• Home
  • Sobre o Blog
  • Colaboradores
  • Contato
  • O homem que caiu na Terra, Walter Tevis

    O Homem que Caiu na Terra tornou-se um verdadeiro clássico da literatura e uma das mais refinadas, sutis e delicadas ficções científicas já escritas. Publicado originalmente em 1963, ganhou reconhecimento em todo o planeta com a adaptação para o cinema dirigida por Nicolas Roeg em 1976. O filme também marcou a estreia de David Bowie no cinema encarnando o protagonista alienígena - para quem o papel parecia ter sido especialmente pensado (o que não foi o caso): um ser andrógino, impúbere, alto para os padrões terráqueos, delicado, magro, polido e que tenta se adaptar à vida terrestre para sobreviver entre os humanos.
    Thomas Jerome Newton veio de Anthea para a Terra em uma missão desesperada para salvar os poucos habitantes que ficaram em seu longínquo e desconhecido planeta. Para isso, precisa construir aqui uma nave que possa trazer os 300 de sua espécie que ainda vivem em um planeta onde a água acabou e os recursos são cada vez mais escassos.
    Com conhecimento e inteligência muito superior aos humanos, Newton logo se torna um bem sucedido empresário do ramo de patentes tecnológicas e também descobre a solidão, o desespero e o álcool - criando uma delicada parábola sobre as mudanças que estavam ocorrendo entre os anos de 1950 e o início da Guerra Fria.
    Escrito com vigor e com uma prosa carregada de tensão poética, Walter Tevis produziu uma das ficções científicas mais realistas sobre um alienígena que vai absorvendo o dia a dia, o jeito e os vícios humanos pouco a pouco. Realista o suficiente para se tornar uma metáfora daquilo que todos nós carregamos: uma indescritível angústia e solidão existencial.
    O Homem que Caiu na Terra
    Ano: 2016 
    Páginas: 224
    Idioma: português 
    Editora: DarkSide Books

    Oi, pessoal! Hoje trago a resenha dessa Caveirinha que é um sucesso da literatura clássica, que teve sua adaptação em 1976 com o mestre David Bowie.
    .
    Thomas Jerome Newton é uma criatura extraterrestre, vinda de um planeta desconhecido chamado Anthea. Thomas veio para a Terra em uma missão com as esperanças de trazer o restante da população de Anthea (aproximadamente 300 habitantes) para conseguirem sobreviver, pois seu planeta já não tem mais recursos necessários para continuarem vivendo.

    Com uma inteligência mais avançada que a dos seres humanos, Thomas interfere diretamente no mercado tecnológico e se torna um enorme empresário, com a ajuda de Oliver Farnsworth.

    Infelizmente, Thomas acaba descobrindo o vício da bebida e se deixa levar pela sensação de relaxamento, enquanto descobre a dor de ser o único de sua espécie que possui mais chances de se salvar. Será que Thomas pode se esconder para sempre e cumprir a sua missão sem dificuldades? Em quem Thomas pode confiar?

    Que livro legal! Darkside acertou em cheio novamente, nos trazendo um personagem fantástico como Thomas Newton. Ingênuo, muito inteligente e misterioso, Thomas é um alienígena que eu nunca imaginava conhecer.

    O homem que caiu na Terra possui uma escrita bem fluida e suave, que acabou tão rápido que mal percebi. A história é dividida em três partes, nos apresentando o desempenho de Thomas na Terra.

    O final da história me deixou bastante comovido, pois Thomas não merecia todo o sofrimento pelo qual passou, e o resultado encontrado no personagem é de partir o coração de qualquer leitor.

    O homem que caiu na Terra foi uma ótima leitura para mim, e espero que tenha agradado vocês com minhas opiniões 😊.

    0 comentários :

    Postar um comentário

    O seu comentário alegra o nosso dia!!!