• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Leitura da Drica: Sangue na neve, Jo Nesbo

    O mestre do thriller escandinavo está de volta. Olav tem apenas um talento: matar pessoas a sangue-frio. Não há nada que ele preze mais que ter o poder sobre a vida e a morte. Porém, sua natureza sensível é proporcional às suas habilidades como matador de aluguel. Uma vez tentou roubar bancos, mas não deu certo – ele se sentiu tão culpado que foi visitar uma das vítimas no hospital. Agenciar mulheres para prostituição, idem – Olav se apaixona muito fácil. O assassinato foi tudo que lhe restou.Ele leva uma vida solitária em Oslo até se ver envolvido em um trabalho importante para um dos mais perigosos chefes do crime organizado na cidade, Daniel Hoffman. Ao aceitá-lo, Olav finalmente conhece a mulher da sua vida, mas logo se depara com dois problemas. O primeiro é que ela é a esposa do chefe. E o segundo é que ele foi contratado para matá-la.
    Sangue na Neve
    Jo Nesbø
    Ano: 2015
    Páginas: 154
    Editora: Record


    Adoro policiais, mas nunca tinha lido nada do Jo Nesbo e confesso que tenho sentimentos antagônicos em relação a esse livro.


    Nosso protagonista é Olav (não Olaf, não confundir...), um matador de aluguel que tem sentimentos. Ele trabalha oficialmente para Daniel, um dos maiores chefes do tráfico da região. Mas o seu sonho é se aposentar. Mas aí você se pergunta: por que Olav é um matador de aluguel? Será que é porque ele gosta de matar? Será que é porque ele é um cara violento? Não, nada disso. Olav é um cara com ‘sentimentos’ e ‘princípios’. Ele até tentou roubar, mas não é tão inteligente, e tentou ser cafetão, mas ele não consegue machucar mulheres.

    Por isso a sua nova missão é tão crucial: Daniel pede que ele mate a sua mulher. Ele até tenta dissuadir Daniel da ideia, mas aceita o trabalho.

    Mas a medida em que ele começa a observar a esposa de Daniel para elaborar o seu assassinato ele descobre que ela é uma mulher frágil, que parece ser abusada sexualmente pelo amante, e isso é suficiente para que o coração de Olav balance. 

    A história é narrada pelo próprio Olav, toda em primeira pessoa, o que garante o mistério porque só temos a sua visão das coisas. A escrita é leve e flui rápida, sem nenhum entrave ou grande dilema.

    A história e seus mistérios são muito legais, você vai se surpreendendo a cada virada de página onde nada do que parece é bem o real.


    Lamento apenas pelo personagem principal que não me cativou em nenhum momento. Não consigo associar um matador de aluguel com tantos sentimentos, que se deixar levar por eles e que acaba sendo traído pelos mesmos. 


    11 comentários :

    1. Ainda não li nenhum livro do autor mas tenho vontade de ler, esse apesar de se tratar de um assassino deve ser divertido, pois que enrascada ele se meteu ter que matar a mulher por quem esta apaixonado. Também achei estranho o personagem pois que especie de assassino que ele é, tendo vários sentimentos, geralmente são cruéis e agem a sangue frio, mas mesmo assim gostaria de ler para saber o desenrolar da trama.

      ResponderExcluir
    2. ainda não li nada do nesbo
      e olha que eu adoro um bom policial
      que chato que vc não conseguiu conectar com o personagem, para mim isso é fundamental
      mas mesmo assim eu vou colocar na minha lista

      ResponderExcluir
    3. Oi, Drica!!
      Comecei recentemente a ler um livro desse autor. Estou lendo no momento Boneco de neve. Como só li poucas páginas ainda não da para dizer nada, mas estou gostando da escrita de Jo Nesbo. Espero terminar esse livro para quem sabe ler também Sangue na neve!!
      Beijoss

      ResponderExcluir
    4. Drica, senti um pequeno spoiler no último parágrafo rs. O Olav está igual o caçador da Branca de Neve, pelo motivo de ter sentimos em um assassino.
      Ainda não li nenhum livro do Jo Nesbo, sua resenha é o primeiro contato que tive com o autor, mas percebo que esse livro merece ser livro. Fiquei curiosa sobre os mistérios que rondam a trama e o que acontecerá com o Olav.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Não é spoiler n, Nicoli rsrsrs. Acontece logo no começo do livro.

        Excluir
    5. Drica!
      Acredito que aí está o grande suspense do livro... o fato do protagonista ter sentimentos e ficarmos na dúvida se ele irá ou não cumprir sua missão.
      O livro merece minha atenção e tenho vontade de ler.
      Desejo uma ótima semana!
      “A parte que ignoramos é muito maior que tudo quanto sabemos.” (Platão)
      cheirinhos
      Rudy
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    6. Oie!
      Eu tenho esse livro! Mas ainda não li. Também quero outros livros desse autor, pois estou fascinada pelas sinopses, já que adoro esse gênero.
      Ótima resenha.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    7. Olá!
      Já conhecia o livro, estou doida pra ler!
      O fato do personagens ter sentimentos e ser um assassino q me chamou atenção, espero conseguir ler em breve...
      Bjs

      ResponderExcluir
    8. Livro muito bom embora eu tenha achado Olav um tanto bonzinho e legalzinho para um assassino profissional, acho que ele poderia ser mais implacável e cruel.O livro é bom!

      ResponderExcluir
    9. Oi!! Apesar de batido, acho muito legal essa coisa do matador de aluguel que se apaixona pela vitima e eu leria, com certeza. Essa coisa do personagem principal não ser cativante é meio triste, mas...

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!