• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Resenha da Vic: A Redenção, Lisa Kleypas - @Gutemberg

     A Redenção

    The Travis Family #2

    Lisa Kleypas

    Editora: Gutemberg

    Ano: 2016

    Páginas: 256



    Sinopse:
    Herdeira caçula de um verdadeiro império, Haven é uma mulher obstinada que vive de acordo com os próprios princípios e que não tem medo de bater de frente ecom o pai, Churchill Travis, um dos homens mais ricos e respeitados do Texas. Mas ao cortar relações com ele para se casar com um homem que sua família desaprova, Haven vê sua vida se transformar num verdadeiro inferno... e não tem para quem pedir ajuda. Dois anos depois, Haven volta para casa, com a alma abatida e o coração fechado, determinada a construir sua vida sozinha. Mas Hardy Cates e seus irresistíveis olhos azuis cruzam seu caminho, e ele é a última pessoa que ela precisa encontrar. Hardy é o mais novo magnata da indústria petroleira de Houston, um homem de sangue quente que aprendeu desde muito cedo a não confiar em ninguém e que nunca mediu esforços para chegar aonde quer: ao topo! Em sua jornada alimentada pela ambição desmedida, ele conquista poder e inimigos, incluindo os homens da poderosa família Travis. O que ele não esperava era sentir suas defesas serem abaladas pela herdeira da família. Conseguirão duas pessoas que aprenderam da pior maneira que o amor pode ser o inimigo mais cruel deixar para trás todos os traumas e se permitir uma nova chance?




    Imaginem a minha felicidade depois de ter lido A  Protegida, em poucos meses já saber que a sua continuação estava em pré-venda!!! Oh, editora Gutemberg, vocês nunca decepcionam! 

    Dando continuação a saga da família Travis, temos agora a história da filha caçula e mais paparicada pelos homens dessa família.

    Haven sempre foi criada para ser a princesa do castelo Travis, mas algo deu errado no meio do caminho e, desde a morte da sua mãe, ela não consegue superar as expectativas do pai. O seu namoro com o Nick nunca foi aceito pela família e, é claro que, quando ela decidiu largar tudo e se casar, todo o tipo de relação com a família foi cortada.

    Todas as implicâncias que tanto o seu pai, quanto seu irmão Gage tinha com relação ao seu namorado e futuro marido, eram que ele não prestava. Não era o homem ideal para ela, só queria o seu dinheiro, era um encostado. Haven, como sempre, sendo do contra, apaixonada e enlouquecida por uma aventura, mudou de cidade e se casou com Nick sem ao menos hesitar. 

    "Foi um acidente de trem acontecendo bem na minha frente e eu não podia fazer nada sobre isso, exceto que não só eu estava assistindo, eu também estava no trem."

    De inicio, era só uma questão de adaptação, mas ao longo de dois anos, ela se viu casada com um monstro, que a machucava tanto psicologicamente quanto fisicamente. Nick a usava e fazia com que ela se sentisse incapaz. Sem dinheiro, dona de casa e totalmente dependente do marido, Haven não sabia como fugir e dar um basta em tudo. Até que um dia, depois de uma série de todos os tipos de violência imagináveis, ela fugiu.

    Refugiada na casa de Gage e Liberty (nosso casal amorzinho de A Redenção), demora um pouco para Haven ter dimensão de quão profundo Nick chegou a machucá-la. Aos poucos, ela vai retomando a sua vida, se reestruturando psicologicamente e voltando a ter um bom relacionamento com o pai.

    Em uma de suas tentativas de tentar levar uma vida normal, sem traumas e curtir um pouco a noite depois do trabalho, ela reencontra o homem que ela beijou por engano há dois anos no dia do casamento do seu irmão, na adega da sua casa (que cena engraçada!!!hahaha)

    Ver Hardy novamente e pensar que tudo poderia ter sido diferente se ela tivesse aceitado o seu convite de sair escondido do casamento, fez seu coração doer. E todos os sentimentos que ela teve naquele dia voltaram como se estivessem apenas adormecidos. Porém, as marcas deixadas por Nick estão recentes, e encarar um relacionamento nesse momento não está nos seus planos. E ainda mais em se tratando de Hardy, o amor de infância de Liberty, que sabotou os negócios do seu irmão Gage, levando todos da família a um excesso de raiva extremo por ele.


