• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Estante da Tata: Raio de Sol, Kim Holden - @EditoraPlaneta

    Segredos.
    Todo mundo tem um.
    Alguns são maiores que os outros.
    Alguns, quando revelados,
    Podem curar você...
    E outros podem acabar com você.
    Faça épico, costuma dizer Kate Sedgwick quando quer estimular alguém a dar o melhor de si. Nascida numa família-problema, com direito a mortes e abandono, a garota de dezenove anos sempre buscou fazer a diferença. Em vez de passar os dias lamentando os infortúnios da vida, como tantos fariam em seu lugar, sempre vê as coisas pelo lado positivo não é por outro motivo que Gus, seu melhor amigo, a chama de Raio de Sol. E é por isso que, quando passa na faculdade e se muda da ensolarada San Diego, na Califórnia, para a fria cidade de Grant, em Minnesota, ela leva consigo apenas boas lembranças e perspectivas. O que ela não espera é que será surpreendida pelo amor único aspecto da vida em relação ao qual nunca quis ser otimista ao conhecer Keller Banks, um rapaz que parece corresponder aos seus sentimentos. Acontece que tanto ele quanto ela têm um segredo. E segredos, às vezes, podem mudar tudo.
    Raio de Sol
    Kim Holden
    Ano: 2016
    Páginas: 448
    Editora: Planeta

    Lá estava eu, inocentemente procurando um livro legal e divertido para ler antes de dormir quando eu me bato com Raio de Sol.

    A sinopse era interessante, parecia inofensiva com uma pegada de Pollyanna e me levou a crer que o livro era um desses livros genéricos de romance, com algum triângulo amoroso ou sei lá, que eu leria em poucos dias e seguiria em frente.

    Eu não poderia estar mais errada.

    Esse livro é lindo, esse livro é amor, esse livro é maravilhoso!

    Quando eu terminei de ler esse livro, me senti como se um caminhão tivesse passado por cima de mim, de uma maneira boa (eu sei que parece estranho, mas foi assim que me senti). Mas não foi só isso, eu passei umas boas duas semanas remoendo e pensando sobre o livro, sobre a sua mensagem e em seus personagens.

    Agora eu preciso dar um aviso, se você não gosta de livros que te fazem chorar, colega, esse livro definitivamente não é para você. Mas, de qualquer forma saiba que, apesar de toda a tristeza, o livro tem, na verdade, uma beleza tão intricada e uma mensagem positiva tão bonita que supera quase todos os momentos tristes.

    O que me surpreendeu foi que eu não dei nada por essa história, eu fui lendo e o livro estava indo bem e tal, passando mensagens de vida interessantes, eu estava curtindo a coisa toda, todo mundo feliz e ai BUM na minha cara. Mas devo dizer que foi um BUM bem dado e super inesperado.

    Eu não vou dar spoilers para você que está lendo esta resenha, mas eu preciso dizer que eu NUNCA, na minha vida, chorei tanto lendo um livro como chorei lendo esse. Eu fiquei parecendo uma maluca, 3hrs da manhã, soluçando, sem saber o que fazer com a minha vida depois do final desse livro.

    Eu gostaria de conseguir explicar como os personagens desse livro me marcaram.

    A Kate é uma protagonista incrível, uma protagonista com a qual você realmente se importa, ela é uma personagem maravilhosa, que vê a vida de uma forma tão diferente e bonita e eu amei ela, amei sua bondade, amei sua amizade com o Gus e o seu relacionamento com o Keller. Se todas as pessoas tivessem dentro dela um pouco da Kate, o mundo seria um lugar bem melhor.

    Eu não vou mentir, eu gostei do Keller e seu coração quebrado. Ele mereceu a Kate, mereceu ela ter concertado as suas peças quebradas e o amor que ela deu pra ele.
    “Permita-se ser amado. Com todas as fibras do seu ser.”
    Mas acima de tudo, de tudo mesmo, eu amei o Gus. Ele ganhou o meu coração em todas as cenas e depois que terminei o livro, passei semanas pensando nele, tendo meu coração destroçado em empatia. O Gus é uma pessoa maravilhosa, tão maravilhosa quanto a Kate. Todo o relacionamento deles, a forma como ele a chama de seu Raio de Sol, toda a história por trás disso e da amizade deles tocou meu coração de uma forma que poucos livros fizeram.

    Eu aplaudi ele por colocar a sua dor, sua tristeza e seu amor de lado para se fazer de forte por aqueles que precisavam dele. No final, quando ele quebrou, tudo o que eu mais queria fazer era abraçar ele e dizer o quão incrível ele era! Gus merecia mais, ele merecia muitoooooooooo mais do que ele recebeu!!

    E não, ele não morreu ou algo assim.

    E não, isso não é spoiler porque Raio de Sol é o primeiro livro de uma duologia, o segundo livro da série se chama Gus (ainda não lançado no Brasil) e conta a história do que aconteceu com o Gus depois do final de Raio de Sol.

    Só queria dizer um MUITO, MUITO obrigada, do fundo do meu coração, a autora por fazer esse segundo livro porque o Gus merecia isso e nós, pobres mortais, precisávamos disso tanto quanto.

    Antes de terminar essa resenha eu só gostaria de dizer uma coisa: Leia, abra o seu coração e leia esse livro, ele pode ser triste em alguns momentos, mas vai fazer valer todas as lágrimas (e vão ser muitas) que você derrubar.

    Ps: Tem alguns meses que eu li esse livro e mesmo assim ainda não conseguir superar o final dele e vez ou outra me pego pensando nisso.

    Ps: Eu fui reler algumas partes desse livro para fazer a resenha e me peguei chorando tudo de novo mas também me peguei percebendo que algumas lagrimas valem a pena e que as vezes, se você olhar com cuidado, existe muita beleza na tristeza.

    Ps: Alguns livros a gente leva dentro do coração, Raio de Sol é um desses livros pra mim.

    Ps: Como diz a Kate:

    “Você é corajoso… Agora, vá… faça épico!
    É uma ordem. Ande. Por favor.” 


     

    2 comentários :

    1. Oi, Tata. Você expressou tudo aquilo que eu senti ao ler o livro. Também não sabia o que esperar do livro, e quando fui chegando ao final, meu coração foi se quebrando cada vez mais. Eu fiquei extremamente abalada com a leitura do livro, chorei horrores e só posso dizer que foi um dos livros mais maravilhosos desse ano!
      Beijo, Leitora Encantada

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Miriã, bate aqui colega! Que bom achar alguém que compartilhe o que eu senti lendo esse livro!

        Somos do clube de corações arrasados pela Kim haha

        E concordo com você, o livro é maravilhoso <3

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!