• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Books da Gata: P.S. from Paris, Marc Levy


    From Marc Levy, the most-read French author alive today, comes a modern-day love story between a famous actress hiding in Paris and a bestselling writer lying to himself. They knew their friendship was going to be complicated, but love—and the City of Lights—just might find a way.
    On the big screen, Mia plays a woman in love. But in real life, she’s an actress in need of a break from her real-life philandering husband—the megastar who plays her romantic interest in the movies. So she heads across the English Channel to hide in Paris behind a new haircut, fake eyeglasses, and a waitressing job at her best friend’s restaurant.
    Paul is an American author hoping to recapture the fame of his first novel. When his best friend surreptitiously sets him up with Mia through a dating website, Paul and Mia’s relationship status is “complicated.”
    Even though everything about Paris seems to be nudging them together, the two lonely ex-pats resist, concocting increasingly far-fetched strategies to stay “just friends.” A feat easier said than done, as fate has other plans in store. Is true love waiting for them in a postscript?
    P.S. from Paris
    Marc Levy
    Ano: Setembro 2017 
    Páginas: 315
    Idioma: inglês
    Editora: AmazonCrossing



    I picked up this book just by knowing that it was the writer of If only it were true, a sweet and strong message novel that is very successful until today and turned into film in the hands of Steven Spielberg ,starring Reese Witherspoon and Mark Ruffalo and released in 2005 which was also a hit with audiences and critics. What I did not know is that exists a Book 2 (I have already looked for so much and I will buy it in Spanish) and it is the continuation of the love story between Lauren and Arthur and that Paul, protagonist of P.S. from Paris is the friend who helps to unite the famous couple.

    Paul is a shy and reserved man who had his book published in USA with the help of Lauren and before the success of it, he was forced to flee from the harassment of all his fans and went to the city of love Paris. There his works did not obtain the same success but one day, he began to be prominent in Korea and also to focus on his translator Kyong, mysterious woman who prefers a relationship without strings until he knows Mia.

    "Kyong is like ... the ocean in my life. And I'm a guy with a fear of swimming. Ludicrous, is not it? "

    Mia is a young actress disillusioned amorously that also came to take refuge in Paris to think in which direction would give her life after the betrayal of her dearest and coleague husband. She has the help of the fun chef Daisy who welcomes her into her home. Mia spends her days walking in Paris without the courage to face her real life until she meets Paul.

    They know that they should not be lovingly involved since their lives are complicated, but we know that love always provides a way to unite two lonely souls . Gradually, the two become great friends and confidants. Joining walks in the City Light and with sweets dinners, they begin to get involved and engage us in this romantic plot and full of strong messages.

    The main one for me came from the caricaturist who befriends Mia as well and who has a touching love story.

    "Every day count."

    And as each day counts so that we can enjoy the presence of the people in our lives, Mia and Paul will discover how each day that they spend together counts for their happiness.

    I loved Mia's strength to do everything she needed to do and all the courage she had to fight for what she wanted and loved and also the way Paul perceives what's right in front of him.

    With references to Breakfast at Tiffany's, Murakami and Jane Austen, I fell in love with the light and fluid writing of Marc Levy which brings a message of resilience, resumption, love and especially of westle and ethics. The book goes on a crescendo until it reaches the peak of the conflict point and everything begins to seem more complicated and I was getting ansious for them. It remains to be seen whether they will realize what really matters to them or not.

    I loved the soft, romantic cover just like the book and can convey how the relationship between them and I found the idea wonderful where the title came from, because I would never imagine that had to do with this detail.

    I'm hoping to have a book for Daisy and have more of these passionate couples created by Marc Levy.

    More than perfect!!!


    De Marc Levy, o autor francês vivo mais lido hoje, vem uma história de amor moderna entre uma atriz famosa que se esconde em Paris e um escritor de best-seller que mente para si mesmo. Eles sabiam que sua amizade seria complicada, mas o amor - e a Cidade Luz - poderiam encontrar um jeito.
    Na tela grande, Mia faz uma mulher apaixonada. Mas na vida real, ela é uma atriz que precisa de uma pausa de seu marido infiel - o megastar que faz seu par romântico nos filmes. Então, ela atravessa o Canal da Mancha para se esconder em Paris atrás de um novo corte de cabelo, óculos falsos e um trabalho de garçonete no restaurante de sua melhor amiga.
    Paul é um autor americano que espera recuperar a fama de seu primeiro romance. Quando seu melhor amigo o une a Mia através de um site de encontros, o status de relacionamento de Paul e Mia é "complicado".
    Mesmo que tudo sobre Paris pareça estar empurrando-os para ficar juntos, os dois solitários resistem, inventando estratégias cada vez mais exageradas para permanecer "apenas amigos". Um feito que é mais fácil dizer do que fazer, já que o destino tem outros planos para eles. O amor verdadeiro está esperando por eles nos créditos finais?

