• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Em pedaços, Lauren Layne

    Nessa recontagem moderna de a Bela e a Fera, Lauren Layne nos traz uma história irresistível de perdão, cura e, acima de tudo, amor.
    Aos 22 anos, Olivia Middleton tem Nova York aos seus pés. Por fora, ela é a garota perfeita — linda, inteligente e caridosa. Mas por dentro ela guarda um segredo terrível: um erro que a afastou das duas únicas pessoas que realmente importavam na sua vida. Determinada a esquecer o passado, ela deixa Manhattan e vai trabalhar como cuidadora de um soldado recémchegado da guerra.
    Mas o que ela não esperava era que seu paciente fosse um jovem enigmático de 24 anos tão amargurado quanto cativante.
    Paul Landon está furioso — com o mundo, com a vida, com o seu pai e, acima de tudo, consigo mesmo. Depois de sofrer na pele os horrores da guerra do Afeganistão, a última coisa que ele quer é a companhia de uma princesa novaiorquina linda, mimada e irritante.
    A presença de Olivia parece tóxica para Paul, mas ele não consegue afastála, mesmo tentando muito. Por mais que lutem contra uma atração intoxicante, Paul e Olivia não conseguem se manter distantes. Agora, precisam decidir: eles vão ajudar um ao outro a curar as feridas do passado ou vão se manter, para sempre, em pedaços? CONTEÚDO ADULTO.
    Em Pedaços
    Recomeços #1
    Ano: 2018 
    Páginas: 248
    Idioma: português 
    Editora: Paralela


    Saindo da comédia romântica Mais que Amigos e mergulhando no drama hot Em Pedaços, porque feriadão é para colocar em dia  as leituras e não resisto a uma escritora que eu amo.

    Em Pedaços, traz dois personagens atormentados pela culpa e em fuga.  Olívia precisa sair de Nova York urgente, então seu pai consegue para ela um emprego de cuidadora de um veterano de guerra numa cidade pequena. Ela pensa que a tarefa não deve ser tão difícil e aceita como uma tábua de salvação.

    Ela é uma garota mimada, rica e que sempre viveu sobre uma redoma e agora simplesmente não suporta olhar para o espelho e encarar o que aconteceu de frente, preferindo fugir. Ao chegar na casa de Paul, se depara com um cara arrogante, atormentado e com ódio do mundo.

    Ambos estão Em Pedaços... 

    A diferença entre eles é que Olívia não desconta  nos outros sua frustração, enquanto Paul lança em todos a sua volta suas farpas iradas e, ao ver uma garota bonita e meiga tão perto de si, algo que há tempos não precisa enfrentar, vai reagir da pior forma possível para afastá-la de sua vida.

    “ Em questão de segundos, a raiva e  tensão desapareceram dos seus olhos, e ela aceitou o que tinha acontecido, como se ela merecesse sofrer esse tipo de humilhação.”

    A atração entre eles é instantânea e explosiva  e gera momentos surpreendentes de conflito e sedução com Olívia disposta a tentar ajudar o misterioso rapaz mesmo com todas as malvadezas dele, até que a doçura da garota vai, aos poucos, derretendo a amargura e derrubando as barreiras de Paul. 


    Mesmo com seu coração ainda muito duro, ele acaba sucumbindo a momentos de leitura conjunta com ela e a momentos de desafio físico impostos por ela também e vai percebendo como ela é diferente do que ele esperava.

    Ele, no entanto, é uma pessoa extremamente difícil que vive num eterno morde – assopra com Olívia tentando permanecer em sua zona de conforto isolado do mundo exterior e sem se achar merecedor do amor de ninguém e ela o provoca a mudar gerando reações fortes do cara.

    Apesar de ter me irritado boa parte do livro com Paul, assim como a Fera me irritou no conto de fadas que inspira o livro, Lauren Layne, mesmo assim, conseguiu me prender à trama, eu simplesmente não conseguia largar o livro angustiada e ansiosa por cada situação vivida pelo casal. Louca para descobrir como tudo se resolveria. E foi justamente nos momentos finais que o livro me conquistou muito pois já estava meio desanimada. Os personagens precisaram encarar de frente seus piores demônios e decidir se queriam viver o amor destinado a eles.


    Narrado em primeira pessoa por cada um dos protagonistas, pude acompanhar a jornada de perdão e cura de cada um deles cada um a seu tempo. Mesmo tendo um final bem interessante e fofo onde vibrei horrores, esperei um pouco mais do desenrolar e isso me deixou um pouco frustrada em relação ao livro como um todo.

    Amei demais a capa e a sinopse, acho que por isso esperava uma relação menos tempestuosa entre o casal. Mesmo assim  recomendo para quem gosta de uma boa crise existencial e de um hot com cenas de arrepiar para tirar suas próprias conclusões.

    Beijos, Myl

    10 comentários :

    1. Agora conhecendo a história do primeiro livro fiquei com bastante vontade de ler essa série!
      Parece ser ótimo
      Vou adorar ler

      ResponderExcluir
    2. Eu gostei da leitura porque minha expectativa estava bem baixa, mas me surpreendi!
      Gostei da Olivia, gostei da maneira dela de não se intimidar.
      Também fiquei irritada com o Paul, nossa... mas a escrita da Lauren flui, isso é bom.

      Beijos

      ResponderExcluir
    3. Eu sempre fico meio apreensiva com enredos assim, que abordam essas dores e feridas de passado abertas, de romance nascendo, mas que também parte pro lado mais erótico da coisa.
      Nem sempre sai uma mistura boa..rs
      Mas pelo que li acima, a autora conseguiu misturar tudo e ainda assim,não deixar um enredo pesado e fora do contexto.
      Espero muito poder conferir ambos os livros.
      Beijo

      ResponderExcluir
    4. My!
      Meu conto de fadas favorito é a Bela e a Fera, já me interessou aí.
      E ver que a narrativa é intercala, me interessou mais ainda, pois gosto de ler mais de um ponto de vista.
      cheirinhos
      Rudy

      ResponderExcluir
    5. Não sou muito de ler recontagens, mas desde que li a sinopse desse livro fiquei encantada e ansiando por ele!

      ResponderExcluir
    6. Apesar de não curtir muito o romance o hot, a carga dramática desses personagens acredito que vai trazer uma leitura que vai além do que é esperada. Já ouvi pontos positivos e resenhas negativas dela. Quem sabe não arrisco pra tirar as minhas conclusões? Amei a sua resenha! Besos! ;)

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Obrigada,il...esse é do tipo de livro que só lendo para tirar as próprias conclusões

        Excluir
    7. Sinceramente, fico com um pouco de preguiça em ler, prefiro ficar com os clássicos mesmo.

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!