• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Justiça a qualquer preço, John Grisham

    Mark, Todd e Zola ingressaram na faculdade de Direito porque queriam mudar o mundo e torná-lo um lugar melhor. Fizeram empréstimos altíssimos para pagar uma instituição de ponta e agora, cursando o último semestre, descobrem que os formandos raramente passam no exame da Ordem dos Advogados e, muito menos, conseguem bons empregos.

    Quando ficam sabendo que a universidade pertence a um obscuro operador de investimentos de alto risco que, por acaso, também é dono de um banco especializado em empréstimos estudantis, os três se dão conta de que caíram no grande golpe das faculdades de Direito.

    Então eles começam a bolar uma forma de se livrar da dívida esmagadora, desmascarar o banco e o esquema fraudulento e ainda ganhar alguns trocados no caminho. Mas, para isso, precisam abandonar a faculdade, fingir que são habilitados a exercer a profissão e entrar em uma batalha contra um bilionário e o FBI.

    Arranje uma poltrona bem confortável, porque você não vai conseguir largar Justiça a qualquer preço.
    Justiça a Qualquer Preço
    Ano: 2018 
    Páginas: 336
    Idioma: português 
    Editora: Arqueiro

    — São erros, não arrependimentos. Arrependimentos são águas passadas, uma perda de tempo ficar remoendo. Mas erros são decisões ruins do passado que podem afetar o futuro.

    Justiça a Qualquer Preço, livro do consagrado John Grisham, conhecido pelos grandes embates de tribunais em seus livros, foge um pouco dessa linha nos trazendo dessa vez um trio de estudantes de Direito, aspirantes a advogados que contraíram uma dívida impossível de pagar para financiar os estudos.

    Mark Frazier, Todd Lucero e Zola Maal são alunos da Foggy Bittom e caíram em um golpe. E só se dão conta disso quando Gordy, amigo e colega de faculdade, descobre o golpe do qual foram vítimas e comete suicídio.

    Mark tinha apenas uma promessa de emprego, Todd parecia ter mais chances na carreira de barman e Zola está às voltas com a deportação de sua família para o Senegal. Cheios de dívidas e problemas, Mark e Toddy criam novas identidades e começam a advogar ilegalmente, pegando sempre pequenas causas para não despertar atenção para si e conseguir dinheiro para sobreviver.

    A intenção também era desmascarar o golpe da Foggy Bottom e de outras empresas envolvidas no processo. Mas a facilidade como o dinheiro começou a entrar nas contas bancárias do trio fez com que eles perdessem o medo e passassem a se descuidar, acabando com a farsa descoberta.

    Ponto forte na narrativa para a abordagem sobre deportação de imigrantes, tema bem atual e pertinente para se fazer uma crítica à atual política do presidente norte-americano.

    Senti falta dos embates jurídicos de tribunal que fizeram o John Grisham ser o autor que é, mas diria que justiça a qualquer preço é um livro para iniciantes nas obras do autor, para quem está começando a adentrar o seu mundo e precisa de uma pequena apresentação primeiro para ir em busca de tudo o que ele é capaz de nos oferecer.

    Justiça a qualquer preço faz uma grande crítica à falta de escrúpulos, ao enriquecimento ilícito e à corrupção, principalmente no meio acadêmico. 


    1 comentários :

    1. Gosto muito quando um autor sai um pouco da sua zona de conforto e de certo modo, se joga em outra vertente da literatura.
      O Rei dos tribunais parece que deu uma fugidinha de leve dos tribunais, tá, fugiu só com um pé, mas fugiu.rs e trouxe um enredo bem diferente do que estamos acostumados a ler.
      Eu ainda não conhecia a obra,mas se tiver oportunidade, quero muito poder conferir sim!
      Beijo

      ResponderExcluir

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!