• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Lançamentos da Lura na Bienal do Livro SP

    BEATRIZ, de Anamaria Del Hoyo Negroni, perfaz a jornada sentimental de uma menina que se torna mulher acompanhando importantes momentos: a infância difícil, os abusos, os estudos, a vocação religiosa buscando um lugar, a amizade, as perdas, as tragédias, e tudo o que torna a vida boa matéria para ficção.

    Quem for capaz de se apaixonar por Beatriz sem dúvida reconhecerá nela muito de si, porque ela é todo sentimento, e mostra - sem pudores - através da escrita da autora, que tem muito a sentir e a sonhar através das páginas breves e sucintas dessa história. Boa leitura!

    Marque presença na sessão de autógrafos na bienal!!! Clique aqui!


    IRIEL, de Anamaria Del Hoyo Negroni, enverga a franca coragem de retratar a vida de um transgênero, desde a sua infância, às primeiras experiências afetivas e sensuais, até o fim da vida. Qualquer um que tenha sobrevivido à infância, por si só, já tem matéria suficiente para um romance.
    A autora expande essa máxima para toda a vida de uma menina que gradativamente vai se reconhecendo em menino, ao mostrar os percalços e perigos letais aos quais alguém nessa condição essencial está suscetível.
    É talvez demasiada esperançosa quando propõe que hoje as pessoas transgênero são mais respeitadas e aceitas. Estamos longe do ideal, e as estatísticas nesse sentido são catastróficas. De outro modo, crescem movimentos para que se reconheça a identidade de gênero como princípio inalienável da liberdade individual, e, portanto, protegida de censura. Temos muito a avançar na causa LGBT, e o livro de Anamaria, ao sonhar um mundo em que no fim as coisas acabam dando certo, procura ajudar nisso. Que o sonho se faça real..


    Piero parara o carro num estacionamento de um restaurante à beira da estrada e não cessava de beijar os lábios e de acariciar o rosto e os cabelos de Laura. Ele fora, acanhadamente, ganhando a confiança dela e os beijos trocados foram ficando cada vez mais calientes... 
    Piero passara a beijar e a mordiscar uma das orelhas de Laura e, ao mesmo tempo, tocava suavemente os seus seios com uma das mãos. Com a outra, delicadamente, começara a tocar suas pernas, depois fora deslizando a mão de forma audaciosa até chegar às coxas dela. Assim, pouco a pouco, Laura fora se deixando inebriar pelo perfume másculo-suave que dele exalava, bem como por todo o carinho trocado entre ambos.

    ANAMARIA DEL HOYO NEGRONI, mariliense, vive na capital paulista desde maio de 2009. É funcionária pública, advogada, professora de idiomas, poetisa e compositora.

    Autora dos livros Momentos Mágicos – Poemas Bilíngue e Sunrise & Sunset – Nascer e Pôr do Sol e Beatriz. Também, é de sua autoria o CD: Anamaria & Cantores Convidados (2016), cujas canções são relativas à coletânea selecionada de poemas encontrados no seio dos seus três livros publicados.

    Anamaria é uma romântica incorrigível e, sua marca poética é retratada de forma empolgante, através de sua narrativa leve e harmônica. A escritora tem cativado, com o seu estilo direto e fluido de escrever, a fidelidade dos seus leitores. Assim como, as suas interessantes obras têm despertado o interesse de uma gama crescente de novos leitores.

    Assim, resumimos a arte de Anamaria: Trata-se de alimento para a nossa alma!

    0 comentários :

    Postar um comentário

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!