• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • Noturno, Scott Sigler

    Você já teve um sonho que jurou ser real? Ou até mesmo aquela sensação de déjà-vu ao passar por um lugar em que com certeza nunca esteve? Agora imagine se esse local for uma cena de crime e você, um detetive de homicídios? Para piorar: e se, nos sonhos, você fosse o próprio assassino para, num piscar de olhos, acordar e estar no mundo real com uma pessoa morta aos seus pés?
    É exatamente essa a situação em que Bryan Clauser, um policial de San Francisco, se encontra. Como aconteceria a qualquer um de nós, ele pensa que está perdendo a cabeça — mas os pesadelos, infelizmente, são muito reais. Junto com o parceiro Pookie Chang e a ex-namorada Robin, Bryan começa a investigar os crimes que, de alguma forma, ele vê em primeiríssima mão, no momento em que estão sendo cometidos. A questão que não quer calar é: quem está cometendo esses assassinatos? Quando as investigações levam Bryan e Pookie a um adolescente chamado Rex Deprovdechuck e ao fato de que todas as vítimas mortas faziam bullying com ele no colégio, os dois acham que o mistério está praticamente no fim — e que Bryan será inocentado. No entanto, quanto mais o detetive explora esse mistério, mais ele descobre sobre uma conspiração e um estranho culto que opera em San Francisco praticamente desde a sua fundação. Existe uma cidade viva e faminta nas sombras — e ela pode colocar todo o mundo em risco.
    Noturno
    Ano: 2017 
    Páginas: 512
    Idioma: português 
    Editora: DarkSide Books


    Hello, guys! Hoje eu trago a resenha de um livro que me fez sentir o impacto! Vem conferir!

    Bryan Clauser e Pookie Chang fazem uma dupla de detetives que coloca inveja em qualquer dupla já existente. Bryan é considerado o Exterminador entre seus colegas de trabalho, fato que choca as pessoas quando se trata de combater o crime.

    Nos últimos dias, Bryan tem pesadelos em que ele faz coisas muito ruins com algumas pessoas e, quando acorda, tem a sensação de ser atropelado por um caminhão.  A coisa toda fica séria quando, em um de seus sonhos, um jovem é assassinado e, no dia seguinte, seu corpo é encontrado totalmente destruído. Mas como Bryan poderia saber disso?

    San Francisco esconde uma sociedade secreta que vive nas sombras e que está próxima de ascender e causar um caos por toda a cidade, e Bryan e seus amigos são os únicos capazes de impedir essa tragédia.
    Eu ainda estou abalado com o quanto esse livro é INCRÍVEL! Noturno é um dos melhores livros com temática policial que eu já li, envolve corrupção, mistério, muito sangue (definitivamente um banho de sangue) e suas particularidades são excepcionais! 

    A leitura é bem fluida e o livro lhe prende do início ao fim. Mesmo sendo um tijolo de 500 páginas, você consegue devorar essa caveirinha rapidamente.

    Os acontecimentos presentes no livro são de tirar o fôlego! Fazia tempo que um thriller me chocava desse jeito, tive que parar diversas vezes para absorver o momento, pois eu realmente senti o impacto no silicone (a gente sente,num é, Nicole?). O desfecho da história é o momento mais incrível de toda a história, eu não sabia se gritava ou chorava, só não caí de costas porque eu já estava sentado 😂😂

    Noturno é a pedida essencial para os que adoram um thriller policial. Sangue, porrada e bomba é o que não vai faltar nesse livro, e te garanto uma coisa, o medo de sonhar vai ser real! 


    0 comentários :

    Postar um comentário

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!