• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Não confie em ninguém, Charlie Donlea

    O melhor livro de Charlie Donlea - até agora. O destino de Grace Sebold toma um rumo inesperado durante uma tranquila viagem com o namorado. O rapaz é assassinado... e ela é condenada pelo crime. Depois de dez anos na prisão, surge a chance de Grace provar sua inocência ao conhecer a cineasta Sidney. Em um documentário que exibe as falhas do processo, a cineasta questiona se a condenação foi fruto de incompetência policial ou se a jovem foi vítima de uma conspiração. Antes do término das filmagens, o clamor popular leva o caso ser reaberto, mas um novo fato provoca uma reviravolta: Sidney recebe uma carta anônima afirmando que ela está sendo enganada pela assassina. A cineasta começa a investigar o passado de Grace e quanto mais se aprofunda na história, mais dúvidas aparecem. No entanto, agora, o que está em jogo não é apenas a repentina fama e carreira, mas sua própria vida.
    Não Confie Em Ninguém
    Ano: 2018 
    Páginas: 352
    Idioma: português 
    Editora: Faro Editorial

    Na sua opinião, o que um bom suspense precisa ter? Pra mim, tem que me tirar da zona de conforto, me deixar inquieta a ponto de me pegar pensando na história até mesmo quando não estou lendo e me fazer olhar por cima do ombro de vez em quando.

    E quando o título do livro é Não confie em ninguém, será mais um motivo para querer ler?

    Te garanto que o Charlie Donlea faz isso cm maestria!!! Além de ser lindo e me lembrar o Superman enquanto Clark Kent, pronto, falei!

    Grace Sebold estava vivendo um dos melhores momentos da sua vida: prestes a iniciar sua residência médica, namorando um cara muito legal e em viagem ao Caribe com ele, sua família e amigos para assistir ao casamento de uma das melhores amigas.

    Tudo parece perfeito até que Julian Crist, seu namorado é encontrado morto, empurrado de um penhasco enquanto a aguardava para um jantar romântico seguido de um pedido de casamento.

    Mas o que poderia ter dado errado? Quem teria coragem de colocar fim a uma história tão bonita? Infelizmente, todas as pistas incriminam Grace que é condenada e cumpre 10 anos de prisão na cidade de Santa Lucia, onde ocorreu o crime.

    Sidney Ryan é uma cineasta que ficou conhecida por seus documentários sobre presos cujas condenações apresentavam falhas, e esses documentários os ajudou a provar sua inocência.


    Agora Sidney vai tentar provar a inocência de Grace através de um documentário quase ao vivo, onde as pistas serão apresentadas à medida em que forem surgindo. Várias falhas são apontadas, provas são contestadas e “A Garota de Sugar Beach” vira um fenômeno de audiência.

    Outra coisa muito legal do livro é como o autor nos revela todo o processo criativo do documentário, o que te dá a sensação de estar realmente assistindo A garota de sugar Beach.

    Para quem se apaixonou pela Dra. Lívia, em Deixada para trás (resenha aqui), ela estará aqui ajudando Sidney e trazendo revelações cruciais para o desfecho desse crime.


    Acho que você merece um conselho: se você estiver meio sem tempo para terminar esse livro, deixe para começar depois. Você corre o risco de não parar de pensar em todas as provas e suas contestações, nos depoimentos e em todos os possíveis desfechos para esse crime de maneira obsessiva. É isso que o Charlie faz com você!

    E isso é muito bom! Porque ele faz a leitura compensar com um enredo cheio de reviravoltas, puxadas de tapete do leitor e um desfecho de te deixar com cara de bobo sem querer acreditar o quanto o autor foi fantástico para escrever tudo aquilo.


    0 comentários :

    Postar um comentário

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!