    Eu peguei este livro só por saber que era o escritor de E se fosse verdade, um romance doce e de mensagem forte que faz muito sucesso até hoje e virou filme na mãos de Steven Spielberg, estrelado por Reese Witherspoon e Mark Ruffalo e lançado em 2005, foi também sucesso de público e crítica. O que eu não sabia era que tinha livro 2 (já procurei horrores e vou comprar em espanhol, foi o único volume que encontrei) com a continuação da história de amor entre Lauren e Arthur, e que Paul, protagonista de P.S. from Paris, é o amigo que ajuda a unir o casal famoso.

    Paul é um homem tímido e reservado que teve seu livro publicado com a ajuda de Lauren e, diante do sucesso da obra, se viu obrigado a fugir do assédio de todos e foi parar na cidade do amor, Paris. Lá, suas obras não obtiveram o mesmo sucesso, porém, de uns tempos para cá, ele começou a ser destaque na Coréia e a focar na sua tradutora Kyong, mulher misteriosa que prefere um relacionamento sem amarras, até ele conhecer Mia.

    “Kyong é como... o oceano em minha vida. E eu sou o cara que tem medo de nadar. Rídiculo, ne?”

    Mia é uma jovem atriz desiludida amorosamente que também veio se refugiar em Paris para pensar em que rumo daria a sua vida depois da traição do marido. Ela conta com a ajuda da divertida chef de cozinha Daisy, que a acolhe em seu lar. Mia passa os dias passeando em Paris sem coragem para encarar sua vida real até conhecer Paul.

    Eles sabem que não devem se envolver amorosamente já que a vida de ambos está complicada, mas nós sabemos que o amor sempre dá um jeito de unir duas almas solitárias e amigas. Aos poucos, os dois se tornam grandes amigos e confidentes. Unindo desde de passeios na Cidade Luz a jantares, eles começam a se envolver e nos envolver nesta trama romântica e cheia de mensagens fortes.

    A principal delas, para mim, veio do caricaturista que se torna amigo de Mia e que tem uma história de amor comovente.

    “ Every day count.” 

    E como cada dia conta para que consigamos aproveitar a presença das pessoas em nossa vida, Mia e Paul vão descobrir como cada dia que eles passam juntos conta para a felicidade deles.

    Amei a força de Mia para fazer tudo que ela precisava fazer e toda a coragem que teve para lutar pelo que queria, e amei a forma como Paul percebe o que está bem a sua frente.

    Com referências a Breakfast at Tiffany’s, Murakami e Jane Austen, me apaixonei pela escrita leve e fluida de Marc Levy, que traz uma mensagem de resiliência, recomeços, amor e, principalmente, de luta e ética. O livro vai num crescendo até chegar no pico do ponto de conflito e tudo começa a parecer mais complicado ainda, resta saber se eles perceberão o que realmente importa para eles ou não. 

    Estou torcendo para ter um livro para Daisy e que tenha mais destes casais apaixonantes criados por Marc Levy.

    Amei a capa suave e romântica como o livro e que consegue transmitir como é o relacionamento entre os dois e achei maravilhosa a ideia de onde surgiu o título, pois nunca iria imaginar que tinha a ver com este detalhe.

    Mais-que-perfeito!!!

    Beijos, Myl


                                                              

    22 comentários :

    1. Oi Myl! Eu adoro o filme E Se Fosse Verdade *-*
      Adorei a premissa do livro e gostei dos protagonistas, Paul e Mia. Paris é o melhor cenário para se apaixonar s2
      Obg pela indicação!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. de nada,nayane....sou fã deste escritor e o livro é uma delícia.

