• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Books da Gata: Girl off the Grid


    From USA Today bestselling author, Jillian Dodd, and her daughter, Kenzie Harp, comes a travel romance that will take you on the adventure of a lifetime.
    NYC fashion blogger, Camille Caldwell, gets offered a dream job by her favorite magazine. They’re going to send her on an all-expenses paid eco-trip to Costa Rica. She doesn’t know what that means, but she assumes she’ll wear fabulous clothes, sip Piña Coladas on the beach, and have her photo taken “out in nature.” Really, the hardest part of the assignment will be giving up social media while she’s gone.
    Going off social media is no big deal for London-based wildlife photographer, Adam Lloyd. The only reason he even has an account is to share his photos with the world. He’s thrilled when an international publication wants to hire him, until he finds out it’s a fashion magazine. He decides to take the job anyway—after all, it will be great for his portfolio. But the minute he sees Camille, he knows it was a mistake. She has too much luggage, is too high maintenance, and way too pretty.
    When they meet, their feelings are mutual—they hate each other. Can these two stop fighting long enough to complete their assignment? Will Camille give up and go home when she discovers there’s nowhere to plug in her hair straightener?
    Or will they both realize that sometimes you have to go off the grid to find yourself?
    *** 20% of our profits during release week (and 10% thereafter) will be donated to the Sea Turtle Conservancy. It is the oldest sea turtle research and conservation group. It was founded in 1959 by Dr. Archie Carr. Their headquarters are in Florida, but they have programs worldwide that work to conserve sea turtle populations through education, research, advocacy, and protection of natural habitats. They also have a research station in Tortuguero, Costa Rica which was one of the places they visited in the book. *** 

    I begin by saying that I love a double-written book, especially when they are mother and daughter with a good relationship as they show and the fact that they wrote a YA's book about wild life protection and the fact that it was an experience that the daughter herself had, attracts even more by showing real sites.


    Camille is the type of girl who did not have to battle hard in life, coming from a rich and wealthy family, always interested in the fashion world she makes a success with a blog of fashion tips and makeup. Upon receiving the proposal to go to Costa Rica, she convinces the parents that everything will be simple and very good for her until the moment she is faced with the unglamorous reality that awaited her.

    Adam, on the other hand, is a wildlife photographer who accepts his father's proposal to increase his portfolio and give prominence to his work. He knows exactly what awaits him and is outraged at having to put up with Camille.

    The book brings a light writing with first person chapters alternating the point of view of each protagonist and shows well the dynamics of this type of tourism with its natural and rustic appeal and without the facilities of modern life. The book has been entertaining almost a juvenile chicklit with a beautiful background romance plus having an air of reality show because of the daily videos that Camille needs to record about her feelings while traveling.

    Both characters needed to get out of their comfort zone and their friendship grows in a dynamic and cute way and they end up breaking the prejudices that each one has over the other. The way each one conveys what they feel on each ride made me feel there and live with them all.

    I loved the way the parents participated in each one's decision and the way Adam shows how his parents' love happened.

    I loved the cover and the title, very well chosen passing the fun and adventurous atmosphere of the plot.

    What did not make me favorite was the way the writers developed the ending. I had a great expectation when I realized how everything was going on and as I drew to a close I hoped for a better explanation for one of the situations mentioned by Camille in her video at the moment when the plot point of the book occurred, in addition I expected an epilogue or a less Abrupt end .

    Anyway, in general I liked it too much and worth the reading and because of the end I hope the writers write other books showing more the couple and other adventures.

