• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Dear Heart, Eu Odeio Você!, J. Sterling

    Jules era viciada em trabalho. Colocando sempre o amor em segundo plano, sua principal meta era construir uma carreira com sólida reputação. Cal Donovan era muito parecido. Ele havia traçado uma lista de objetivos para alcançar na vida, e nela só havia espaço para ascensão profissional. Mas um encontro ao acaso muda tudo. De repente, o amor não parece uma distração para atrapalhar seus planos. Como fazer um relacionamento dar certo quando a sua cara-metade mora a milhares de quilômetros de você? Como viver esse amor sem abandonar tudo o que construiu? Algumas vezes as nossas mentes elaboram planos, estabelecem metas, perseguem sonhos. E algumas vezes os nossos corações ignoram as nossas mentes e decidem apostar no amor.
    Dear Heart, Eu Odeio Você!
    Você não sente nada? Culpa, dor ou remorso? Como você consegue se afastar tão facilmente?
    J. Sterling
    Ano: 2017 
    Páginas: 288
    Idioma: português
    Editora: Faro Editorial


    Cal e Jules são dois workaholic que, por obra do destino, se conhecem e logo de cara a atração acontece. Cal é um gentleman, lindo e charmoso, que chama a atenção da espevitada Jules.

    “ O rapaz sorriu para mim, seus dentes eram incrivelmente brancos. Senti vontade de pular em seu colo e mostrar o quanto eu apreciava aquela bênção que Deus tinha lhe dado. Ele tinha cabelo escuro farto, curto e num estilo meio bagunçado.”

    Os dois se entrosam de primeira, a linguagem corporal deixa todos a volta eletrizados também e nós, leitores, loucos para saber como essa história vai se desenrolar. Afinal, eles são muito bem resolvidos, obrigada. Sabem o que querem: sucesso profissional. Sabem o que não querem: relacionamentos.

    “ Contudo, naquele momento, com minha mão tocando a coxa de Jules, eu não conseguia ser minimamente racional e não tinha certeza do que era real naquela altura. Ela era real. Seu longo cabelo loiro e seus olhos verdes ardentes eram bem reais...
    .....No entanto, Jules e eu éramos idênticos em termos de motivação e determinação e não tinha como não achar isso absurdamente sexy. “
    O coração é cruel muitas vezes e depois deste encontro casual e explosivo, com uma conexão instantânea, tudo pode mudar.

    Será que eles serão capazes de controlar o Dear Heart?

    “ Meu coração agora estava destinado a querer, estava destinado a sentir. Estava destinado a fazer mais do que apenas me manter viva. Ah, eu realmente tinha me esquecido de como era essa sensação. “ 

    Ainda para completar toda a problemática ou ajudá-los a não se apegar, Jules mora do outro lado do país e ficará na cidade de Cal por pouco tempo, mas isso não impede que eles fiquem cada vez mais ligados um no outro, isso não impede que a aproximação emocional fique cada vez maior até chegar no ponto de conflito. 

    Confesso que tomei um susto igual aconteceu no livro, fiquei irritadíssima, prometi a mim mesma que se tudo não se resolvesse de uma maneira que eu achasse plausível, eu iria tacar o livro na testa da escritora (porque, obviamente, não queria estragar minha parede e sou muito sonhadora, adoraria conhecer a dita). Mas, graças ao bom Deus, isso não foi necessário (Uma pena, quem sabe um dia terei a chance de conhecer a J. Sterling... então, enquanto isso na sala de minha casa...)

    Mergulhei mais ainda na leitura e fiquei aliviada pelo modo como tudo se resolveu, adoro a forma como a escritora cria personagens imperfeitos, como ela faz os personagens lutarem pelo que querem e como suas personagens femininas são fortes e sabem se impor.

    Só achei que, em alguns momentos, tanto o comportamento de um como do outro era controverso, simplesmente não combinava com o discurso deles, mas como a trama foi tão delicinha isso não atrapalhou no contexto geral.

    O livro é narrado em primeira pessoa por cada um dos protagonistas e focando bem nos sentimentos e sensações de cada um deles e, no momento crucial, focando bem nas ações do personagem certo para a situação, deixando o leitor ávido por saber como tudo se resolveria.

