• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Vovó Vigarista, David Walliams

    Se você acha que toda vovozinha é igual, precisa conhecer a avó de Ben. Ela poderia se passar por uma senhorinha qualquer: é velha, usa um casaquinho lilás e faz palavras-cruzadas. Toda sexta-feira Ben dorme na casa dela, e isso para ele é o fim. No jantar sempre tem repolho, a tevê nunca funciona e a avó o faz ir para a cama às oito da noite. E no dia seguinte nem tem aula!

    Como qualquer outro menino, Ben acha tudo isso chato demais. Ou pelo menos achava, até descobrir que a coisa toda não passa de um disfarce: vovó, na verdade, é uma vigarista internacional, a ladra de joias mais procurada do mundo. Agora, juntos, eles vão planejar o maior roubo de todos os tempos.

    Você, é claro, vai rir bastante. E pode até chorar. Mas nunca, nunca mais vai pensar em vovós como antes.
    Vovó Vigarista (Gangsta Granny)
    Autor: David Walliams
    Editora Intrínseca (2013)
    240 páginas


    Esse é o segundo livro que leio do autor, o primeiro foi O Menino de Vestido, e achei tão engraçado que disse a mim mesma que tiraria da fila este que vou resenhar agora.

    Um fato interessante é que o Raj, dono da banca de revistas que aparece no livro citado acima, também faz parte dessa história e continua com suas promoções imperdíveis de "compre 25 e leve um de graça".

    Até pensei que o livro faria parte de uma série, até me dar conta que os personagens são diferentes. 

    Neste livro acompanhamos o Ben, um garoto de onze anos, quase doze! Ele não gosta de ir à escola, adora a edição da Revista do Encanador. E como ele acha uma tortura passar as sextas com sua avó.

    Toda sexta à noite os pais dele vão assistir Dançando com as estrelas ao vivo, são fãs de Flavio Flaviolo e dizem que se fossem mais novos eles tentariam ser dançarinos.

    A trama se passa na Inglaterra, e gosto de imaginar as pessoas falando com sotaque, não sei se você adora o sotaque inglês, como eu, se não, bem bola pra frente!

    Numa noite, totalmente entediado, Ben liga para os pais e pede que o busquem pois sua avó é muito chata e já não aguenta o cheiro de repolho que impregna a casa e a própria avó.

    É tanta receita com repolho que até eu fiquei enjoada.

    Mas é daí que surge um segredo! Será mesmo que aquela avó tão velha e chata, que adora palavras cruzadas e sopa/bolo de repolho, poderia ser uma vigarista?

    E gente, desse ponto em diante o Ben acaba se aproximado da avó e é tão engraçado e fofo ver a interação deles.

    Vovó Vigarista serve para abrir os olhos dos mais novos para a realidade de que os avós já foram crianças como eles, que eles têm sonhos, que eles merecem atenção e respeito, e que só querem aproveitar a companhia de quem os ama.

    "- Mas você esquece, meu querido, que eu já fui jovem. (...)Ben não conseguia imaginar a avó jovem. (...) Chegara a pensar na possibilidade de ela já ter nascido velha."

    Leia e ria com a narrativa fluida de David Walliams, seus comentários engraçadinhos que deixam a leitura ainda melhor.

    Sem esquecer de mencionar as ilustrações do Tony Ross.





    2 comentários :

    1. Segunda resenha que leio deste livro e não vejo a hora de poder ter o livro em mãos!
      Como sou uma avózinha bem fresca, tudo que diz respeito a este tema tem me atraído.rs
      Tá bom, não vou ser uma vovó do crime, mas também não passo tarde fazendo tricô e assando biscoitos em forma de sorvetes.rs
      Nada contra, mas a vovó aqui ouve rock, escreve, lê e é isso que quero que a Rafa siga!
      Ben sortudo.rs
      Beijo

      ResponderExcluir
      Respostas

      1. Oiii, ah esse livro é muito legal e a mensagem maravilhosa! Recomendo!
        Obrigada

        Excluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!