        Excluir
    2. My, eu amei a capa. Ela é muito bonita, assim como a história contada nas páginas. Sempre me encanto por histórias que trazem personagens solitários e sofridos, e que encontram conforto e alegria no amor, em uma nova paixão. As referências também dão uma animo para ler, né? Lindo!
      Bjos!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. verdade, adoro livros com referências e mensagens positivas....beijos,myl

        Excluir
    3. MY!
      Romance bem escrito já é bom e quando é ambientado em Paris, nossa, deve ser fantástico! A Cidade Luz é o local perfeito para desenvolver um relacionamento.
      Menina! Fico impressionada como lê livros em inglês com facilidade e agora vejo que até em Espanhol, uauuuuu!!
      Parabéns!
      “Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
      Cheirinhos
      Rudy
      TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
      http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. oi,rudy...meu inglês não é dos melhores dai quando comecei as leituras ás vezes levava uma semana em um livro, mas é impressionante como a mente entra num ritmo e hoje leio bem rápido....em espanhol leio pouco. O livro em questão é muito bom ....beijos,myl

        Excluir
    4. Ah! Paris!!!
      Qual romântico não deseja estar em Paris? Eu sonho com esse lugar.
      Ler um romance bem escrito é tão bom quanto estar nestes lugares lindos, pois muitas vezes nos sentimos no mesmo lugar da cena da história.
      Gosto de suas dicas de leituras porque você nos apresenta livros que nos fazem suspirar e sair correndo para ler. Preciso começar aquele curso de inglês, kkk
      Beijos!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. comece urgente....hehehehehe...fico feliz que gosta de minha dicas ,sempre tento ver livros legais e suspirantes para sugerir....beijos,myl

        Excluir
    5. Adorei o enredo do livro, aah Paris é meu sonho geente, e ainda mais encontrar um bonitao e ter um super romance como mia haha, que bom que gostou tanto do livro, espero gostar assim tbm, espero poder ler ne kjkkkkkkkkkkk ja entendo algumas palavrinhas e Espero me qualificar mais kkkkkkk

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. comece no kindle, pois o dicionario de la ajuda muito....O livro me surpreendeu e foi bem romântico...beijos,myl

        Excluir
    6. Olá!
      Que capa mais fofa!
      A premissa também é muito boa, adorei seus comentários!
      Adoro livros que se passem em Paris <3
      Beijos

      ResponderExcluir
    7. Oi.
      Que linda e apaixonante dica. Um romance bem estruturado e ainda ambientado em Paris? Um sonho! Espero ter a oportunidade de ler e me encantar também.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    8. Bom saber que foi uma leitura bem positiva pra você.
      Nada melhor que um romance leve, bem desenvolvido e um amor né?
      Não conhecia a obra ainda, mas fiquei bem interessada por tudo que li aqui.
      Parece ser uma história bem apaixonante. Ainda mais em Paris <3 rsrs
      Beijos
      Caroline Garcia

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. a história é bem diferente e o que me atraiu é ter sido escrito por um homem, acho que eles veem o amor meio diferente da gente e é enriquecedor....beijos,myl

        Excluir
    9. Eu não conhecia este livro e nem o filme, mas como gosto de livros de romance, acabei me interessando em ler este livro, uma pena o segundo livro ter em espanhol, pois não leio neste idioma, também gostei da capa deste livro, adicionei ele em minha lista de leituras e pretendo ler em breve.

      ResponderExcluir
    10. Tentei, e não me lembrei do filme Se fosse verdade, mas fiquei bastante curiosa para conferir. Esta capa está realmente muito bonita, leve e romântica, além do mais a estória me cativou bastante, já que o personagem e escritor de livros de auto ajuda, e para fugir da fama acaba indo para paris, e se apaixona pela sua tradutora, que também esta passando pro problemas pessoais. Espero que esta obra seja publicada no Brasil.

      Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
      http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. oi,lana...pesquise no youtube,o primeiro livro dele que virou filme sempre passa na sky e é tão lindo....beijos,myl

        Excluir
    11. Ola!
      Porque romance súper fofo nao é lanzando aquí no Brasil. Amei esse livro, tem uma premissa maravilhosa, onde mostra um amor que juntaram duas pessoas que sofreram muito no passado e que terá um final super feliz. Desejo urgentemente esse livro, um romance que é minha cara!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. oi,lily....vamos fazer campanha para lançarem aqui...beijos,myl

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!