• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Princesa das Cinzas, Laura Sebastian

    Best-seller instantâneo do The New York Times.
    Primeiro volume de uma trilogia épica.
    PRINCESA
    PRISIONEIRA
    ÓRFÃ
    REBELDE
    Theodosia era a herdeira do trono de Astrea quando seu reino foi invadido, deixando um rastro de destruição.
    Dez anos depois, a princesa, órfã, prisioneira e subjugada, percebe que não lhe resta mais nada, a não ser lutar pela própria liberdade.
    O passado, que por tanto tempo ficou enterrado, agora precisa vir à tona para mostrar a Theodosia os caminhos que poderão levá-la de volta ao trono.
    Mas Theo conseguirá ser a rainha de que seu povo precisa? Ou será que anos de humilhações transformaram a herdeira da Rainha do Fogo em meras cinzas?
    Princesa das Cinzas
    Princesa das Cinzas #1
    Laura Sebastian
    Ano: 2018 
    Páginas: 352
    Idioma: português
    Editora: Arqueiro

    Mais uma vez a minha paixão por capas lindas me leva a uma história magnífica! Arqueiro, minha filha, você estourou qualquer ranking com o lançamento desse livro e me sinto segura para afirmar que foi o meu melhor livro de 2018.

    A história já começa a te desarmar do prólogo, quando Theodosia, com apenas 6 anos,  perde a mãe, rainha de Astrea, assassinada pelos kolovaxianos que dominaram o seu reino e dizimou o seu povo, poupando apenas a sua vida.

    “ – Você sabe quem você é – disse-me ela. Sua voz não vacilou, mesmo quando gotas de sangue brotaram onde a lâmina cortou sua pele. – Você é a única esperança do nosso povo, Theodosia.
    E então cortaram-lhe a garganta e tomaram meu nome. “



    Passados dez anos, o kaiser de Kalovaxia ainda ocupa o lugar da rainha e mantém Theodosia, agora chamada Lady Thora, como uma prisioneira de luxo. Ele, através do Theyn, líder do exército, subjugam o que sobrou dos astreanos e exploram todos os recursos das ricas minas de Astrea.

    Thora tem apenas uma amiga: Lady Crescentia, ironicamente filha do Theyn que cortou a garganta de sua mãe. Mas a única que mostrou compaixão durante a sua conturbada infância.

    “ Thora é muito mais simples. Ela é vazia, sem passado ou futuro. Sem desejos. Sem raiva. Somente medo. Somente obediência. “

    Vítima de surras públicas toda vez que o seu povo se rebela, terror psicológico e humilhações sem fim, com usar uma coroa de cinzas para mostrar ao povo o seu título de Princesa das Cinzas, dado pelo kaiser, é fácil entender como Theodosia Eirene Houzzara, filha da Rainha de Fogo, passou a ser Lady Thora e tenta esquecer o glorioso passado do seu povo, quando era liderado por sua mãe e pela magia dos seus deuses.

    “ Minha mãe era conhecida como a Rainha do Fogo, majestosa e forte. Mas eu sou a Princesa das Cinzas, uma piada viva. “

    Mas ainda existe uma pequena chama de rebelião no coração de Theo, e é justamente quando o kaiser acredita que quebrou totalmente sua resistência ao obriga-la a cometer um crime cruel que essa chama vai se acender novamente. Aos poucos, bem nas entrelinhas, você vai vendo como Lady Thora deixa de existir para que a Rainha Theodosia Eirene Houzzara surja.

    “ A esperança dentro de mim ainda não foi sufocada. Ela está morrendo, sim, restando-lhe apenas algumas brasas. Mas já vi fogos serem reavivados com menos. “


    Theo não estará sozinha nessa transformação. Alguns amigos e fieis súditos surgirão para dar início a essa rebelião. O passado de Theo será desvendado e você vai ficar fã dessa jovem guerreira que, apesar de todas as forças contrárias, resolveu não aceitar o seu destino cruel sem antes lutar e ter certeza de que todas as chances haviam se esgotado. Se você quer uma personagem forte, essa é Theo. Me perdoem Catniss Everdeen, Mare Barrow, Celaena Sardothien, Juliette,  Kelsea e Ada, mas a dor de Theo parece insuperável.

    “ Ele é meu amigo – o mais antigo e, de certa forma, o mais verdadeiro que tenho. Mas há algo mais entre nós também. Blaise me aterroriza, ao mesmo tempo que me faz sentir segurança. Ele faz com que eu me lembre de minha vida anterior, quando eu era cuidada, protegida e vivia incólume e cercada por pessoas que eu amava. Como alguém pode ser tantas coisas diferentes? “

    Além de ter criado um universo incrível, com vários reinos e povos, religiões, culturas e idiomas diferentes, Lauran Sebastian ainda conseguiu misturar ação, aventura, sofrimento, guerra, amizade, esperança e amor. Isso mesmo, caros leitores, a autora não deixou de nos prestigiar com uma dose, mesmo que pequena, de romance.


    De piratas cheios de segredos a intrigas de família, de homens sem coração a outros capazes de um amor imenso, muitos personagens surgem ao longo da história para desempenhar papéis importantes no desfecho desse primeiro livro.

    Mais um ponto para a autora por ter colocado os personagens femininos sempre em papel de destaque para a trama, seja com a escrava Elpis que dá sua vida pela sua rainha, Com Lady Crescentia que promete muito ainda, com a Kaiserin que dá conselhos para Lady Thora ou com Artemísia, cheia de segredos. Em um universo onde o papel da mulher está sempre determinado pelo desejo dos homens, Laura mostrou como elas são capazes de mover o mundo mesmo nos bastidores. 

    “ Mas ela estava certa, em determinado sentido. Eu era uma princesa feita de cinzas, nada mais resta de mim para queimar.Chegou a hora de a rainha se erguer.”

    Ah, não posso deixar de agradecer à Arqueiro por ter mantido a capa original, que é um escândalo!!! Aproveitando para pedir para manter a capa original do segundo livro que será lançado em 2019. 

     

    3 comentários :

    1. Essa capa é linda demais e também fui arrebatada por ela kkkk Esse livro está em minha lista antes mesmo de ler comentários e resenhas, e agora vejo que vai valer a pena essa leitura!

      ResponderExcluir
    2. O livro parece legal, a capa tá bem massa, mas fiquei com uma dúvida (pode ser spoiler), fica claro o motivo pelo qual o regente (kaiser) não matou ela junto com a mãe?

      ResponderExcluir
    3. Sem sombra de dúvidas, a capa deste livro é magnífica e lendo a resenha, a gente percebe o quanto a autora caprichou em tudo, enredo, personagens, cenários!
      Para ser considerado o melhor livro do ano?? Vixi!
      Trazer todo este universo de vingança, de batalhas e com mulheres sendo guerreiras e determinadas é algo lindo de ser lido e com certeza, espero poder conferir a história o quanto antes!
      Beijo

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!