    Kisses, Myl


    O autor de best-sellers dos USA Today, Jillian Dodd, e sua filha, Kenzie Harp, trazem um romance de ecoturismo que o levará à aventura de toda a vida.
    A blogueira de moda da NYC, Camille Caldwell, recebe uma oferta de trabalho dos sonhos por sua revista favorita. Eles vão enviá-la para uma viagem ecológica com todas as despesas pagas para a Costa Rica. Ela não sabe sobre como vai ser, mas ela presume que vai usar roupas fabulosas, saborear Piña Coladas na praia e tirar fotos dela "na natureza". Na verdade, a parte mais difícil da tarefa será desistir das mídias sociais enquanto ela está lá.
    Sair das mídias sociais não é um grande problema para o fotógrafo de vida selvagem, Adam Lloyd, que mora em Londres. A única razão pela qual ele tem uma conta é compartilhar suas fotos com o mundo. Ele está empolgado em saber do interesse de uma publicação internacional em seu trabalho, até descobrir que é uma revista de moda. Ele decide fazer o trabalho de qualquer maneira - afinal, será ótimo para o seu portfólio. Mas no momento em que ele vê Camille, ele sabe que foi um erro. Ela tem muita bagagem, muito fresca e muito bonita.
    Quando se encontram, seus sentimentos são mútuos - eles se odeiam. Esses dois vão parar de brigar por tempo suficiente para completar sua tarefa? Camille desistira e vai para casa quando descobrir que não há nenhum lugar para ligar o alisador de cabelo?
    Ou ambos perceberão que às vezes você tem que sair da zona de conforto para se encontrar?
    *** 20% de nossos lucros durante a semana de lançamento (e 10% depois) serão doados para o Sea Turtle Conservancy. É o grupo mais antigo de pesquisa e conservação de tartarugas marinhas. Foi fundado em 1959 pelo Dr. Archie Carr. Sua sede está na Flórida, mas eles têm programas em todo o mundo que trabalham para conservar as populações de tartarugas marinhas através da educação, pesquisa, advocacia e proteção de habitats naturais. Eles também têm uma estação de pesquisa em Tortuguero, Costa Rica, que foi um dos lugares que os personagens visitaram no livro. ***

    Já começo dizendo que adoro livro escrito em dupla, principalmente quando a dupla é de mãe e filha com um entrosamento tão bom como tiveram. E o fato de que escreveram um infanto-juvenil sobre trabalho de proteção a vida selvagem e tendo sido uma experiência que a própria filha de Jillian teve, atrai mais ainda por mostrar locais reais. 

    Camille é o tipo de garota que não precisou batalhar muito na vida, vindo de família rica e abastada, sempre se interessou pelo universo fashion e de elite e faz sucesso com um blog de dicas de moda e maquiagem. Ao receber a proposta de ir para a Costa Rica, ela convence os pais de que tudo será simples e muito bom para ela ate´o momento em que se depara com a realidade nada glamourosa que a esperava.

    Adam, ao contrário, é um fotografo especializado em vida selvagem, que aceita a proposta do pai para aumentar seu portfólio e dar destaque a seu trabalho. Ele sabe exatamente o que o espera e fica indignado ao ter que aguentar Camille.

    O livro traz uma escrita leve, com capítulos em primeira pessoa alternado o ponto de vista de cada protagonista e mostra bem a dinâmica deste tipo de turismo com seu apelo natural e rústico e sem as facilidades da vida moderna. O livro foi divertido, quase um chicklit juvenil, com um belo romance de pano de fundo, além de ter um ar de reality show por causa dos vídeos diários que Camille precisa gravar sobre seus sentimentos durante a viagem.

    Ambos personagens precisaram sair de sua zona de conforto e a amizade deles cresce de forma dinâmica e fofa e eles acabam por quebrar os preconceitos que cada um tem sobre o outro. A forma como cada transmite o que sente em cada passeio fez com que eu me sentisse lá e estivesse vivendo tudo com eles.

    Amei a forma como os pais participaram da decisão de cada um deles e a forma como Adam mostra como aconteceu o amor dos próprios pais.

    Amei a capa e o título, muito bem escolhidos passando a atmosfera divertida e aventureira da trama. 

    O que não me fez favoritar foi a forma como as escritoras desenvolveram o final. Eu gerei grande expectativa ao perceber como tudo se encaminhava e à medida em que chegava ao fim esperei uma explicação melhor para uma das situações citadas por Camille em seu video no momento que ocorre o ponto de intriga do livro. Além disso, esperava um epílogo ou um final menos abrupto e corrido. 

    De qualquer forma, no geral, gostei demais e vale a leitura. E por conta do final espero que as escritoras escrevam outros livros mostrando mais o casal e outras aventuras .

