• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Lendo com a Dani: Naughty, Sam Crescent

    Autumn Fowler sempre foi uma boa garota. Uma boa filha, uma boa irmã, uma pessoa em quem todos podem confiar e contar. Quando seu carro quebra, parece uma piada horrível do destino que a oficina mecânica mais próxima seja a de Carter Blue. Carter era o único cara com quem ela já havia fantasiado - e merda, ele estava completamente fora dos limites. Ele era o ex-namorado da sua irmã, Summer. Carter agora está solteiro, e não quer apenas consertar o carro de Autumn, ele quer tê-la. Eles se rendem a atração insana que sentem um pelo outro e embarcam em uma aventura suja e muito quente.. Sendo que uma vez nunca será o suficiente, ele lhe propõe um acordo: terem um envolvimento sem amarras. Autumn não deveria concordar. Está errado. Mas ela não pode dizer não e compromete-se em manter "o caso deles" em segredo. O único problema é que os segredos nunca ficam para sempre escondidos, então o que acontecerá quando Summer descobrir a verdade? Autumn lutara por Carter? Ou seus medos afastarão o único homem que ela já amou?                                                                                                                                                        
    Naughty
    Autora: Sam Crescent 
    Idioma: Inglês
    Evernight Publishing (2016) 
    114 páginas

    NOTA:  Livro não publicado no Brasil, +18


    Começar dizendo.... ADOREI. E acreditem, sendo um livro categoria Hot, eu não esperava que fosse tão bom e me ganhasse.

    Não sou santa, mas livros com conteúdo erótico, não me agradam; amo livros que simplesmente focam no sentimento e simplesmente insinuam o momento a dois. Porém, algumas vezes, algo deste tipo me chama atenção.

    Tudo por conta da gordinha na capa! Isso!

    Essa modelo fora dos padrões foi o que me fez dar uma chance, pois passa a imagem de que não precisamos ter corpo de modelo para ser feliz.

    Eu adoraria que mais editoras tivessem essa iniciativa. Chega de mulheres magras e perfeitamente maquiadas, nos dando a impressão de que só as belas merecem histórias de amor!

    E Auntumn Fowler é uma gordinha, disléxica, cozinheira de mão cheia, com uma personalidade amorosa, fiel e leal!

    Atrasada para a comemoração de aniversário de casamento dos pais, o carro quebra quase na porta da oficina de ninguém menos que:

    Carter Blue, lindo, tatuado, bad boy, mecânico, atencioso, o desejo adolescente de Auntumn, em carne, osso e ainda mais sexy do que ela lembrava. Não é afeito a compromisso sério, mas quando está com alguém, ele é completamente fiel.

    Auntumn sempre teve uma queda por ele, mas era impossível, pois ele namorava sua irmã.

    Summer Fowler, a bela, inteligente, bem sucedida e vadia.

    O que me fez rir da criatividade dos pais delas, Bill e Mary, batizar as filhas com nomes de estação climática.

    Esse problema mecânico vai dar a mão que Carter sempre quis após terminar o namoro com Summer: se aproximar de Auntumn. Mas nossa mocinha tenta resistir por ele ser ex da irmã.

    Então, esses dois são fósforo e TNT. A tensão entre eles é evidente. E embora a situação ande mais rápido do que me agrada, não ficou só nisso.

    Sam Crescent criou uma trama hot, mas com amadurecimento da relação aos poucos.
    "Isto entre nós é algo que eu não posso sequer começar a descrever, ok? Eu não quero que acabe."
    De início não é amor, é só sexo. Mas a medida em que eles vão interagindo, sendo eles mesmos quando estão juntos, o sentimento vai crescendo e, embora nenhum queira admitir, é visível para os outros.

    Hillary, a chefe de Auntumn, nota o quão balançada ela fica ao falar de Carter, os sorrisos bobos, a ansiedade de revê-lo.

    Denny, melhor amigo de Carter e seu braço direito na oficina, não deixa o rapaz em paz, diante das mudanças de comportamento dele. Os diálogos entre Denny e Carter são bem engraçados. Ele é um bom amigo e um dos cupidos.

    Adorei a mamãe Mary, super carinhosa, preocupada e com bons conselhos.

    Já o papai Bill, me fez rir com sua superproteção, e me deixou sorrindo com seus conselhos. Além de não medir palavras na hora de um bom sermão.

    E a Summer... impossível gostar dela, controladora, sem vergonha, uma maluca. Se bem que a autora reserva uma reviravolta, bem interessante para essa garota que se acha a melhor.

