• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Todas as Pequenas Luzes, Jamie McGuire

     Quando Elliott Youngblood vê Catherine Calhoun pela primeira vez, ele é apenas um garoto com uma câmera nas mãos que nunca viu algo tão triste e tão belo. Os dois se sentem excluídos e logo se tornam amigos. Porém, no momento em que Catherine mais precisa dele, Elliott é forçado a sair da cidade. Alguns anos depois, Elliott finalmente retorna, mas ele e Catherine agora são pessoas diferentes. Ele é um atleta bem-sucedido, e ela passa todo o tempo livre trabalhando na misteriosa pousada de sua mãe. Catherine ainda não perdoou Elliott por abandoná-la num momento difícil, mas ele está determinado a reconquistar a amizade dela ― e a ganhar seu coração. Bem quando Catherine está pronta para confiar outra vez em Elliott, ele se torna o principal suspeito em uma tragédia local. Apesar da desconfiança de todos na cidade, Catherine se agarra ao seu amor por Elliott. Mas um segredo devastador que ela esconde pode destruir qualquer chance de felicidade que os dois ainda têm.
    Todas as Pequenas Luzes
    Ano: 2018 
    Páginas: 350
    Idioma: português 
    Editora: Verus

    Confesso que peguei o livro imaginando mais um romance fofucho adolescente, mas quando Jamie McGuire está envolvida é difícil ser algo comum. É claro que temos um romance bem fofo nas mãos mas nada preparou meu coração para toda a tensão que enfrentei ao longo da leitura. Você não faz a M-E-N-O-R ideia do que vem pela frente assim que começa a ler...

    Elliot tem sérios problemas familiares e ao se aproximar da garota com olhar tristonho da vizinhança nunca imaginou que encontraria alguém tão linda e com um olhar tão triste. Como desde o início ele gosta de Catherine vai aos poucos fazendo de tudo para conquistar a confiança e amizade da garota. Eles vivem momentos mágicos quando estão juntos, mesmo a vida continuando complicada.

    Catherine é uma garota doce e forte que tem sua vida destroçada quando menos espera e tudo desmorona bem a sua frente. Mesmo sentindo falta da amizade de Elliot, ela não consegue perdoá-lo e não permite que ele novamente se aproxime de seu coração partido.

    Porém Elliot é persistente e novamente vai, passo-a-passo, penetrando nas muralhas construídas envolta de Catherine e essa amizade acabará novamente sendo fortemente testada quando a mãe de ambos se colocam contra a aproximação dos dois e um crime abala a pequena cidade.
    Com uma escrita atraente, dinâmica e leve, Jamie McGuire aborda temas fortes como preconceito racial, bullying e transtornos de comportamento. levando meu pobre coração a sofrer a cada cena do livro e ficar num estado de alerta tão grande que quase não consegui dormir no período em que lia. Minha Nossa Senhora!

    Narrado em primeira pessoa por cada um dos protagonistas, fui acompanhando as dores, mistérios, dilemas e conflitos de cada um, além de todo o envolvimento com as pessoas da cidade.

    O livro traz uma trama envolvente e complexa com personagens bem construídos e revira-voltas surpreendentes.

    A ideia da capa e do título foram bem explicados ao longo da trama, me fazendo gostar mais ainda do livro. Só alguns detalhes me fizeram não favoritar e não posso falar por ser um spoiler bem grande...


    1 comentários :

    1. "Você não faz a M-E-N-O-R ideia do que vem pela frente assim que começa a ler..." essa foi a parte que me fez colocar o livro em minha lista antes de terminar a resenha kkkkk
      Adoro quando os livros escondem histórias tão chocantes e casos importantes surpreendendo o leitor. Fiquei muito intrigada com esses acontecimentos que não te deixaram favoritar a história :o

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!