• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Your name, Makoto Shinkai


    O romance do anime com maior sucesso de bilheteria de todos os tempos.
    Mitsuha é uma estudante que vive em uma pequena cidade nas montanhas. Apesar de sua vida tranquila, ela sempre se sentiu atraída pelo cotidiano das grandes cidades. Um dia, Mitsuha tem um sonho estranho em que se torna um garoto. No sonho, ela acorda em um quarto que não é dela, tem amigos que nunca viu e passeia por Tóquio. E assim aproveita ao máximo seu dia na cidade grande, onde ela adoraria viver.
    Curiosamente, um estudante chamado Taki, que mora em Tóquio, também tem um sonho estranho: ele é uma garota que mora em uma cidadezinha nas montanhas. Qual é o segredo por trás desses sonhos tão vívidos?
    Assim começa a fascinante história de dois jovens cujos caminhos nunca deveriam ter se cruzado. Compartilhando corpos, relacionamentos e vidas, eles se tornam inextricavelmente ligados ― mas há conexões verdadeiramente indestrutíveis na grande tapeçaria do destino?
    A um só tempo divertido e emocionante, Your name. é uma leitura inspiradora, capaz de dançar sobre o tênue fio entre a realidade, o sonho e o sobrenatural, conforme acompanha as inquietações de uma garota e um garoto determinados a se agarrar um ao outro.
    Your Name
    Ano: 2018
    Páginas: 192
    Idioma: português
    Editora: Verus

    Alguns anos atrás eu tive a oportunidade, sim, a oportunidade de ver o filme no qual esse livro é inspirado.
    E sabe o que mais me chocou? O impacto que esse filme, que eu não dava nada, teve em mim.


    Para vocês terem ideia, Your Name é o filme de anime mais visto da história tendo, inclusive, batido o recorde anterior que pertencia ao maravilhoso A Viagem de Chiriro.

    E olhe que isso se deu apesar da falta de propagandas, de marketing, de comentários da mídia e da falta de apoio das premiações internacionais.

    Então como que Your Name bateu tantos recordes?

    INDICAÇÃO BOCA A BOCA!

    Para vocês terem ideia, aqui no Brasil, na minha cidade pelo menos, só uma sala de cinema foi disponibilizada para a sua ÚNICA exibição. Então, quando eu soube que a editora Verus estava lançando o livro eu não pude resistir, eu tinha que ter isso em minhas mãos.


    Your name conta a história de dois adolescentes que vivem realidades completamente opostas e que, após a passagem de um cometa, começam a ter sonhos estranhos, sonhos que mostram eles vivendo a vida de outra pessoa.

    Com o passar do tempo eles percebem que aqueles sonhos borrados são, na verdade, memorias e que eles, de fato, trocam de corpo de tempos em tempos.

    Se comunicando por recadinhos e compartilhando suas vidas, Mitsuha e Taki acabam desenvolvendo um poderoso vínculo entre si.

    Entre muitas questões, eles se perguntam se o vinculo formado deles foi trazido pelo destino como na velha lenda do fio vermelho contada pela avó da Mitsuha ou foi formado pelo simples acaso?

    Você pode até pensar que a história desse livro não traz nenhuma originalidade para o gênero porque, se pensarmos bem, todos nós podemos nomear uma grande quantidade de livros/filmes/séries com uma narrativa que começa de forma semelhante. Uma narrativa onde duas pessoas completamente diferentes, trocam de corpo que acabam tendo a chance de encarar o mundo com uma nova perspectiva.

    Mas a questão aqui não é como a história começa ou até mesmo qual é a história em si. A questão aqui é a forma como ela é desenvolvida, a mensagem que ela passa e a sutileza maravilhosa que ela apresenta e que poucos livros/filmes do gênero trazem.

    Não se enganem, não tenham preconceitos, não é porque Your name é baseado em um filme de animação japonesa que ele deve ser categorizado como uma coisa infantil ou simples, porque, acreditem em mim, Your name é tudo, menos simples.

    O elemento da realidade, trazida pela história é incrivelmente tocante. Você vai ver uma história magica de amor e amizade REAL, entre duas pessoas humanas, com defeitos e qualidades. Você vai ver o mundo como ele é, com pessoas babacas e pessoas boas, um mundo com injustiças e momentos puros de felicidade.

