• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Book da Gata: Ensnared, Rita Stradling

    A Near-Future Retelling of Beauty and the Beast Alainn’s father is not a bad man. He’s a genius and an inventor. When he’s hired to create the robot Rose, Alainn knows taking the money is a mistake.
    Rose acts like a human. She looks exactly like Alainn. But, something in her comes out wrong.
    To save her father from a five year prison sentence, Alainn takes Rose’s place. She says goodbye to the sun and goes to live in a tower no human is allowed to enter. She becomes the prisoner of a man no human is allowed to see.
    Believing that a life of servitude lies ahead, Alainn finds a very different fate awaits her in the company of the strange, scarred recluse. 
    Esnared
    Rita Stradling
    Ano: 2017 
    Páginas: 380
    Idioma: inglês
    Editora: Rita Stradling


    Alainn is a normal girl, devoted daughter and a loyal friend who is desperate to help her father get rid of the chain by going to the home of the recluse Lorccan, a multimillionaire geek who commissioned a Rose model robot for her father.

    Lorccan does not leave his tower, nor has he contact with any human but the computer, a closed and serious boy, however very gentle, vulnerable, and needy.
    In an act of madness, Alainn accepts the idea of ​​his father's robot and pretends to be the contracted robot so that Lorccan does not have the scientist arrested because he has not delivered the product in time.

    In this futuristic retelling of the story of Beauty and the Beast, narrated in the third person many times from Alainn's point of view, the writer presents all the main elements present in the original story in a very creative, attractive and simple language with many moody moments. It was lovely to see Alainn gradually overturning Lorccan's barriers and all the details used to bring them closer together.

    Highlight for Blue and her little friends. It was essential for me to have them present for the final resolution, and also for Colby ,Alainn’s brother, who surprised me a lot because I never imagined he was so interesting. Also I can not stop talking about the character who is related to Gaston. Wow! I would never guess who he is in this book. Perfect choice.

    A book about seeing beyond appearances, of course, but above everything about family relationships and friendship, about second chances and about a lot of love.

    I really liked the plot and I fell in love with Alainn and Lorccan, just not favorite because I found:

    - the beggining a little slowly and filled with some unnecessary details 

    - the end that was electrifying and deserved more details ends too fast.

    I loved the cover with the big reference to the original story and computers.

    Kisses, Myl


    Uma Revelação Próximo-Futuro da Beleza e da Besta
    O pai de Alainn não é um homem mau. Ele é um gênio e um inventor. Quando ele é contratado para criar o robô Rose, Alainn sabe tomar o dinheiro é um erro.
    Rose age como um ser humano. Ela é exatamente como Alainn. Mas, algo nela sai errado.
    Para salvar seu pai de uma pena de prisão de cinco anos, Alainn toma o lugar de Rosa. Ela diz adeus ao sol e vai viver em uma torre que nenhum ser humano tem permissão para entrar. Ela se torna prisioneira de um homem que nenhum ser humano tem permissão para ver.
    Acreditando que uma vida de servidão está à frente, Alainn encontra um destino muito diferente espera-a na companhia da reclusa estranha, com cicatrizes.

    Alainn é uma garota normal, filha dedicada e amiga leal que está desesperada para ajudar o pai a se livrar da cadeia, indo até a casa do recluso Lorccan, geek multimilionário que encomendou um robot modelo Rose para o pai dela. 

    Lorccan não sai de sua torre nem tem contato com nenhum humano a não ser pelo computador, um rapaz fechado e sério mas muito gentil, vulnerável e carente.

    Num ato de loucura, Alainn aceita a ideia da robô de seu pai e se faz passar pelo robô contratado para que Lorccan não mande prender o cientista por não ter entregado o produto a tempo.

    Nesta releitura futurista do conto de A Bela e a Fera, narrado em terceira pessoa, muitas vezes sob o ponto de vista de Alainn, a escritora apresenta todos os elementos principais presentes no conto original de forma bem criativa, atrativa e utilizando uma linguagem simples e, em vários momentos, bem humorada. Foi lindo ver Alainn, aos poucos, derrubando as barreiras de Lorccan e todos os detalhes utilizados para aproximar os dois.

    Destaque para Blue e seus amiguinhos. Para mim foi essencial a presença deles para a resolução final e também Shelly, que me surpreendeu bastante, pois nunca imaginei que ela era interessante. Também não posso deixar de falar do personagem que está relacionado com Gaston. Nossa! Nunca iria imaginar.

    Gostei muito da trama e me apaixonei por Alainn e Lorccan,só não favoritei porque achei:

    - o inicio um pouco demorado e cheios de alguns detalhes desnecessários e 

    - o fina,l que foi fervilhante, e merecia mais detalhes foi um pouco corrido.

    Adorei a capa com a referência ao conto original e aos computadores.

    Beijos, Myl


    3 comentários :

    1. Oi Mylena,
      Gostei muito dessa releitura futurista. Eu gosto da bela e a fera, mas não sou tão fã e é interessante essa abordagem de criação sem mexer na estrutura da história. Obg pela ^^ bjus

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!