    Beijos, Myl

                                                              

    24 comentários :

    1. Parece um livro muito fofo pelo romance e amizade que vão acontecendo ao longo da história, e ao mesmo tempo interessante por mostrar um pouco da vida selvagem e o quanto é importante fugir, ás vezes da zona de conforto.
      A capa é realmente muito bonita!! Será que alguma editora irá publicar aqui no Brasil?
      Bjos!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. oi,alessandra...espero que sim pois ele é muito bom.
        beijos,myl

        Excluir
    2. Olá!
      Gostei muito da premissa do livro. A capa é bem fofa e diferente.
      Também gosto muito de livros escritos em dupla.
      Espero que esse livro seja lançado no Brasil para mais pessoas poderem ler <3
      Beijos

      ResponderExcluir
    3. Esse livro parece bem legal! Adorei a ideia de mãe e filha terem o escrito, acho que nunca tinha visto isso antes. A capa também é muito linda.
      Beijos!
      Páginas Empoeiradas

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. pois é, foi o que me atraiu para a leitura e achei que elas foram bem felizes . beijos,myl

        Excluir
    4. Apesar de esse pontinho negativo no final, fiquei bem curiosa em relação a essa história.
      Curiosa pra saber mais sobre esses dois personagens, seus trabalhos e o crescimento da amizade de ambos.
      E curti demais saber que o livro é escrito por mãe e filha. Pensa no momento bom que essas duas tiveram? Acho incrível essa conexão.
      Beijos
      Caroline Garcia

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. achei muito legal tambem e o livro é muito bem escrito e dinâmico, eles não deixam cair a peteca hora nenhuma. beijos,myl

        Excluir
    5. Oi Myl :)
      Gostei da amizade entre os personagens e a parceria de mãe e filha. Adoro chick-lits e me interessou a história. Camille e Adam são bem opostos, mas parecem ser fofos juntos.
      Obg pela indicação!
      Abc

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. eles acabam ficando bem fofo juntos mesmo e foi bom ver como elas abordaram as diferenças deles sem preconceito.... beijos,myl

        Excluir
    6. Legal o livro ser escrito em dupla. Achei diferente essa ideia e gostei.
      Também gostei de ter personagens com gostos distintos. Os opostos realmente se atraem, hein? Kkk. Fiquei curiosa sobre a história.
      Beijos!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. oo livro ficou bem legal mesmo....beijos,myl

        Excluir
    7. MY!
      A ideia de falar sobre a preservação da vida selvagem é louvável e ainda mais por ter sido uma experiência da filha o que dá mais credibilidade para os fatos narrados.
      As vezes gosto de livros escritos em dupla ou com mais de um autor, mas tem vezes que a fórmula não dá certo, o que não é o caso aqui, né?
      Fato que tendo aventura e sendo tipo um chick lit juvenil, ainda podemos nos divertir.
      “Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.” (Augusto Cury)
      Cheirinhos
      Rudy
      TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. sim definitivamente deu muito certo e foi otimo acompanhar as aventuras deles. beijos,myl

        Excluir
    8. Ola!
      Gostei do livro, tem uma pegada bem juvenil. A trama é bem diferente e um gênero bem legal, não si ler muito em inglês mas seria muito bom se pudesse trazer pro Brasil livros bem assim para nós.

      ResponderExcluir
    9. Oi.
      Gostei da indicação, parece uma leitura bem divertida e que cativa na medida certa.
      Espero que um dia seja publicado aqui no Brasil, para quem, como eu, não lê nada em inglês, possa também fazer a leitura.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    10. Eu não conhecia este livro, mas após ler seus comentários positivos sobre esta história fiquei bem curiosa em ler, que bom que é uma leitura leve e que aborda temas como amizade e amor, adicionei este livro em minha lista de leituras e pretendo ler ele em breve.

      ResponderExcluir
    11. adorei saber que o livro é escrito em dupla e ainda mais ser por mãe e filha !! o livro me interessou ao todo, amo infanto-juvenil, é uma pena o final ter sido corrido e ter esse ponto negativo no final. super gostei do fato de falar de ser um infanto-juvenil sobre trabalho de proteção a vida selvagem, é algo que eu nunca tinha lido antes.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. achei super diferente tambem....beijos,myl

        Excluir
    12. E a primeira vez que me deparo com um livro escrito por uma dupla de mãe e filha, isto e algo bastante instigante. Adoro tramas com esta premissa de que os personagens terão de quebrar preconceitos, sobre um e outro, acredito que esta e uma forma de nos também instituir alguns julgamentos. Uma pena que o final não teve tantas explicações, e te deixou querendo mais páginas e aventuras.

      Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
      http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. o livro só pecou realmente no final ,mas vale muito a pena...beijos,myl

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!