    Makoto Shinkai claramente não quis criar uma história genérica, ele não quis fazer um livro/filme que competisse com os lançamentos comerciais que os grandes estúdios tanto apostam, o que ele quis foi criar uma história de magia realista e singela que, no processo disso, se tornou uma das histórias mais bonitas dos últimos anos.


    Durante o livro, você vai ver que os protagonistas acabam criando regras para cuidar do corpo um do outro e não só isso, eles também criam dinâmicas a serem seguidas quando se relacionam com outras pessoas e enquanto fazem isso criam um laço entre si que é extremamente bonito de ver.

    Além do romance, o livro claramente cria um debate interno no leitor, te faz pensar sobre o seu eu interior, sobre a visão que temos de nossas vidas (e como ela pode mudar quando encaramos outras perspectivas), sobre as nossas relações humanas (as que são realmente importantes e as que não são).

    Nas palavras do próprio autor:
    Porque senti que pode existir um Taki ou uma Mitsuha por aí em algum lugar. Lógico que esta história é uma fantasia, mas acho que podem existir pessoas que tenham passado pelas mesmas experiências, ou que sintam as mesmas coisas que eles. Pessoas que perderam entes queridos ou um lugar importante, mas decidiram continuar lutando. Pessoas que ainda não encontraram um proposito na vida, mas continuam a buscá-lo, esticando as mãos, acreditando que um dia encontrarão o que desejam.
    Your Name é um livro de romance? Sim! Mas também é livro para te fazer pensar, te fazer meditar e, principalmente, um livro para te fazer sentir.

    Se você puder, se você tiver a oportunidade, não deixe esse livro e esse filme passar, leia e assista e você vai entender e me agradecer.

    Agora a notícia que me deixou irritada: Hollywood resolveu comprar os direitos de Your name e está produzindo um filme live action com previsão para ser lançado em 2020.


    PARA QUE ISSO? Já estou estressada em pensar nesses diretores americanos mudando a história só para poder fazê-la mais comercial ao público em geral.




    9 comentários :

    1. Eu assisti o filme no começo de 2018 e não sabia que tem livro agora
      Eu não assisto anime mas ADOREI esse, e agora quero muito ler o livro

      Não sei pra que fazer outro filme dessa história, só o anime está ótimo!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Felipe!

        Você falou uma coisa certa, your name é tão bom que não pode ser classificado em um gênero só!

        Pois é, não entendo a necessidade de fazerem essa adaptação!

        Excluir
    2. Eu acabei vendo o filme já tem um bom tempo,mas não vejo a hora de dar uma relaxada na minha enorme fila e ver a obra novamente!
      Não é a toa que é um filme tão visto e claro, indicado. História leve, linda, terna e doce!
      Por isso, estou de olho no livro. Sei lá, acho que um complementa o outro.
      O livro está na lista de desejados e espero poder conferir ele o quanto antes!!!
      Beijo

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi O Vazio na Flor!! É isso, para quem é fã do filme, o livro é um complemento maravilhoso para a historia! Tem cenas extras e uma visão mais abrangente porque é narrado pelos próprios personagens!!

        Excluir
    3. Ah, a cada comentário e resenha que leio sobre esse livro, eu fico com vontade de conhecer a história.
      Parece tão lindo...
      Quase assisti o filme, mas por não ter tanto interesse em anime deixei pra lá, mas em se tratando de livro muito me interessa.

      Beijos

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Menina, não faz isso!! Veja e leia!! Você vai amar!! Não se prenda a essa coisa de anime porque o filme é muito mais que um gênero!!

        Excluir
    4. Nunca imaginei que esse anime bateria o recorde de A Viagem de Chihiro!!!
      Sempre vejo comentários dele, mas não sabia do que se tratava e nem tinha interesse. Agora eu tenho muito! Com certeza vou assistir e talvez ler.

      ResponderExcluir
    5. Tava muito querendo ver esse livro, anime, filme, ler sua resenha só aumentou minha vontade. É muito incrível.

      ResponderExcluir
    6. Tata!
      Fico feliz em ver que animes estão cada vez mais divulgados.
      Imagino sua alegria em poder ler um livro que assistiu o filme há tempos atrás e causou grande impacto.
      Pelo visto o livro também foi do mesmo jeito.
      cheirinhos
      Rudy

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!