• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Deixada para trás, Charlie Donlea


    Nicole Cutty e Megan McDonald são alunas do ensino médio na pequena cidade de Emerson Bay, Carolina do Norte. Quando elas desaparecem de uma festa na praia em uma noite quente de verão, a polícia inicia uma busca maciça. Nenhuma pista é encontrada e a esperança é quase perdida, até Megan milagrosamente aparecer depois de escapar de um bunker no fundo da floresta.
    Um ano depois, o best-seller de sua provação transformou Megan de heróina local para celebridade nacional. É uma história triunfante e inspiradora, exceto por um detalhe inconveniente: Nicole ainda está desaparecida.
    A irmã mais velha de Nicole, Livia, é uma perita forense e espera que em um breve dia o corpo de Nicole seja encontrado e entregue a alguém como ela para analisar as provas e finalmente determinar o destino que sua irmã teve. Em vez disso, a primeira pista para o desaparecimento de Nicole vem de outro corpo que aparece no necrotério, de um jovem ligado ao passado de Nicole. Livia vai até Megan para pedir ajuda, esperando descobrir mais sobre a noite em que as duas foram levadas. Outras meninas também desapareceram e Livia está cada vez mais certa de que os casos estão conectados.
    Mas Megan sabe mais do que ela revelou em seu livro best-seller. Flashes de memória estão se juntando, apontando para algo mais escuro e mais monstruoso do que sua memória descreve. E quanto mais ela e Livia cavam, mais elas percebem que às vezes o verdadeiro terror está em encontrar exatamente o que você está procurando.
    Deixada Para Trás
    Sem inimigos nem suspeitos. Apenas uma pessoa cheia de planos que estava viva num dia e, no outro, é encontrada morta.
    Ano: 2017 
    Páginas: 368
    Idioma: português 
    Editora: Faro Editorial

    Charlie Donlea, meu filho, o que foi isso? Que livro é esse, amiguinho???

    Revelo que começo essa resenha ainda sem fôlego após a leitura desse super thriller psicológico. Alguém, por favor, conte ao SR. Donlea que o SAMU já tem trabalho demais para ficar atendendo leitores em processo de infarto!

     “Uma vida pode acabar, mas às vezes seu caso vive para sempre.”

    Deixada para trás conta, entre outras, a história de Nicole e Megan, adolescentes que, fora estudarem na mesma escola e o namorado de uma delas, não tem nada em comum. Megan é tímida, tranquila, estudiosa. Enquanto que Nicole é baladeira, popular, adora seduzir os garotos, principalmente se for o namorado da outra.

    Mas o grande problema aqui é que as duas foram sequestradas, mas apenas Megan consegue se livrar do cativeiro... E Nicole foi deixada para trás...

    Depois de se livrar do cativeiro de uma maneira bem estranha e ser ajudada por um senhor na estrada, Megan tenta retomar a sua vida normal, o que não parece nada fácil. Seus pais e terapeuta incentivam que ela escreva um livro sobre esse período, que vira recorde de vendas. Mas, apesar do relato no livro, Megan ainda tem muitas lacunas a preencher sobre o cativeiro, e seu terapeuta a ajuda através de sessões de regressão.

    Mas, na minha opinião, a personagem principal dessa trama é Lívia Cutty, irmã mais velha de Nicole, que não se perdoa por não ter atendido ao telefonema da irmã no dia do sequestro e se forma médica legista na esperança de descobrir as respostas que o corpo da irmã pode esconder quando ele for encontrado.  A sua investigação começa quando ela recebe o corpo do antigo namorado de Nicole.

    – Minha irmã desapareceu no ano passado – Lívia informava em toda entrevista. – Escolhi ciência forense porque algum dia meus pais e eu iremos receber uma ligação dizendo que o corpo dela foi encontrado. Vamos ter muitas dúvidas acerca do que aconteceu com ela, bem como de seu sequestrador e do que fizeram com a minha irmã. Quero essas perguntas respondidas por alguém que se importa. Por alguém com compaixão. Por alguém com capacidade de analisar a história contada pelo corpo de minha irmã. Por meio da minha formação, eu quero ser uma profissional assim. Quando um corpo chegar para mim com perguntas, vou querer respondê-las para a família com o mesmo cuidado, compaixão e competência que espero receber algum dia de quem me ligar falando de minha irmã.

    A partir daí, Lívia, com a ajuda de Megan e suas memórias, vai reconstruindo o que aconteceu com Nicole.