    O livro é bem leve, de leitura muito rápida e gostosa, mostrando de forma divertida como o coração controla a razão mesmo em pessoas incrivelmente racionais e que, quando o Amor acontece, conseguimos dar um jeito em todas as dificuldades.

    Amei a interação deles com os amigos de cada um e com a família, adoro quando a história, mesmo focada no casal, traz personagens que dinamizam a trama. Destaque para Cooper (irmão de Cal), Robin (amiga de Jules), o impagável Lucas (melhor amigo de Cal) e a louquíssima Tami (melhor amiga de Jules). Seria clichê dizer que quero um livro para cada um deles?

    A edição da Faro, como sempre, maravilinda, cheia de corações, com uma capa linda e uma contra capa meiga que gerou muitos suspiros na minha pessoa durante a leitura.

    Beijos, Myl



    12 comentários :

    1. Oi Mylena!
      O livro já está nos meus desejados desde o lançamento, e o que mais me chamou a atenção não foi nem o romance, que tem seu lado clicê, mas claro que nos conquista, foi os personagens que ela criou, tanto Cal quanto Jules tem metas e planejamentos que não são deixados de lado por conta do relacionamento que eles embarcam, não vemos mto isso em romances, rsrs. Também tem o ponto do sentimento entre eles surgir gradativamente, acho que isso conquistou muitos leitores. Espero ler em breve!
      Beijos

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi,Vitoria...Eu gosto do estilo leve desta escritora e esses personagens são muito fofos...beijos,myl

        Excluir
    2. Pela sua resenha este livro parece ser muito bom, gosto de livros de romance, então acabei ficando interessada em ler este livro, que bom que a autora cria bons personagens, que sabem o que querem e o que não querem, e que a leitura é bem leve e rápida, sem dúvidas pretendo ler Dear Heart, Eu Odeio Você!.

      ResponderExcluir
    3. My!
      Adoro os romances clichês, aliás, acredito que não dá para ter amor sem ter clichê, concorda?
      Fiquei interessada e ler, mesmo com sua observação em relação as controvérsias que há no discurso.
      Desejo uma semana mais que abençoada e Novo Ano repleto de realizações!!
      “Chega de velhas desculpas e velhas atitudes! Que o ano novo traga vida nova, como o rio que sai lavando e levando tudo por onde passa.” (Desconhecido)
      cheirinhos
      Rudy
      1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

      ResponderExcluir
    4. Só estou esperando meu exemplar chegar para me acabar nessa leitura! A capa dele por si só já é um show,agora lendo a resenha, me encantei ainda mais.
      Sou a romântica incurável e amo um bom romance trabalhado no drama, questionamentos e claro, umas pegadas..rs
      E pelo que li acima, o livro engloba tudo isso e muito mais!
      Assim que o ler, dou minha opinião exata!
      Beijo

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eita! Toca aqui...sou romantica ao cubo, amo romance florzinha e se tem toque hot melhora mais ainda...depois me conte o que achou...beijos,myl

        Excluir
    5. Acredito que este e um daqueles livros que já esta na boca dos leitores, e blogueiros, principalmente na boca dos amantes de um bom romance. O título que me chamou a atenção e primeira e após ler várias resenhas e perceber o quanto esta e uma estória envolvente, com personagens cativantes, o que me deixou ainda mais entusiasmada por esta leitura. Uma pena que alguns comportamentos dos protagonistas, não condiz muito com o discurso deles, mas e a emoção falando mais alto que a emoção.

      Venha participar do sorteio de um kit da caixinha da TAG Livros http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    6. Olá! A sinopse do livro chamou muito minha atenção, e estou louca para conferir o desenrolar da história desses dois. Afinal que não curti um romance né! Já estou aflita e morta de curiosidade para entender porque você ficou a ponto de tacar o livro na testa da autora (ri muito com isso e super te entendo, pois às vezes também me vem essa vontade).

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Ai que bom que alguém me entende! Leia que vai curtir demais .

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!