• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Lendo com a Dani: As Cordas Mágicas, Mitch Albom

    Francisco Presto nasceu numa pequena cidade da Espanha em plena guerra civil. Com a infância marcada por tragédias, Frankie se torna pupilo de um professor de música cego, que se dedica a lhe ensinar tudo o que sabe.
    Ao completar 9 anos, ele foge para os Estados Unidos carregando consigo apenas seus bens mais preciosos: um violão e seis cordas mágicas.
    Com um talento fora do comum para tocar e cantar, Frankie rapidamente alcança o estrelato e influencia o cenário musical do século XX, apresentando-se ao lado de nomes consagrados como Elvis Presley e Little Richards.
    No entanto, seu dom se transforma em um terrível fardo quando ele percebe que pode afetar o futuro das pessoas: uma corda de seu violão fica azul cada vez que uma vida é alterada.
    No auge do sucesso, assombrado por seus erros e por seu estranho poder, Frankie sai de cena por anos, apenas para ressurgir para um espetacular e misterioso adeus.
    As Cordas Mágicas (The Magic Strings Of Frankie Presto)
    Autor: Mitch Albom
    Editora Arqueiro (2016)
    352 páginas 

    Um livro que foi além de minhas expectativas. 
    Ele é um drama com toques de magia, no sentido de que ocorrem fatos inexplicáveis, não esperem poções, varinhas ou coelhos na cartola.

    O autor criou um personagem tão bem construído que, num primeiro momento, tive certeza de estar lendo uma biografia, e quando a realidade bateu, Frankie não existe além das páginas, meu coração partiu, pois uma pessoa com tamanha habilidade merecia ser real.

    Mitch Albom sempre atiçou minha curiosidade, mas foi meu primeiro contato com seu trabalho. Valeu a pena, e me sinto ansiosa para conferir outros títulos dele. Com uma escrita tão expansiva, que precisei controlar a ânsia de ler tudo de uma vez.

    Todos os personagens foram bem descritos, cada participação que me deixava curiosa, e quando mais para frente o autor encaixa as peças e vai mostrando além do que pude perceber, cada elo, cada reação e ação, fiquei boquiaberta.

    Foi minha última leitura do ano e garanto que valeu cada virada de página.


    Frankie Presto nasceu durante o Terror Rojo (Terror Vermelho), em Valência, Espanha, no ano de 1936, e a parte que seu nascimento nos é narrado me deixou tensa.

    Mas, antes de tudo, devo dizer que a trama é narrada por uma terceira pessoa, tão mágica e inebriante que só por essa inovação fiquei fascinada. Que ideia maravilhosa do Sr. Albom!

    A vida de Frankie desde o nascimento foi de perdas, mas o destino acaba lhe ajudando quando tudo parece perdido para um garotinho de um ano, entregue à morte, surge um cão pelado e um fabricante de sardinhas solteiro.

    E só de escrever isso, lágrimas embaçaram meus olhos.

    Baffa Rubio foi um anjo, que cuidou dele até que não lhe foi mais possível e ainda assim, fez tudo o que podia para garantir um futuro para Francisco.

    Acompanhar o crescimento dele e a interação com Baffa vem numa mistura de descoberta da música, dos horrores da Guerra Civil Espanhola, do primeiro amor e de recomeços.

    Não pense que este é um livro de romance água com açúcar, pois vai cair de cara no chão. Ele é mais do que isso, é a vida nada fácil de um garoto que tem que crescer se adaptando, tendo como único companheiro fixo a música e seu violão.

    E a música vai trilhar um belo caminho para este talentoso violonista.

    Amei Carmencita que apesar do horror à sua volta, não deixou a fé de lado; Baffa Rubio que não pensa duas vezes em cuidar de um bebê abandonado; El Maestro, que vai ajudar o garotinho a desenvolver seu talento; Aurora que em alguns momentos me deixou cética com relação à ela, mas ao longo da leitura vai mostrando mais de seu caráter.

    Mitch Albom antecede cada capítulo com uma entrevista de pessoas do meio musical que conheceram Francisco Presto  e cada capítulo por sua vez tem a narradora fantástica dando seu aval e nos contando os momentos mais importantes da vida dele.

    Tudo isso enquanto o serviço fúnebre é preparado.

    O livro nos traz lições maravilhosas: não devemos desistir ao primeiro obstáculo; por vezes precisamos recomeçar, mesmo que seja extremamente assustador; o coração pode operar milagres.

    Adorei saber que algumas das pessoas realmente são reais e deram autorização ao autor para serem incluídos no livro.

    E tem outro fator que adoro: citações musicais, de Elvis à Adele. Histórias que, para mim, eram desconhecidas como a do Ritchie Valens, afinal quem não conhece a música La Bamba? Mas será que sabe o que houve com seu intérprete?

    Mitch Albom mistura pessoas reais e cria um livro de ficção que se assemelha a uma realidade alternativa que seria mágica com alguém como Frankie Presto contribuindo para a música. 

    Um livro com muitos ganchos que serão explicados e nos deixa maravilhados.

    A Editora Arqueiro conseguiu superar na arte, com a capa linda, e os detalhes que separam cada parte da trama (são seis) e cada início de capítulo.