    O livro é contado naquele famoso vai e vem que alterna fatos que aconteceram um mês antes do sequestro e o presente para que o leitor acompanhe o desenrolar dos fatos atuais, mas fique por dentro de tudo que levou até eles. Narrado em terceira pessoa, traz as visões de Megan, Lívia e do sequestrador, o que ajuda na construção de pistas para se desvendar o mistério sobre o que aconteceu com Nicole.

    E vou te dizer: é uma verdadeira puxada de tapete!!! Com certeza você vai pensar: ‘Poxa, como eu não percebi aquela pista!’

    Ah, e não posso deixar de falar da edição maravilhosa da Faro, né? Folhas grossas, capa linda que parece seguir o padrão do primeiro livro do C.D., e o mais legal: para facilitar a vida do leitor, a narrativa do passado está em folhas mais escuras, não tem como se perder. Parabéns, Faro!!!

    Juro que resolvi ler Deixada para trás só por que era um livro do Charlie e, como amei A garota do lago (resenha aqui), tinha tudo para valer à pena, mas não tinha grandes expectativas. E, thanks God!!!, esse moço puxou meu tapete.

    18 comentários :

    1. Ah...suspira!
      Meu exemplar deve chegar esta semana! Não vejo a hora de poder ler ele. Quando li a primeira chamada para este livro, já o quis.
      Tomara que seja tudo isso e muito mais!!!
      Beijo

      ResponderExcluir
    2. Olá! Nossa só a resenha já me deixou sem fôlego, adoro esse tipo de história que me deixa sem chão ao final e com a sensação de "puxa, como eu não vi isso". Toda história parece trazer isso, já estou aqui em cólicas querendo entender e descobrir o que de fato aconteceu.

      ResponderExcluir
    3. Eu acabei de comprar o meu exemplar e eu fiquei muito curiosa com a história desse livro gosto de livros que envolvem desaparecimentos e que são do gênero ficção Policial sempre chamou minha atenção

      ResponderExcluir
    4. Amo esse estilo de livro, quero muito ler, esse tipo de história me deixa super curiosa e nos faz devorar o livro apenas para saber quem e como aconteceu. Espero quando ler não acreditar que o vilão seja o mesmo que todos acharam e não ter meu "tapete puxado" rsrsrs

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Acho que depende muito da sua experiência de leitura.

        Mas, de qualquer forma, te garanto que vai valer à pena!

        Excluir
    5. Gosto de histórias de investigação e mistérios, pela sua resenha este livro parece ter uma história muito boa, acabei ficando bem curiosa para ler ele, então pretendo ler Deixada para trás em breve.

      ResponderExcluir
    6. Drika!
      Estou com A Garota do Lago aqui para ler e já quero esse também.
      Gosto demais de livros que alternam passado e presente.
      E aqui ainda tem toda a trama dos sequestro e a mente doentia do sequestrador, acoplados a uma escrita que prende o leitor que só quer deixar o livro quando resolver toda a trama, achei fantástico e quero ler.
      “Que o novo ano que se inicia seja repleto de felicidades e conquistas. Feliz ano novo!” (Desconhecido)
      cheirinhos
      Rudy
      1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Vc já viu a nossa resenha de A garota do lago? Tb gostei dele, mas Deixasa para trás consegue ser ainda melhor!!!

        Excluir
    7. Depois de ler várias resenhas a respeito desta obra, quero mais do nunca ler Deixada para trás, e A garota do lago, no entanto ainda não tive oportunidade de adquirir ambos. O desfecho desta história e o que me deixa mais entusiasmada, pois me parece ser muito bem escrito, e capaz de fazer o leitor se surpreender. Além de que o desenvolvimento desta obra e muito bem escrita, intercalando passado e presente,para que temos uma visão ampliada de todo o desenrolar da investigação, e sequestro.

      Venha participar do sorteio de um kit da caixinha da TAG Livros http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    8. Oi Drica!
      Esse livro está nos meus desejados desde o lançamento. Esse suspense todo de querer desvendar os segredos de Megan e saber o que ela anda escondendo é a melhor parte pra mim, mas entendo um pouco o que a protagonista passou, depois de um trauma ter que fingir que está bem não é fácil .. Lívia também parece marcante, e pra mim é a personagem que mais se destaca. Pretendo ler em breve, tô curiosa por esse final..
      Beijos

      ResponderExcluir
    9. Oi, tudo bem?
      Adorei a resenha, parabéns pelo trabalho. ♥
      Beijos.
      www.freakandcreepy.com

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!