblioteca com urgência rsrsrs
      Fiquei cativada e curiosa pela história pela sua resenha e pelo que autora traz por aí :)

      lereliterario.blogspot.com

      ResponderExcluir
    4. Olá!
      Não gosto desse gênero, mas se por acaso virasse filme, eu veria!
      Vou indicar para o meu irmão, ele sim gosta desse tipo de livro.

      ResponderExcluir
    5. Oi Drica! :D
      fiquei empolgada com a sua resenha... Realmente parece um livro brutal, mas vemos tantas coias por ai "opressoras" que não chega a me espantar tanto. Estou curiosa para conhecer o Elias, ele parece ser um personagem marcante. Só discordo com você em relação a capa, combina com a história, mas eu não goste muito!
      Bjs :*

      ResponderExcluir
    6. Oi Drica.
      O livro parece ser ótimo! Parece que tem muita ação, aventura e também promove reflexão sobre as atitudes humanas. Você o favoritou e na sua resenha consta vários pontos positivos. Mas, mesmo assim, não me despertou interesse =/

      ResponderExcluir
    7. Oi Dri,

      Esse livro está a muito tempo na minha whislist simplesmente fui conquistada pela capa e a cada resenha dele fico com mais vontade de ler.
      Terminei The Kiss Of Deception e amei acho que esse tem uma pegada parecida, mas pela sua resenha acredito que esse é mais intenso então não vejo a hora de ler.

      Bjs,
      Garotas de Papel

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Thi,

        li ele por causa da capa tb! Mas super valeu a pena! A história é linda e the kiss tá na minha lista!
        Gostos parecidos!!!

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!