• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Vic: Paixão Libertadora, Sophie Jackson @arqueiro

    Titulo: Paixão Libertadora – Desejo Proibido #2

    Autor(a): Sophie Jackson

    Editora: Arqueiro

    Ano: 2016

    Páginas: 352

    Sinopse:
    Max O’Hare já passou por muitos momentos difíceis na vida. Depois de perder um grande amor e ter que se internar numa clínica para se livrar das drogas, ele decide que é hora de trocar Nova York por uma cidade do interior, na tentativa de se reerguer ao lado da família.
    É lá que ele conhece a deslumbrante Grace Brooks. Amante da arte e da fotografia, ela parece a mulher perfeita. Mas o que Max não sabe é que ela guarda a sete chaves a verdade sobre o próprio passado.
    Atraídos um pelo outro, mas com medo das consequências que um relacionamento sério pode trazer a suas vidas já complicadas, eles fazem um pacto para que a relação seja apenas sexual, sem sentimentos envolvidos. Até que as coisas começam a mudar entre os dois...
    Presos a grandes medos e a segredos profundos, Max e Grace precisam aprender a confiar de novo e se entregar um ao outro não apenas de corpo, mas também de alma.



    Em Desejo Proibido, conhecemos a historia de Carter e Kat, e agora, nada mais digno do que entender um pouco mais da história do seu amigo Max. O turbulento e problemático, que não causou boas impressões no livro, e nos deixou querendo saber o que havia por trás dele. Apesar de ser um livro independente, aconselho ler Desejo Proibido para entender como tudo começou, e a minha resenha aqui vai te ajudar a refrescar a memória.


    Depois de ter seu melhor amigo cumprindo pena no seu lugar, ter um relacionamento fracassado por causa da perda de um filho e se entregar totalmente ao mundo das drogas, Max está em uma clinica de reabilitação para tentar recomeçar.

    O que é mais interessante na história é compreender todos os lados e todas as versões do seu passado trágico que conhecemos no livro 1 superficialmente, e não temos a mínima noção do quanto ela é profunda, triste e cercada de perdas de inúmeras formas.

    Depois de três meses de muito tratamento, com ajuda de alguns anjinhos especiais, os extraordinários e maravilhosos (eu espero muito que tenha livro sobre eles), Riley, psicólogo, e Tate, médico e seu terapeuta, ambos viraram seus amigos nesse momento delicado e foram essenciais para a sua recuperação. Os diálogos entre eles são os melhores! E meu amor total vai para o Tate... que figura, hein?!

    "Obrigado, mas "felizes para sempre" não existe para mim, doutor... Depois de todas as pessoas que perdi na minha vida, sei que essa é a droga da verdade.”.

    Na tentativa de mudar os ares, Max vai passar uns tempos com seu tio em West Virginia, e então conhece a graciosa Grace Brooks.

    Grace, assim como Max, não teve um passado fácil. Com marcas de violência e dor no corpo e na alma, ela também está tentando recomeçar. 

    O envolvimento entre eles é inevitável,  e eu fiquei encantada como a relação deles evoluiu para algo tão lindo, forte e maduro.

    "Na verdade, ela apaziguava um pouco da dor dele com seus sorrisos e seu entusiasmo, fazendo Max esquecer as merdas da vida e se concentrar nas coisas boas."

    Apesar do grande sentimento que nasce entre eles, eles tem que lidar com muitos obstáculos, principalmente com toda bagagem que eles carregam do passado.

    Para quem esperou muitas cenas com a Carter e a Kat, opa! Tem não... rs  Para que Kat e Carter quando se tem mil e uma emoções com Max e Grace? Hein?!

    Eu amo essas capas, tão envolventes e apaixonantes. E sobre a escrita da Sophie? Apaixonante!

    Eu desejo demais que essa duologia vire uma série. Porque não? Tia Sophie, nunca te pedi nada! Arqueiro, dá uma ajudinha ai rs...

    Espero que vocês se rendam também!


    "Você vai encontrar o seu caminho; são apenas os obstáculos da estrada, filho."



    0 comentários :

    Postar um comentário

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!