• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Livros da Gata: Fuck Love - Louco Amor



    Helena Conway se apaixonou. Contra sua vontade. Perdidamente. Mas não sem motivo.Kit Isley é o oposto dela desencanado, espontâneo, alguém diferente de todos os homens que conheceu. Ele parece o seu complemento. Poderia ser tão perfeito... se Kit não fosse o namorado da sua melhor amiga. Helena deve desafiar seu coração, fazer a coisa certa e pensar nos outros. Mas ela não o faz... Tentar se afastar da pessoa amada é como tentar se afogar. Você decide fugir da vida, pulando na água, mas vai contra a natureza não buscar o ar. Seu corpo clama por oxigênio sua mente insiste que você precisa de ar. Então você acaba subindo à superfície, arfando, incapaz de negar a si mesma essa necessidade básica de ar. De amor. De desejo ardente. Você pode pensar que já viu histórias parecidas, mas nunca tão genuínas como essa. Tarryn, a escritora apaixonada por personagens reais, heroínas imperfeitas, mais uma vez entrega algo forte, pulsante, que nos faz sofrer mas também nos vicia. Depois dela, todas as outras histórias começam a parecer como contos de fadas. Se você não quer se viciar, não leia a primeira página.
    Fuck Love - Louco Amor
    Algumas vezes, o seu pior inimigo, será você. Outras, alguém para quem você abriu o coração.
    Tarryn Fisher
    Ano: 2017 
    Páginas: 288
    Idioma: português
    Editora: Faro Editorial


    Gente! Vai ser um pouco difícil escrever esta resenha sem soltar spoilers, mas vou me policiar ao máximo e revisar várias vezes para não estragar nada para quem quiser ler o livro.

    Vou começar dizendo que fiquei enlouquecida para ter este livro assim que vi a capa e pedi sem nem ler a sinopse ou outras resenhas. 

    O livro começa um pouco confuso, já que, de acordo com a sinopse, eu estava lendo o sonho de Helena. Que juro a vocês parecia tão real, mas tão real... que às vezes me perguntava se era sonho ou se ela estava em coma ou era verdade mesmo e a garota estava com amnésia ou algo assim. 


    Helena é uma garota normal, quase entediante, como a amiga a chamava 'A Chata do Bege'. Até o dia em que tem um sonho maravilhoso com a vida ideal, a família perfeita e o cara fofo. Problema é que o cara dos sonhos é o namorado da melhor amiga dela na vida real e ela pouco o conhecia ou sequer tinha conversado muito com ele. Porém, ao acordar, ela fica intrigada com tudo e decide literalmente tentar viver este sonho.

    Mas não é tão simples assim, pois além de Kit ser o namorado da amiga, ele é um verdadeiro covarde que se deixa ser manipulado a todo momento pela namorada. Della é uma garota egoísta e fútil, graças a Deus, pois isso facilita com que a gente não fique com raiva de Helena por gerar este triângulo amoroso, mas que também gera grande irritação por tentar imaginar o que Kit ver na garota para continuar namorando ela.

    A trama desenrola em cima da aproximação dos dois e das artimanhas de Della para prender Kit e é como diz na sinopse:

    Se você não quer se viciar, não leia a primeira página.

    E é exatamente assim, mesmo não gostando do casal e da história, a forma como Tarryn Fisher conduz a trama me fez ficar presa para saber como tudo chegaria ao final. Juro juradinho que tentei me conectar ao casal, cheguei a ler o livro algumas vezes para tentar ver se não era implicância minha e tal, mas não teve jeito. 

    Até lembrar de um filme que amo da Hallmark (In my dreams), eu lembrei pensando que, talvez, a escritora tivesse se inspirado nessa ideia mágica de que um fio condutor existia os unindo através do sonho como no filme, mas a toda hora me perguntava:

    Se Kit já observava Helena antes (que é o que ele demonstra toda hora a ela), porque deixar a situação ficar tão séria com Della? Porque não terminar logo?


    Como o livro é narrado em primeira pessoa somente por Helena, terminei o livro e não encontrei resposta, principalmente depois que ele resolve abrir o coração para ela, o que só fez piorar minha impressão de que tudo era forçado demais, não tinha mágica de sonho nenhuma por mais que eu quisesse. A única preocupação da escritora que percebi foi mostrar de onde vieram os detalhes do sonho (amor de Kit por cozinha, as crianças, o dom de Helena) em doses homeopáticas durante o desenrolar da história.

    Para culminar o meu desgosto vieram os capítulos desde a mudança de Helena (com quem ela foi morar e tudo o mais - nada a ver na minha opinião) até o epílogo que, para mim, terminou de estragar tudo, mostrando que o foco da escritora não era o casal e sim apenas enriquecer o melodrama do livro. Se você gosta de dramalhão, este livro é para você. Infelizmente, não funcionou para mim.

    O que gostei muito, muito mesmo no livro (e que me fez dar algumas estrelas) foram as referências a Harry Potter, as tags que abriam os capítulos, a forma fofa como Helena e Kit se comunicavam via Instagram e a edição da Faro.

    Putz! Essa edição valeu todo meu estresse de leitura. A capa está perfeita, muito bem escolhida e, graças a Deus, a editora manteve a capa original. A parte interna também com flores, galhos e espinhos dando formato ao coração humano ficou maravilhoso. Folhas grossas com fonte legal, desenhos no início do capitulo e boa diagramação completam a perfeição da edição.




    Beijos, Myl


    8 comentários :

    1. Essa capa é muito bonita e assim que saiu esse livro fiquei interessada em ler, agora dei até uma desanimada rs. Esperava mais, odeio triângulos amorosos, mas como a amiga não é lá essas coisas acho que até passa, mas achei um fiasco não ter respostas sobre o relacionamento de Kit com Della, porque ele deixou as coisas chegarem até onde chegou.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. eu sinceramente fiquei muito frustrada...beijos,myl

        Excluir
    2. MY!
      Nossa! Não imaginei que o livro traria uma questão pessoal tão emergente e até certo ponto envolvente, porque gosto quando a protagonista aprende com seus problemas e tenha resolvê-los de uma forma que acha correta, mesmo que o problema da perda e do amor, fiquem retornando.
      Desejo uma semana mais que tranquilo e abençoado!
      “Deus com Sua infinita Sabedoria, escondeu o Inferno no meio do Paraíso para que nós sempre estivéssemos atentos.” (Paulo Coelho)
      Cheirinhos
      Rudy

      ResponderExcluir
    3. Pelo fato de sempre ler muitos elogios a respeito das obras desta autora, quando soube deste lançamento fiquei super feliz e entusiasmada, principalmente porque parte da premissa da traição algo que sempre gera certa polêmica. No entanto uma pena que a estória tenha sido tão mela dramática, ao ponto de não ter te cativado, muito pleo contrário. Como disse sou fan da autora, e por isto pretendo mesmo assim dar uma chance a está leitura, espero não me decepcionar.

      Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
      http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. cada um tem um gosto, ne? eu não curti, mas sei de muita gente que amou....beijos,myl

        Excluir
    4. Adorei esse titulo bem chamativo haha Adoro clichês e gostei da premissa do livro em si, mas não sei se é algo que lerei em breve. Estou cheia de livros pra ler, socorro hahaha Beijos

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!