    "Na torrente selvagem de alívio e gratidão, havia pelo menos uma dúzia de coisas que eu queria dizer a ele de uma vez. Mas a primeira coisa que saiu foi um fervoroso, "Eu sinto muito por não transado com você." 
    Ouvi sua risada baixa. "Eu também. Mas querida, há um par de caras de manutenção comigo que podem ouvir cada palavra que está dizendo. " 
    "Eu não me importo ", eu disse desesperadamente. "Tirem-me daqui e eu juro que vou dormir com você."

    Ninguém manda no coração. 

    Ela seria a última mulher com que Hardy escolheria se relacionar, sendo irmã de quem é. E Haven, gostaria muito de não desapontar o pai mais uma vez nas suas escolhas amorosas... O destino realmente é imprevisível.

    Sinceramente? Eu não imaginei que eu fosse amar tanto esse livro.

    Hardy, sendo quem é desde o primeiro livro, eu não pensei que eu fosse gostar tanto dele! É fato que todos nós sabemos que ele sempre foi o amigo mais perfeito dos perfeitos para a Liberty quando ela mais precisou, porém a sua versão milionário e empresário no ramo do petróleo me fez ficar com o pé atrás.

    "Você sabe o que é sentir o cheiro dele, Haven? A testosterona. Ele está vazando fora de seus poros. "

    Mas, como a tia Lisa Kleypas não é boba nem um pouquinho, mostrou que esse homem é tudo de bom e mais um pouco. Desculpa, Gage, mas o Hardy tem suas qualidades e merece destaque! Rs

    Haven é uma mocinha muito real. Senti raiva, pena, compaixão, admiração e mil outros sentimentos por ela. O que ela se tornou depois que se separou do monstro do Niki foi uma mulher admirável! Guerreira, maravilhosa, diva <3

    O que é mais interessante é que eu comecei a ler este livro no mesmo dia em que participei do #ClubedoLivroAut, que acontece todo mês aqui em Salvador, e o livro do mês foi Amor Amargo, cujo tema central é relacionamentos abusivo. Então, imaginem a minha cabeça como ficou quando comecei a ler e vivenciar, de uma certa forma, todas aquelas situações com a Haven?

    Mulheres denunciem!! Sempre, sempre!!! E a culpa nunca é de vocês, manas.

    Sobre o relacionamento do Hardy e da Haven, eu nunca vi algo tão propício a dar errado, dar tão certo. Duas pessoas de realidades diferentes, famílias 'rivais', mas tão perfeitas uma para a outra. 

    Que casal engraçado, parceiro, amável! Creio que pelo fato do Hardy ter presenciado durante muito tempo e ser vitima também, do relacionamento violento do seu pai com sua mãe, ele soube realmente o que dizer e o que fazer com a Haven.

    "E ocorreu-me que a amizade era muito mais confiável, para não falar de longa duração, do que o amor."

    Meu casal de A Redenção está muito presente neste livro, e  o próximo livro é do Jack Travis.

    Eu queria muito esse livro na visão do Hardy, apesar de ser pouco provável. Será que é possível tia Lisa??? Seria muito amor se isso acontecesse.

    Me perguntaram se eu gostei mais do Gage ou do Hardy. Gente, para quer escolher um se eu posso ficar com os dois? Ou com os homens da série toda??? hahaha

    Adoro as capas dessa série, sempre revelam muito em tão pouco. Revisão perfeita, diagramação e folhas amareladas.

    Não vejo a hora do próximo da série. Super recomendado!!


    Capas nacionais dos livros já publicados.



     Toda a série com as capas originais.



    P.S.: Eu gosto mais quando a editora permanece com a capa original, porém, nesse caso, nem tem como questionar. As capas brasileiras são lindas de mais!!