    E para quem adora um livro hot, pode ter certeza que não falta cenas para lhe agradar, bem descritas, bem cruas até.  A linguagem é forte, com palavrões e outros termos do tipo, uma característica dos romances eróticos, que pode incomodar aos mais pudicos, mas irá agradar aos Naughtys (Danadinhos) de plantão.

    O livro é curtinho, mas acreditem: ele passa uma relação que se fortalece, que tem seus obstáculos; mas a autora nos presenteia com um epílogo lindo e conseguiu me deixar feliz mesmo com míseras 114 páginas. 

    "Nunca se esqueça de quem você é. Não importa o quanto isso te assuste."

    Naughty vai fazer você rir, suspirar e por mais que duvide, ele vai te emocionar.




    16 comentários :

    1. Olá!
      Adorei as caracteristicas da personagem. Geralmente nos livros os protagonistas são lindos e perfeitos. Representatividade é muito importante nos livros e eu gosto muito de ler sobre.
      Vou anotar essa dica.
      Beijos

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Natalí, foi essa quebra de barreira no quesito perfeição que me fez ler. Pelo que observei dos comentários da autora, ela gosta de protagonistas fora da beleza pregada pela mídia.
        Obrigada por comentar.

        Excluir
    2. Olá!!
      Eu também gostei do livro logo pela capa !! Tá linda !!
      Já li alguns livros da Sam e gosto da sua escrita.
      Esse livro é meu tipo favorito, um romance onde os personagens recusam a aceitar o sentimento que sentem !!!
      Adorei !!
      Já anotei para ler futuramente !
      Bjo

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Mich, foi meu primeiro livro da autora, mas adorei cada linha. Também gosto de casais que ficam na negação do que sentem. kkkkk
        Obrigada por comentar.

        Excluir
    3. Também não sou santa, mas infelizmente romance hot, são poucos que costumam me interessar, e este não foi o caso, pois e possível notar que em um primeiro momento e apenas um relacionamento sexual, sem amor, por isto já e algo que me incomodou, mas todo o resto me pareceu ser bem desenvolvido, com diálogos divertidos, uma trama bem descrita, com personagens secundários cativantes. Talvez futuramente darei uma chance a esta leitura, por possuir uma personagem que foge dos padrões de beleza.

      Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
      http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    4. Dani!
      Gosto dos livros hot, mas bem dentro do coontexto como esse, onde a relação começa apenas com sexo e vai aos poucos se aprofundando e trazendo um relacionamento mais profundo.
      Sem contar que a protagonista é fora dos 'padrões' ditados pela sociedade, torna o livro ainda melhor, pois não é preciso ser magra para ser feliz, né?
      Desejo uma semana de muita luz e paz!
      “Para cultivar a sabedoria, é preciso força interior. Sem crescimento interno, é difícil conquistar a autoconfiança e a coragem necessárias. Sem elas, nossa vida se complica. O impossível torna-se possível com a força de vontade.” (Dalai Lama)
      Cheirinhos
      Rudy
      TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

      ResponderExcluir
    5. Não conhecia o livro, mas assim que olhei pra capa a modelo chamou atenção por não ter o físico que vemos nos livros e isso despertou meu interesse em ler, gosto de livros hot, desde que tenha uma historia rolando e não só sexo. Fiquei curiosa com esse ainda mais que eles vão se interessando um pelo outro aos poucos, vai surgindo algo mais que o sexo. E parece ser muito divertido.

      ResponderExcluir
    6. Nossa, um livro tão pequeno com uma historia dessa!
      Livros de romance Hot sempre me encantam, mas essa com a protagonista gordinha me encantaram, adorei que a autora escreveu um livro fora dos padrões.
      Nem li e já adorei o livro. Vou procurar ele em E-book – que pena que não é publicado no BR anda-, e ir correndo ler.
      Obrigada pela dica, beijos.

      ResponderExcluir
    7. Apesar de eu não gostar muito da temàtica da història, ter uma personagem que foge dos padrões da sociedade, ja chama minha atenção, pois mostra uma diferença relacionada a outros livros. Enfim, leria esse livro por causa da personagem.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu li por causa da mudança. Hot não é minha praia.

        Excluir
    8. Eu li o livro todo em um dia muito lindoe apaixonei completamente já no epílogo e uma pena não tem ele aqui no Brasil pq eu amaria ter ele na minha estante me emocionei junto com os personagens,me apaixonei pelo Carter, tem muito da Auntunm em mim foi um dos melhores livro que li super recomendo

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Envolvente, não dá vontade de largar. Carter é irresistível. Kkk E o epílogo é o melhor! Obrigada por comentar!

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!