• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Um Amor Perdido, Alyson Richman

    Separados pela guerra, ligados pela memória: uma história envolvente e instigante no rastro da Segunda Guerra Mundial.
    Na Praga do pré-guerra, Lenka, uma jovem estudante de arte, apaixona-se por Josef, um médico recém-formado. Eles vivem cheios de ideais e de sonhos para o futuro, mas também são judeus e muito ligados à família. Casam-se, mas, pouco tempo depois, como tantas outras famílias, são separados pela guerra. As escolhas impostas pelo destino os afastam, mas deixam marcas permanentes: o caos e as informações truncadas dos tempos de guerra os levam a crer que o outro morre.
    Na América, Josef torna-se um obstetra bem-sucedido e constrói uma família, apesar de nunca esquecer a mulher que acredita ter morrido. No gueto de Terezín, Lenka sobrevive graças aos seus dotes artísticos e à memória de um marido que julgava nunca voltar a ver. Apesar de todas as provações e dos infortúnios, mantém a chama daquele primeiro amor acesa, guardada em seu coração.
    Da glamorosa vida em Praga antes da ocupação aos horrores da Europa nazista, Um Amor Perdido explora o poder do primeiro amor, a resiliência do espírito humano e a eterna capacidade de recordar.
    Um Amor Perdido
    Separados pela guerra. Unidos pelas lembranças.
    Título original: Lost Wife
    Ano: 2018 
    Páginas: 336
    Idioma: português 
    Editora: Bertrand Brasil


    Antes de começar essa resenha, preciso contar como fui tocada por esse livro. Quem acompanha o blog, sabe que quase nunca leio romances. Ai, a Cia. Das Letras mandou a caixa V.I.B pra gente... quando abri, me apaixonei pelo kit de pintura, mas percebi que o livro era um romance... Eu não leria esse livro. Mas ele merecia ser lido, afinal, era a primeira vez que éramos escolhidos para receber um livro que era prova exclusiva, como recusar essa honra??? E sabe quando você sente que esse era O livro que você TINHA QUE LER? Vou explicando ao longo da resenha.

    Um Amor Perdido nos traz a história de amor de Lenka e Josef, moradores da cidade de Praga, capital da antiga Tchecoslováquia, atual República Tcheca. Lenka é de família judia, seu pai é dono do próprio negócio e, junto com sua mãe e sua irmã, tem uma vida confortável. Contam com a amizade e fidelidade de Luci, que foi empregada da família e hoje é uma grande amiga. Ao entrar na faculdade de artes, Lenka se aproxima de Veruska que se tornam melhores amigas, e é irmã daquele que será o grande amor da sua vida, Josef.

    Enquanto o amor de Lenka e Josef é alimentado às escondidas, cresce também os clamores da Segunda Guerra Mundial. Os horrores dessa guerra levam a família de Josef a querer fugir para a América, o que faz com que ele peça Lenka em casamento para que ela possa fugir com ele. Mas as coisas não saem como o esperado, e o pai de Josef não consegue o passaporte para toda a família de Lenka, que escolhe ficar em Praga com a sua família e se encontrar depois com Josef quando ela puder levar todos com ela.

    A partir daí temos uma narrativa histórica de altíssima qualidade e verdade. Alyson Richaman transporta o leitor para a realidade de um povo que pagou um alto preço por uma guerra irracional. Lenka viverá todos os horrores que a guerra pode proporcionar, mas sem esquecer do grande amor da sua vida, apesar de acreditar que ele morreu no naufrágio do navio que o levava para a América. Enquanto Josef viverá uma eterna busca por notícias da única mulher que amou na vida.

    Se você procura uma leitura impactante, daquelas que vão mexer com todos os seus sentimentos, esse é o livro certo. A autora conseguiu, de forma maestra, falar de algo tão frio e cruel como a guerra, dar detalhes de todos os horrores vividos naquela época, e ainda mostrar que o amor tem seu espaço em qualquer situação.

    Quero ver você não se apaixonar pela doçura de Lenka e pela coragem que ela descobre que tem, pelo seu senso de justiça e pela sua vontade de viver e manter toda a sua família unida acima de qualquer circunstância. Te desafio a não querer um Josef na sua vida, um homem que, apesar de seguir em frente, guarda um lugar especial em sua mente e coração para o amor mais lindo que viveu.

    Josef mostra que a guerra não foi cruel apenas para os que sofreram diretamente os seus efeitos, mas foi talvez tão cruel quanto para os sobreviventes separados dos seus entes queridos que nunca obtiveram respostas sobre o que aconteceu com eles.

    A história não é apenas sobre o amor perdido de Lenka e Josef, mas fala de amizade verdadeira, lealdade, coragem, esperança, fé, amor de família, e de como não perder tudo isso, mesmo quando você não vê motivos para seguir em frente.

    Tenho certeza que nunca falei dessa maneira sobre um livro, especialmente sobre um romance, muito menos sobre um livro que retrata uma guerra, mas todo o mérito para Alyson Richman, que criou um dos livros mais lindos e emocionante que já li na minha vida. 

    Aliás, acabei comprando o livro final. E estou relendo a história...

    Você precisa ler esse livro.


    0 comentários :

    Postar um comentário

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!