    Sobre a série:

    2 - A Redenção
    3 -  Smooth Talking Stranger 
    4  -Brown-Eyed Girl 


    ''Eu já não acreditava na idéia de almas gêmeas, ou amor à primeira vista. Mas eu estava começando a acreditar que muito poucas vezes em sua vida, se tiver sorte, você pode encontrar alguém que era exatamente certo para você. Não porque ele era perfeito, ou porque você estava, mas porque suas falhas combinadas foram organizados de uma forma que permitiu que dois seres separados para dobradiça juntos. ''







    15 comentários :

    1. adorei...esse livro para mim é o melhor da serie

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, My!
        Eu tenho as minha dúvidas rsrsrs Mas amei!!

        Beijos, Vic.

        Excluir
    2. Não sabia o tema do livro, mas gostei que a autora tratou de temas complicados, como a violência, tenho certeza que o leitor fica bem aborrecido com Niki e suas atitudes. O casal principal é um o oposto do outro, mesmo assim conquista o leitor, achei as capas brasileiras bem mais bonitas! Ainda não conheço a escrita da autora mas tenho interesse

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Maria!

        O tema é realmente super bem abordado, e a raiva é inevitável. As capas brasileiras são lindas mesmo. Leia mesmo, não irá se arrepender.

        Beijos, Vic.

        Excluir
    3. Olá!
      Já tinha na minha lista de desejados A protegida, mas ainda não li. Adorei saber que já tem a continuação, dai posso ler os dois livros juntinhos!Gostei muito da premissa desses livros e estou bem curiosa para saber mais dessa história. Amei sua resenha, me deixou mais ansiosa para fazer a leitura. Capas lindas, concordo plenamente. Beijos.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Marcia!

        Você vaia ler os dois juntos. É uma série viciante, você vai amar

        Beijos, Vic.

        Excluir
    4. Como assim é uma série? Estou louca para ler o primeiro, mas agora estou mais curiosa por esse. Acabei de ler um livro com esse tema e queria ler outro com essa temática, então acho que já achei.
      Aí já estou encantada com o Hardy. E realmente as capas brasileiras estão BEM melhores.

      Bj

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi, Thiana!

        É uma série sim, seria tranquilo ler eles separadamente, mas as histórias são tão fantásticas... é até pecado não ler na ordem rs. Eu também tô nessa vibe de livros com essa temática, e depois desse já li outro hahahaha nada premeditado, coisas da vida mesmo.

        Beijos, Vic.

        Excluir
    5. começar pelas capas
      tenho que concordar contigo, as capas nacionais estão mais bonitas do que a original
      não sei... esse não faz muito meu estilo de livro, essa de ninguém manda no coração, sei lá acho meio clichê
      mas tvz eu dê uma chance
      p.s tem que ler na ordem?

      ResponderExcluir
    6. Oi!
      Li o primeiro livro e adorei então assim que vi que irão lançar tinha que ler, e mesmo o livro da Liberty e o Gage sendo o meu favorito adorei esse principalmente pela a Haven que desperta vários sentimentos no leitor ao longo do livro e que me conquistou e bem legal ver a mulher forte que ela é você definiu muito bem esse casal Hardy e da Haven nunca vi um casal com tanta tendencia a dar errado dar tão certo, adorei esse livro da Lisa e principalmente a mensagem que ele passa !!

      ResponderExcluir
    7. Olha, comentei no post de lançamentos q não me interessava, mas depois mudei um pouco de ideia, pq eu gosto quando os livros tem temas fortes e etc e mocinhas q se desenvolvem bem...Porem eu descobri q tem romance no livro e eu achei q fosse mais ser uma jornada de sair do ciclo de violencia e se reestabalecer e tal...Então eu não curti muito

      ResponderExcluir
    8. Estou pensando seriamente em me dar de presente essa série. amo romance de época e os livros da Lisa são uns amores! Aiaia romances são tudo de bom!

      ResponderExcluir
    9. Oi amei a resenha sou Simone de Salvador tbm onde tem os encontros? Gostaria de participar um bjo.
      Meu e-mail simonetrindade2@hotmail.com

      ResponderExcluir
    10. Oi, Simone,

      os encontros acontecem todo terceiro sábado de cada mês na Livraria Leitura do Shopping Bela Vista. Mas acompanhe nossa página no Face, sempre divulgamos outros eventos lá.

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!