    As Cordas Mágicas é intenso, caloroso, um tanto doído, mas nos mostra que por mais que tenhamos pedras em nosso caminho, o que conquistamos é o que importa e muitas vezes sem aquelas pedras, não teríamos nada do que amamos e prezamos.  Que por mais que a nossos olhos não sejamos importantes, não é o que pensamos que realmente vale, mas o que as pessoas observam em nós e elas quando nos amam, enxergam quem somos de verdade. 

    Venham acompanhar a incrível jornada de Frankie Presto da Espanha aos Estados Unidos, do desconhecido à fama e, vice e versa. 



    19 comentários :

    1. Menina, eu fiquei louca por esse livro desde que vi o lançamento dele. Fiquei ainda mais agora, depois de ler sua resenha. Bom saber que o livro é tão bom quanto parece ser!

      =)

      Suelen Mattos
      ______________
      ROMANTIC GIRL

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Suelen, esse livro é maravilhoso, tem de tudo!!! Fiquei maluca para ler rápido e ainda assim queria ir com calma.
        Obrigada!

        Excluir
    2. Dani!
      Deve ter sido mesmo bem sofrida a vida do protagonista e como gosto de dramas, ainda mais regados a música, fiquei com grande vontade de ler e conhecer um pouco mais sobre a trágica história de Francisco.
      “Qualquer situação na qual você se encontre é um reflexo exterior do seu estado interior de existência.” (El Morya)
      FELIZ 2017!
      cheirinhos
      Rudy
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
      TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Rudy, a vda de Frankie foi sofrida, mas com momentos maravilhosos também! O livro é bem intenso e completo! E quando as cordas se unem e entendemos, só podemos suspirar!
        Obrigada.

        Excluir
    3. Tenho vontade de ler esse livro desde que o vi. Achei bem diferente a historia, deve ser muito comovente e angustiante, essa parte do nascimento que te deixou tensa, fiquei curiosa gosto de leituras que me deixam tensa, com o coração na mão. Parece dar um empurrão no leitor para seguir em frente apesar das dificuldades essa leitura.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Maria, sim é bem tenso, com certeza você vai gostar, mas não se engane não há dificuldade na leitura, é rápida e fluida!
        Obrigada!

        Excluir
    4. Olá!
      Adorei a resenha!
      Curto mto qdo o enredo envolve músicas na historia, qro mto ler!
      Bjs

      ResponderExcluir
    5. Dani, que resenha foi essa? Sinceramente, quero muito poder ler esse livro. Achei tão interessante, intrigante; fiquei maravilhada. As citações de músicas dão um charme a mais ao livro, além do livro apresentar pessoas reais. Quando você disse que antecede cada capítulo com uma entrevista de pessoas do meio musical, esqueci que era um livro de ficção. Além do mais que essa leitura deve deixar lágrimas nos olhos e um coração apertado.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá Nicoli, é muito legal, tem o contexto histórico, as personalidades, as curiosidades e ele mescla a ficção tão bem que parece mesmo real.
        Sim, eu acabei derramando umas lágrimas realmente.
        Obrigada.

        Excluir
    6. Me fascinou que a Musica conte a história da vida do Frankie. Pela sinopse eu não leria por imaginar um drama sem fim. Amei a resenha e se virou favorito tem muito coisa linda para descobrir S2 só espero não chorar

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Thaynara pode ler sem esperar drama da página inicial ao fim. Vale muito a leitura!
        Obrigada!

        Excluir
    7. Oi!!

      Acho que eu ainda não tinha ouvido falar nem da obra nem do autor, mas se eu não dei muito pelo livro através da capa e da sinopse (apesar de linda e ok), sua resenha me conquistou. Saber que é um livro forte, sobre uma vida dificil numa época mais dificil ainda me deu muita vontade de ler!!

      bjbj

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. É um livro maravilhoso que mexe com os sentimentos durante a leitura!

        Excluir
    8. Não só de tristezas é sobre esse livro, mas também de amizades, de amor e principalmente como a música faz parte de cada ser humano. Estou louquinha pra ler esse livro e gente, QUE CAPA LINDA É ESSA?

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Carolina este livro é uma caixa de surpresa! Vai ter de tudo!
        SIIIIM, essa capa é linda demais!

        Excluir
    9. Estou louca de vontade de ler esse livro! Adorei a resenha!! E a edição está fantástica. Não tenho dúvidas que vou me apaixonar por essa leitura!!
      Beijos

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. A arqueiro é muito cuidadosa com o trabalho gráfico, e neste caso não deixou a desejar!

        Excluir
    10. Olá.
      Suas palavras, em descrição ao livro, estão muito bonitas e bem escritas.
      Parece ser uma leitura um pouco dramática e sofrida, mas com uma bonita mensagem, como você mesma descreveu, com suas palavras.
      Espero ter a oportunidade de ler.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    11. oi dani,
      eu estou super dividida em relação a esse livro
      por um lado eu estou fugindo de drama, mas por outro lado a história parece ser tão rica que vale a pena acompanhar os problemas e sofrimentos
      sem falar que eu acho bem legal essas histórias que colocam pessoas de verdade como personagens
      criando coragem para ler
      adorei a resenha (garanto que se eu ler foi graças a vc)

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!